Subscribe:

21 de janeiro de 2017

Pastor Marcos Amaral afirma que a intolerância religiosa é fruto da ignorância. E causa tumulto na internet por suas declarações!



O Rev Marcos  Amaral, no programa Encontro da Fátima Bernardes na Rede Globo, mais uma vez mostrou seu ecumenismo desrespeitando a decisão do Supremo Concílio que diz: A Igreja Presbiteriana do Brasil não aprova o ecumenismo.
Em 1966 o Supremo Concílio da IPB declarou que "... embora respeitando o foro íntimo de cada indivíduo, a IPB não entende que a liberdade de exame implique na abertura de suas portas a toda a sorte de dúvidas e heresias; 3) Determinar que os professores dos seminários da IPB se dediquem ao preparo intelectual e espiritual de seus alunos e se abstenham de propaganda e práticas ecumenistas e ideológico-políticas" (SC-66-091)

 Ele, não pode responder pela a instituição. Não pode sair por aí dando entrevista falando por si.

O que ele parece não entender é que o respeito e a tolerância não pode ferir meus princípios, pois desde o momento que fere meus princípios, já deixou de ser respeito, já é imposição da crença do outro sobre a minha.   Conceito formado não é preconceito, temos conceitos formado sobre tudo na vida, discordar não é ser preconceituoso e intolerante. O cristianismo tem princípios, e  a verdade ela é inegociável. O amor não está acima da verdade. Jesus não disse nem que ele é amor. Mas disse que Ele É A VERDADE.( a palavra). Afirmou ser ele próprio a personificação da verdade: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida” (Jo 14.6). Disse novamente referindo-se , a si mesmo: “Aquele que fala por si mesmo busca a sua própria glória, mas aquele que busca a glória de quem o enviou, este é verdadeiro; não há nada de falso a seu respeito” (Jo 7.18).

Essa mistura de pastores partidários e ideológicos que fazem  o politicamente correto, está destruindo toda a Ortodoxia. Vários pastores estão indignados e pedindo posição do Concílio.

Membros da IPB, soltou uma nota Publica em resposta  repudiando as declarações feita pelo Rev. Marcos Amaral.




20 de janeiro de 2017

Kajuru afirma que políticos mataram o Teori por medo da Lava Jato e ameaça divulgar os nomes da megadelação da Odebrecht





O apresentador e vereador da cidade de Goiânia, Jorge Kajuru, afirma ter a lista com os nomes dos políticos envolvidos na megadelação da Odebrecht, que seria homologada por Teori Zavascki. Ele ainda afirmou ser amigo de jornalistas da Globo que trabalham com a Lava Jato, como o Vladimir Neto e Marcos Losekann, além de ser amigo de Sérgio Moro há doze anos.

Em primeira mão ele informa que a lista contêm 42 nomes do PSDB, 48 nomes do PMDB e 56 nomes do PT, além de ameaçar tornar públicos os nomes dos políticos envolvidos caso o substituto de Teori não faça a divulgação.

Kajuru ainda afirmou que que a queda do avião que transportava o ministro do STF não foi um acidente.

“Políticos mataram o Teori com medo da Lava Jato”, disse.

Ouça:


http://www.debateprogressista.com.br/kajuru-afirma-que-politicos-mataram-o-teori-por-medo-da-lava-jato-e-ameaca-divulgar-os-nomes-da-megadelacao-da-odebrecht/

Justiça barra candidatura de Maia à Câmara dos Deputados Ação popular foi articulada pelo centrão, grupo dos deputados Jovair Arantes (PTB-GO) e Rogério Rosso (PSD-DF), que também disputam comando da Casa

O juiz federal substituto Eduardo Ribeiro de Oliveira, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, determinou na tarde desta sexta-feira (20) que o atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-DF), se abstenha de concorrer à eleição interna da Casa, marcada para o dia 2 de fevereiro. Ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, Maia disse que vai recorrer da decisão.
A ação popular foi movida pelo advogado Marcos Rivas, que pedia também, em caráter liminar, a suspensão do prazo de registro de candidaturas à Presidência da Câmara. A Mesa havia anunciado que o prazo limite para inscrição de candidaturas seria às 23h do dia 1º de fevereiro de 2017. O advogado também pedia o afastamento imediato da presidência da Câmara sob pena de prisão Os pedidos foram negados.
Na ação, o autor do pedido alega que o artigo 57 da Constituição Federal é claro ao proibir a reeleição de presidentes do Legislativo dentro do mesmo mandato. O deputado do DEM, porém, argumenta que a proibição não vale para presidentes-tampão, como ele, eleito em julho de 2016 para um mandato de sete meses, após a renúncia do então presidente da Casa, o hoje deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
"Do nosso ponto de vista a decisão do juiz está equivocada. É uma decisão que não cabe a um juizado de primeira instância. Já estamos recorrendo e confiando na Justiça", afirmou o parlamentar fluminense.
Na decisão, o juiz cita o regimento interno e a Constituição e destaca que eles não permitem a recondução ao cargo na mesma legislatura. "Sublinhe-se que a matéria atinente à composição das Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal mereceu especial atenção da Constituição de 1988, que, com vistas a resguardar o princípio republicano, estabeleceu, inclusive, uma regra de inelegibilidade, consistente em proibir a recondução para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente", afirmou o juiz, que afastou a tese de que o eleição na Casa seja uma questão interna corporis.
O juiz compara a situação de Maia a qualquer substituto de cargo Executivo. "Não fosse assim, aquele que houvesse substituído o titular da chefia do Executivo no curso do mandato, sendo eleito, na sequência, para esse mesmo cargo, poderia, perfeitamente, reeleger-se para um terceiro mandato consecutivo, interpretação incompatível, contudo, com a Constituição, como já proclamado pelo STF e pelo TSE", ressaltou.
Aliado de Maia, o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) chamou a decisão da Justiça Federal de "factoide". "Essa decisão é uma ilustração da anarquia que vive o País, produzida pela leniência do Parlamento e desmedido ativismo judicial", afirmou Silva, um dos parlamentares da oposição mais próximos do deputado do DEM.
Além do processo na Justiça Federal, Maia é alvo de outras duas ações no Supremo Tribunal Federal (STF) protocoladas por adversários: uma é de autoria do Solidariedade, partido do chamado "Centrão", e outra do deputado André Figueiredo (PDT-CE), único candidato da oposição à presidência da Câmara.
Nas ações, o partido e o pedetista pedem que eventual candidatura do parlamentar do DEM seja declarada "inconstitucional" pelo Supremo. No caso de Figueiredo, o deputado pede ainda que o STF conceda liminar suspendendo a eleição para a Mesa Diretora da Câmara, marcada para 2 de fevereiro, até que a Corte julgue as ações.

Nessa quinta-feira (19), a Câmara foi notificada pelo Supremo para se manifestar sobre ação promovida pelo deputado do PDT. A notificação ocorreu quase uma semana após a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, emitir o despacho pedindo os esclarecimentos, na última sexta-feira, 13. Maia terá agora 10 dias úteis para responder.

Namorada lamenta morte de Teori: 'Momento muito difícil' Ministro do STF morre em queda de avião no mar próximo a Paraty



Liliana Schneider, namorada do ministro Teori Zavascki -
RIO — A namorada do ministro Teori Zavascki, Liliana Schneider, disse que vive um "momento muito difícil" com a morte do magistrado na queda de um avião no mar próximo a Paraty, na Costa Verde do Rio. Liliana atua como gerente de uma joalheria na Barra da Tijuca.

"É um momento muito difícil. Sem condições de falar", disse Liliana ao GLOBO por mensagem.
Relator da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal, Teori tinha 68 anos. Desde 2012, ocupava o posto na Corte após ser indicado pela ex-presidente Dilma Rousseff. Antes disso, foi ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Formou-se em Direito em 1972, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde fez mestrado e doutorado.

O presidente Michel Temer também lamentou a morte de Teori. Ele disse que o minsitro teve uma trajetória "impecável" e decretou luto oficial de três dias.
Outras autoridades e entidades também se manifestaram sobre a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal, entre elas o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava-Jato na primeira instância.

http://oglobo.globo.com/brasil/namorada-lamenta-morte-de-teori-momento-muito-dificil-20800928?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar


Encontrada caixa-preta do avião que caiu com Teori, diz FAB Aeronáutica diz que equipamento será encaminhado ao Cenipa para investigação; força aérea havia considerado que o aparelho não existia por não ser exigido



A caixa-preta que registra as conversas do piloto foi encontrada pelas equipes que investigam a queda do avião em Paraty que matou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki e mais quatro pessoas e serão encaminhadas ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes (Cenipa) para avaliação.
A informação foi confirmada nesta sexta-feira pela Força Aérea Brasileira (FAB). Na noite de quinta feira, logo depois da queda do avião, nas proximidades de Ilha Rasa, a FAB havia comunicado à reportagem de VEJA que a aeronave modelo King Air C90GT, da Hawker Beechcraft não tinha o dispositivo.

Veja. Com

Para 83% dos brasileiros, morte de Zavascki não foi acidente Apenas 15% dos entrevistados acreditam que morte de Teori Zavascki foi fatalidade

Para 83% dos brasileiros a morte do ministro do STF e relator da Lava-Jato Teori Zavascki não foi acidente. Apenas 15% acreditam em fatalidade, enquanto 1,3% não soube ou não quis responder.
A pesquisa foi realizada a partir de questionário online entre os dias 19 e 20 de janeiro de 2017 pelo Instituto Paraná Pesquisas.
Veja.com

URGENTE: PF apura que avião em que ministro Teori Zavascki embarcou era seguido há 16 dias


O furo de reportagem é do jornalista Cláudio Tognolli, do Yahoo


A Polícia Federal quer saber quem acessou a foto do avião que vitimou Teori na base de dados do Beechcraft

De acordo com informações, a ficha contendo dados e a imagem da aeronave foi acessada quase 1.900 vezes em um único dia.
Alguém estava atrás desses dados desde o dia 3 de janeiro.
Repare abaixo no prefixo do avião – PRSOM
jetphoto1
jetphoto1
http://www.diariodobrasil.org/urgente-pf-apura-que-aviao-em-que-ministro-teori-zavascki-embarcou-era-seguido-ha-16-dias/

O que sabemos até agora do acidente com avião que matou Teori Zavascki?

Ministro e mais quatro pessoas morreram no acidente

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, morreu em acidente aéreo na tarde desta quinta-feira (19) em Paraty, no Rio de Janeiro. Outras quatro pessoas morreram na queda da aeronave. Até o momento, não se sabe o que causou o acidente. Veja abaixo o que já se sabe sobre a queda do avião:
O avião decolou do Campo de Marte, em São Paulo, às 13h01, com previsão de chegar em Paraty às 13h30, no horário de Brasília. Os aeroportos ficam distantes 199 km, mas a 2 km da cabaceira da pista em Paraty, o avião caiu no mar, próximo à Ilha Rasa. Na hora do acidente, chovia moderadamente. Foram 11 milímetros de precipitação na região entre 13h e 14h. A Marinha soube do acidente às 13h45.
(Foto: Reprodução)
O dono de uma pousada da região, Elias Ramos Lima, contou ao Jornal Nacional que uma mulher que estava no avião sobreviveu à queda, mas acabou morrendo pouco depois. "Logo que cheguei com meu bote já pediram ajuda. Caí na água com meu funcionário, para ajudar, porque tinha uma moça viva na parte de trás do avião. Só (vi) a mão dela, ela estava batendo na janela do avião e gritando muito. A gente tentou quebrar o vidro da janela, não conseguimos. Começamos a fazer furo na fuselagem para passar com mangueira de oxigênio para poder prolongar, ajudar ela. Mas quando a gente conseguiu acesso com, ela já não respondeu mais", contou ele. 
A Polícia Federal abriu investigação sobre o caso. Entre as vítimas, foram identificados, além do ministro, o piloto Osmar Rodrigues, 56, o dono do avião, Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, 69 - ele é dono da rede de hotéis Emiliano -, uma mulher não identificada e uma quinta pessoa também não identificada. Segundo o jornalista Fernando Rodrigues, do Poder 360, as duas últimas vítimas são a massoterapeuta do empresário e a mãe dela, que exigiu acompanhar a filha. Os corpos seguem presos às ferragens do avião, no mar, onde o Corpo de Bombeiros faz uma operação para recuperar as vítimas. As condições do mar atrapalham a busca e mergulhadores tentam estabilizar a aeronave, que está a cerca de 4 metros de profundidade.
(Foto: Reprodução)
Às 18h05, o filho do ministro, Francisco Prehn Zavascki, usou o Facebook para informar a morte do pai: "Caros amigos, acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força!". Às 17h22, ele já havia publicado: "Amigos, infelizmente, o pais estava no avião que caiu! Por favor, rezem por um milagre".
O STF soube no meio da tarde que o nome do ministro estava na lista de passageiros da aeronave. A lista foi entregue para a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, e também para o presidente Michel Temer. Cármen Lúcia viajou para Belo Horizonte para visitar o pai e soube da confirmação da morte do colega no aeroporto de Confins. Ela nem chegou a deixar o local, voltando para Brasília. A ministra providenciou que um juiz auxiliar informasse a Temer da notícia e ligou para familiares de Teori para prestar solidariedade.
O avião prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90 é de pequeno porte, tem capacidade para oito pessoas e está totalmente regular. O avião pertencia à Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras e foi adquirido em outubro de 2015. A Anac afirma que o avião apresentava certificados de inspeção em dia - o certificado era válido até 2022 e a inspeção da manutenção, anual, valia até abril deste ano. O avião tem capacidade para até oito pessoas, incluindo os dois pilotos. Pode voar a distâncias de até 2.300 km, a uma velocidade máxima de 500 km/h. Segundo levantamento do Uol, há 66 aviões iguais no Brasil. Este modelo de avião não tem caixa preta para gravação de dados e a gravação de voz é opcional.

Por volta de 1h40 desta sexta-feira (20), o corpo de Teori, do empresário Carlos Alberto Fernandes Filgueiras e de uma mulher foram resgatados e levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Angra dos Reis, onde passarão por perícia. O Corpo de Bombeiros retomou as buscas pelos corpos do piloto Osmar Rodrigues, de 56 anos e de outra mulher. 

http://www.correio24horas.com.br/detalhe/brasil/noticia/o-que-sabemos-ate-agora-do-acidente-com-aviao-que-matou-teori-zavascki/?cHash=7ccfacd24f14864c245a2122c0432ac0

19 de janeiro de 2017

Juiz da Lava Jato divulgou nota sobre a morte do ministro do STF Teori Zavascki

O juiz Sérgio Moro (Foto: Paulo Lopes/Futura Press)
 
REDAÇÃO ÉPOCA
19/01/2017 - 19h11

O juiz federal Sergio Moro, responsável pelos julgamentos da Operação Lava Jato em primeira instância, divulgou uma nota oficial nesta quinta-feira (19) a respeito da queda de avião que matou Teori Zavascki, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Zavascki era relator no Supremo dos processos da Lava Jato.
Moro disse que está "perplexo" com o acidente. Enviou condolências à família e disse que, sem Teori, a Operação Lava Jato não seria possível.
Confira abaixo a nota na íntegra.
NOTA DE PESAR DO JUÍZO DA 13ª VARA FEDERAL DE CURITIBA
"Tive notícias do falecimento do Ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki em acidente aéreo. Estou perplexo. Minhas condolências à família. O ministro Teori Zavascki foi um grande magistrado e um herói brasileiro. Exemplo para todos os juízes, promotores e advogados deste país. Sem ele, não teria havido a Operação Lavajato. Espero que seu legado, de serenidade, seriedade e firmeza na aplicação da lei, independente dos interesses envolvidos, ainda que poderosos, não seja esquecido."
Curitiba, 19 de janeiro de 2017
Sergio Fernando Moro
Juiz Federal
13ª Vara Federal de Curitiba

Advogado petista postou alerta para assassinatos horas antes do acidente de Teori.



O advogado Adriano Argolo fez um estranho alerta no Twitter nesta manhã
" Vou avisar pq depois vão culpar o Lula e o PT...  Delação da Odrebrecht
entregando políticos de vários países vai gerar assassinatos"

O alerta foi publicado horas antes do acidente que vitimou o ministro  Teori  Zavascki, relator da Lava jato no STF.

Argolo há se notabilizou anteriormente nas redes sociais Em, uma ocasião , ele sugeriu " um tiro no meio da testa do juiz Sergio Moro" Em outra , ele chamou advogados para pôr
fogo na OAB de Alagoas veja o post de hoje.





Folha Política

http://www.folhapolitica.org/2017/01/advogado-petista-postou-alerta-para.html#more

Filho de Teori fala em ameaça à sua família





Filho de Teori fala em ameaça à sua família




O filho do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, usou as redes sociais para comentar as articulações de políticos para frear as investigações. Francisco Zavascki postou na sua página no Facebook o comentário acima.


Siga a Coluna do Estadão:

No Twitter: @colunadoestadao

No Facebook: www.facebook.com



Teori estava em avião que caiu no litoral do Rio, dizem STF e família


Leandro Prazeres, Marina Motomura, Daniela Garcia e Bernardo Barbosa
Do UOL, em Brasília e em São Paulo 

  • Carlos Humberto/SCO/STF
Um avião de pequeno porte caiu no começo da tarde desta quinta-feira (19) no litoral de Paraty, na região sul do Estado do Rio de Janeiro.
Procurado pelo UOL, o gabinete diz que o ministro está de férias e não tem informações sobre seu paradeiro.
Ainda segundo o STF, o presidente Michel Temer e a ministra Cármen Lúcia já forma informados.
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki estava no avião que caiu na costa da cidade de Paraty, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (19). A informação foi confirmada por telefone ao UOL pelo filho do ministro, o advogado Francisco Prehn Zavascki. "O pai estava no avião e a família está aguardando por um milagre", disse Francisco.
Segundo a assessoria de imprensa da FAB (Força Aérea Brasileira), o avião de modelo Beechcraft C90GT, prefixo PR-SOM, saiu do aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, às 13h (horário de Brasília). De acordo com funcionários do aeroporto de Paraty, a aeronave caiu no mar por volta das 13h30, momento em que chovia na região.
Nem a FAB nem os bombeiros informaram sobre quantas pessoas estavam a bordo e sobre o estado de saúde das mesmas. 
Segundo informações disponíveis no site da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o Beechcraft C90GT tem capacidade para sete passageiros, além do piloto. É um avião bimotor turboélice fabricado pela Hawker Beechcraft. A aeronave PR-SOM está registrada em nome da Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras Limitada.
De acordo com a FAB, uma equipe do Seripa-3 (Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) está a caminho de Paraty para iniciar a investigação sobre o acidente. Integrantes da Marinha e do Corpo de Bombeiros prestam assistência no local. (Com informações da Reuters)

18 de janeiro de 2017

Lancha em que Valdemiro ficou à deriva custa ao menos R$ 1 milhão

Líder da Igreja Mundial do Poder de Deus esperou por doze horas em um catamarã, embarcação de grande porte, até ser resgatado pelos bombeiros em Ilhabela

Catamarã de 60 pés, mesmo modelo em que o pastor Valdemiro Santigo ficou à deriva (Divulgação)





O pastor Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, ficou cerca de 12 horas à deriva, até ser resgatado pelos bombeiros, em um catamarã de 60 pés, embarcação de dois cascos que pode ser utilizada para a vela esportiva, transporte rápido de passageiros ou de carga, que sofreu uma pane elétrica.


Uma embarcação como esta é considerada de grande porte e é comercializada por valores que oscilam entre um milhão até mais de cinco milhões de reais, com capacidade para mais de 150 passageiros. No momento do resgate, segundo o Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar), haviam cinco pessoas no barco, cujas identidades não foram reveladas. A corporação também não informou se o pastor é o proprietário da lancha.
Resgate


O GBMar recebeu o aviso de que havia uma embarcação à deriva por volta das 22h de terça-feira. A demora para o resgate ocorreu por conta de um erro no informe de localização, uma vez que eles estavam a oito milhas (cerca de treze quilômetros) do que havia sido notificado.


O GBMar recebeu o aviso de que havia uma embarcação à deriva por volta das 22h de terça-feira. A demora para o resgate ocorreu por conta de um erro no informe de localização, uma vez que eles estavam a oito milhas (cerca de treze quilômetros) do que havia sido notificado.


Os passageiros foram removidos da lancha, que permaneceu para ser recuperada posteriormente, e foram desembarcados de volta em Ilhabela, tendo sido encontrados sem ferimentos nem sinais de desnutrição.

Veja Abril
http://veja.abril.com.br/brasil/lancha-em-que-valdemiro-ficou-a-deriva-custa-ao-menos-r-1-milhao/

Pastor Valdemiro é resgatado em barco à deriva em Ilhabela, SP Pastor, genro dele e piloto da lancha saíram para pescar na manhã de terça. Embarcação ficou em alto-mar por cerca de 15 horas até ser resgatada


Pastor Valdemiro Santiago é resgato em barco à deriva em Ilhabela (Foto: Dilvulgação/Corpo de Bombeiros)Pastor Valdemiro Santiago é resgato em barco à deriva em Ilhabela (Foto: Dilvulgação/Corpo de Bombeiros)








O pastor Valdemiro Santiago e mais dois homens foram resgatados na madrugada desta quarta-feira (18) após ficarem por cerca de 15 horas em um barco à deriva em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo. Ninguém se feriu.

A embarcação saiu da marina por volta das 5h de terça-feira (17) e apresentou problemas mecânicos. Na lancha, estavam o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, o genro do pastor e o piloto. Eles teriam saído de barco para pescar em alto-mar.

A pane no barco aconteceu por volta das 10h e os ocupantes ficaram na embarcação à deriva por 15 horas. Segundo o Corpo de Bombeiros, os ocupantes da lancha conseguiram ligar para um sobrinho do pastor que estava em São Paulo, que acionou as equipes de resgate e passou as coordenadas.

A lancha, que seria propriedade do líder religioso, foi encontrada a cerca de 13 km da Ponta do Boi, costa sul da ilha. De acordo com a Capitania dos Portos, um outro barco particular, que estava próximo da região, chegou a ser acionado para ajudar no resgate, mas não conseguiu fazer o reboque da lancha.

Os bombeiros conseguiram fazer o resgate dos tripulantes no começo da madrugada. Nenhum dos ocupantes da embarcação se feriu. O G1 tentou contato a Igreja Mundial do Poder de Deus, mas nenhum representante da instituição foi localizado para comentar o caso.
Pastor esfaqueado
No dia 8 de janeiro, o pastor Valdemiro Santiago foi atacado com uma facada no pescoço durante um culto em um templo da igreja no Brás, centro de São Paulo. O pastor foi levado para o Hospital Sírio Libanês com um corte profundo no pescoço e levou 25 pontos. O apóstolo recebeu alta no mesmo dia.

Já o agressor foi preso em flagrante com um facão. Ele está desempregado e disse que teve uma discussão com o pastor há algumas semanas. O caso foi registrado como tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil.

(*) Colaborou João Mota

G 1

http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2017/01/pastor-valdemiro-e-resgatado-em-barco-deriva-em-ilhabela-sp.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...