Subscribe:

16 de julho de 2011

Jesus filho de Davi tenha compaixão de mim!



Por Rô

Mc 10,46

Depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando.

Não a nada mais lindo do que poder ver.

Ver o rosto de quem ama, o sorriso de uma criança, ver o sol, as estrelas, a natureza, a obra dos homens, ver “as obras de Deus” (Sl 8,4) e assim por diante nos chamou para ver:
“Venham vejam!” (Jo 1,39), Disse Jesus aos dois discípulos de João que mais tarde se tornarão discípulos seus.

É para ver a vida a partir de uma perspectiva especial para poder caminhar na direção certa. A cena da cura de Bartimeu de sua cegueira rompe com algo que Marcos sempre fez nos relatos de cura. Desta vez, Jesus não afasta o cego da multidão para curá-lo ( Mc 8, 22-26). Ao contrário, é Jesus quem pede que as pessoas tragam o cego até Ele. Em um diálogo público com o cego, Jesus pergunta ao cego por seus desejos. Duas das frases importantes que Marcos gravou para nós: “Mestre, que eu possa ver” e “Anda, vai, tua fé te salvou”. Marcos não termina o relato com o encargo de guardar silêncio como de hábito. No lugar deste encargo lemos esta frase: “Bartimeu seguia a Jesus pelo caminho”. Neste imperativo “anda, vai” se esconde um convite ao seguimento no caminho, o caminho concreto até Jerusalém, até a Cruz e a ressurreição.

Por isso, Marcos elaborou um relato de visão do caminho ou do seguimento.
O milagre da cura do cego adquire um valor simbólico. É um homem que reconhece em Jesus o Messias e o Mestre.
A Palavra de Jesus devolve ao cego a vista como símbolo da fé. Por isso, o evangelista Marcos nota que esse homem, depois que ficou curado, “seguia a Jesus pelo caminho”. Precisamente no caminho se realiza o último milagre de cura narrado
por Marcos. Somente com fé esse homem pode ficar perto de Jesus e caminhar com Ele até Jerusalém, término do caminho.
Isto quer dizer que somente com fé se pode participar do mistério de Jesus Cristo. Não é possível dar um passo neste mundo sem a fé.

(Alguns exegetas ao comentar este texto dizem que estamos diante de um texto simbólico. Jericó é a terra, o cego é a humanidade não redimida, a multidão que impede os gritos do cego são as forças que distraem o homem do cristianismo, o caminho a Jerusalém é o caminho para o mundo celeste). Uma das razões que nos impedem sermos autenticamente nós mesmos e encontrar nosso caminho é não compreender até que ponto estamos cegos. Mas a tragédia está no fato de que não estamos conscientes de nossa cegueira. Vivemos em um mundo de coisas que captam ou chamam nossa atenção e se impõem. O que é invisível, ao contrário, que não se impõe, nós devemos buscá-lo e descobri-lo. O mundo exterior prende nossa atenção. Enquanto que Deus se dirige a nós com discrição.
Ser incapaz de perceber o invisível, ou ver somente o mundo da experiência significa ficar-se fora do mundo da experiência, significa ficar-se fora do pleno conhecimento, significa ficar-se fora da experiência da realidade total que é o mundo de Deus e Deus no coração do mundo. O cego Bartimeu era dolorosamente consciente porque, privado da luz dos olhos, não podia captar o mundo visível. Por isso, ele lança seu grito desesperado ao Senhor, sentia uma esperança cheia de angústia que a salvação passava junto a Jesus porque o cego sentia-se estranho e separado dela.
Além de ser incapaz de perceber o invisível, o egoísmo reduz o homem a seus próprios desejos e interesses, lhe fecha os olhos e o coração, o paralisa à margem do caminho por onde percorre a vida. O homem que vegeta em seu egoísmo tem um coração demasiado estreito para acolher o próximo e demasiado estreito para receber Deus.

O egoísta não vê os outros homens que vivem ao seu redor nem escuta ao que grita ao seu lado, por isso, tampouco pode ver nem escutar Deus. O encontro com o próximo é indispensável para o encontro com Deus, pois isto é o primeiro que cremos:
que Deus se fez homem (Jo 1,14). Não é possível escutar a Palavra de Deus, se não estamos dispostos a escutar os homens.
Por isso, a dificuldade da fé não é outra coisa que nosso próprio egoísmo, nossa auto-suficiência, porque a fé é abertura, encontro, aceitação.
Ao saber que Jesus estava passando perto dele, o cego Bartimeu começou a gritar: “Filho de Davi, tem piedade de mim!”.

A salvação para todos consiste em fazer que a voz chegue a quem está passando. Pode ser uma voz de desespero, mas que é nossa. E não do coro. Jesus ama Bartimeu porque este não duvida em gritar a pleno pulmão o que os outros se limitam a sussurrar: Messias. Ele não tem medo de se comprometer, de exagerar desde alcance Jesus, Salvador. A fé que confia supera todos os obstáculos postos por outros. E diante desta fé Jesus intervém para possibilitar o encontro pessoal e o pedido direto. Jesus parou e disse a seus acompanhantes, que antes mandaram o cego calar-se: “Chamai-o!”. Esses acompanhantes mudam de atitude. Agora ajudam o cego e insistem que se levante e vá para Jesus: “Coragem! Levanta-te,Jesus te chama!”. Deus quer que saibamos dizer aos outros: “Jesus te chama”. Mas que saibamos também escutar quando alguém ou um livro ou uma voz interior nos diz: “Jesus te chama”. Bartimeu jogou fora o manto para ir ao encontro de Jesus.
Uns deixaram seus barcos, Bartimeu deixou seu manto. Bartimeu fez isso sem pensar demasiadamente e sem demora. Aquele manto, que em certo modo o qualificava, que em certo modo era testemunho de sua invalidez e para se defender do frio da noite, não serve mais para nada no momento em que encontrou Jesus que o salvou. Aqui a imagem é dinamizante.
Despojar-se de todo embaraço, despertar-se da vida cômoda, separar-se de tudo que afasta cada um de Deus.
Para seguir Jesus é inevitável deixar ou abandonar algo. “Mestre, que eu veja”. Este foi o pedido de um cego sem luz e sem caminho. “Vai, a tua fé te salvou!”, respondeu Jesus ao pedido do cego que a partir daquele momento começou a enxergar. Bartimeu é o símbolo de todos os homens que desejam ver, caminhar e viver.

Sobretudo é um símbolo para todos em tempos de crise, de obscuridade, de desorientação. É um símbolo para o homem que, apesar de tudo, busca e continua buscando sua direção ou seu guia para sua vida. Junto ao homem que busca, Jesus passa como a Vida, a Luz e o Caminho para o homem.
Com Jesus o homem se encontra consigo mesmo e com Deus que direciona a vida para sua plenitude. A fé em Jesus é uma luz que ilumina a vida. A luz da fé ilumina e dá sentido à nossa vida porque põe claridade na origem, de onde viemos e no término no fim de nosso destino. Você tem certeza de que está seguindo a Jesus? Bartimeu jogou fora seu manto sem pensar demasiadamente e sem demora.
O que é que você largou para seguir Jesus livremente? O cego Bartimeu pediu a Jesus para que pudesse ver. O que é que você pode pedir essencialmente nesta altura de sua vida para Jesus?
Paz!

23 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Olá Rô,

Que bom seu texto!
Isso é evangelho, puro, genuíno, sem máscaras nem cara de showbesness!
É o necessitado diante do provedor de tudo, a começar pela salvação da alma!

Parabéns!

Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

disse...

Obrigada Pr. Carlos. Paz!

Vivendo pela Palavra de Deus!!! disse...

Rô, bom dia!! Que poder contar com você no Vivendo pela palavra e melhor ainda está aqui. Não vi seu link, por isso não vim logo. Um abraço e uma boa semana.

www.gloriosojesusblogger disse...

Assim como o girassol,sempre contemplas o sol Senhor, que os meus
sejam sempre para Ti, e tudo aquilo que vós me direcionar!Olá querida amiga, amei a mensagem, vim deixar-te um carinho, tenhas um bom dia! Beijos.

Ana Cavalcantti disse...

Oi Rooo !
Tudo bem?
Vc tem que colocar seu link no seu perfil, a gente clica nele e nao aprece seu blog pra poder voltar, só clicanco onde vc comentaaaaa.....daí que o povo quer chegar no seu blog e nao consegueeeeeee !!!!

Ai gente vcs com esses textos me confundem rs..eu nao sou assim tao pura rs !!! Devo ser uma pecadora affff....eu acredito em Deus do meu jeito sabe, eu acho que fazendo coisas boas e tendo um coração bom com todos já estou no caminho rs ! Ahh e detalhe tb nao peço nada pra Ele não, cnfio no que ele me oferece !!
Beijooooos

Anselmo Melo disse...

Que Deus continue te usando minha irmã para espalhar essa boa semente.
E estou na torcida aqui ta!!!

Pamela Chantedy disse...

Ehhhhh, Varoa abençoada!
Jesus, Mto bom!
que Deus continue lhe dando entendimento, sabedoria..

Beeeiiijãooo!

Flávia - Compartilhando Idéias... disse...

Olá Rô, tudo bem querida?
Muito obrigada pela sua visita ao meu blog e por deixar um comentário tão gentil por lá.
Espero que a nossa humilde campanha venha ajudar mais pessoas nesse mundão da blogosfera!
Um forte abraço!

disse...

Flavia, vou entrar na campanha também, depois vou lá. Bjs!

Vivendo pela Palavra de Deus!!! disse...

Rô, não aparece seu link. `r bom vc seguir o seu próprio blog, pois assim fica o seu link

Eduardo Medeiros disse...

Existe um mundo em nós que é bem mais vasto do que o mundo que percebemos como "real" que é o nosso mundo interior. Somos muitas vezes desatentos para este universo que habita em nós e que é feito de emoções, sonhos, desejos, crenças, amor, ódio, sorrisos e lágrimas.

Gostei muito do seu bem elaborado texto devocional. Que possomos de fato "ver" o que vai dentro de nós pois aquilo que somos no nosso mundo interior, cria e molda o nosso mundo exterior.

beijos

Eduardo Medeiros disse...

se me permitem, quero dar um alô para a amiga Ana que disse:

"eu acho que fazendo coisas boas e tendo um coração bom com todos já estou no caminho"

eu concordo com você e você concorda com Jesus. Leia atentamento o evangelho de Mateus no cap 25, versos 31 ao 46. Ali Jesus nos diz claramente que o critério de "julgamento" de alguém não é o que ele crê mas sim o bem ao outro que ele faz.

abraços.

disse...

Não basta ser bom Edu, tem que crê, se for assim é fácil, eu sou tão boazinha. rs rs

Cláudio Nunes Horácio disse...

Edu e Ana: "Ora, sem fé é IMPOSSÍVEL agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam"(Hebreus 11.6).
O texto que você citou Edu é um texto sobre o JULGAMENTO, que se refere a escatologia e não a soteriologia.
A salvação é pela fé, o julgamento é pelas obras.
No juízo receberemos nossas recompensas, mas não é o juízo ou nossas boas ações quem determinam nossa ida para o céu ou para o inferno, e sim a fé em Cristo. "Disse-lhes Jesus: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem CRER e for batizado será salvo; mas quem não CRER será condenado".
Agora pra Rô: Seu texto é lindo, verdadeiro e inspirador. Paz e bem aos três.

disse...

Obrigada maninho!

Eduardo Medeiros disse...

Dizer que crêr não vale nada. Até o diabo crê...(não é assim que se costumava dizer na igreja?)

Leia a carta que Lutero relutou muito em colocar na sua tradução da Bíblia: Tiago

Claudinho,

"O texto que você citou Edu é um texto sobre o JULGAMENTO, que se refere a escatologia e não a soteriologia."

não me diga. Seremos julgados por nossas obras e salvos pela nossa fé mesmo sem obras?

adoro teologia...

disse...

A fé sem obras é morta.
Mas as obras sem fé também são mortas.!!
porque tudo aquilo que não provém da fé é pecado!! Portanto não adianta fazer obras se não tem fé.
mas que fé????? que fé é essa?
a fé que atua no amor!!! (Gl5.6)
e quem ama, faz (obras)
as obras devem existir como frutos naturais. Sem a neurose do TER que FAZER!!!
sem amor, nada disso se aproveitárá!!!

Somos salvos pela GRAÇA, através da FÉ que atua no AMOR.

Portanto entendemos que as obras são consequência da nossa fé e do amor de Deus em nossas vidas, e manifestam de fato quem somos... se misericordiosos, amorosos, mansos e etc...
Se somos uma boa árvore, somente daremos bons frutos, ou seja, as nossas obras não serão reprovadas

Romanos 3: 28
..............................
Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei. (...)

disse...

Edu Jesus disse: Se a "vossa justiça" não exceder a dos escribas e fariseus, não entrarás no reino de Deus.
E o Evangelho declara: fé morta não salva ninguem. fé morta é fé sem obras.
Basta ler Thiago 2. Até te entendo Edu. Mas aí eu pergunto: Qual a justiça dos fariseus que Jesus manda exceder?
Colocar o principal na frente.
Os escribas e fariseus cumpriam rigorosamente a lei e todos os preceitos.
Mas eram deficiêntes na misericórdia para com seu próximo.
A lei "amar ao próximo" deveria ter a 'primazia', mas eles colocavam a "tradição" (como dizimar e ofertar) como o principal a cumprir. Ou seja:
"colocavam a carroça na frente dos bois"
Até entendo este raciocinio, mas não consigo dar esse peso as obras.
romanos 10:4 " por que o fim da lei é cristo , para justiça de todo aquele que crê.
Jesus excede a lei.
Repetindo Romanos 3: 28
..............................
Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei.

René disse...

Rô,

Nesta altura de minha vida, eu pediria para Jesus: "Jesus, eu quero ter sabedoria para ver a tudo e a todos como Você vê, para poder expressar o Seu amor!".

Quanto aos comentários, às vezes nos esquecemos que o ladrão da cruz foi salvo, de acordo com as palavras de Jesus, sem obras, apenas por fé.

Mediante a fé, somos salvos. Esta salvação nos leva a obras. Quando invertemos o processo, não adianta dizermos "Senhor, Senhor", porque Ele dirá que nunca nos conheceu!

Bjs no coração de todos e Paz!

Cláudio Nunes Horácio disse...

kkkk, Edu, não foi isso que eu disse kkk meu patriarca kkkk. Quem tem té viva, pratica as obras não para ganhar a salvação, mas porque já a ganhou, então suas obras comprovam sua filiação de Deus. Seja como for, tenhamos fé e façamos o bem. Abração.

disse...

Fazemos obras porque somos salvos,e não para nos salvar!

Celina Silva Pereira disse...

Bom texto.
Que a luz de Cristo guie nossos olhos no entendimento do Seu Caminho.
Boa semana.
Celina

Jaqueline Beatriz disse...

Oi Lindinha,

Venha participar do primeiro sorteio do Cantinho das Mulheres de Deus.
Para concorrer ao brinde basta seguir as regras e torcer muito.
Te espero!
Beijinhos

LINK: http://cantinhodasmulheresdedeus.blogspot.com/2011/10/primeiro-sorteio-do-blog-cantinho-das.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se depender de heresias desses líderes, já temos o HEXA! rs rs

Se depender de heresias desses líderes, já temos o HEXA! rs rs

Eu não aguento mais.

Eu não aguento mais.