Subscribe:

25 de janeiro de 2011

Pastor que perdeu filho em Friburgo dá seu testemunho


Heldai 12 anos
Graça e paz!

“Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! Por que quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.” Romanos 11:33-36.

As orações, o apoio e o carinho de vocês estão sendo de grande importância nessas horas difíceis que enfrentamos. O nosso filho Heldai (Que no hebraico Significa sonho duradouro – Estará eternamente em nossos corações e com o Senhor Deus na glória) de apenas 12 anos, era um menino cheio de sonhos, cristão honesto e convicto, servo, carinhoso, amigo e companheiro. No ano de 2010 nossa igreja Metodista em Vila Virgínia realizou vários eventos em que ele participou de quase todos por ser apaixonado pelo Senhor Jesus e por gostar de servir a Deus. Era um apaixonado pelo PROJETO MISSIONÁRIO UMA SEMANA PARA JESUS o qual participou nos últimos dois anos dando apoio as irmãs da EBF.


Meu filho faleceu na madrugada do dia 12 de janeiro com os demais familiares (06) nossos que também foram soterrados, que mesmos estando em um lugar até então seguro, sem encostas e morros em volta; que eu e minha esposa e filha costumávamos também ficar lá nas férias. Seu corpo; dos tios (Padrinhos e Metodistas de Nova Friburgo-RJ) e primo foram achados sexta-feira à tarde. Não houve sepultamento com a presença dos familiares no sábado; os caixões estiveram lacrados e não nos deixaram sequer vê-los e foram colocados nos túmulos dos nossos familiares lá mesmo em Nova Friburgo- RJ.

O que houve em Nova Friburgo-RJ além das fortes chuvas; foram tremores de terra que também resultaram em deslocamentos de relevos, não respeitando as matas ciliares nativas (Eu estava lá e ouvi!). Diante dessa tragédia em que além do Heldai, perdemos mais 06 outros membros da família, nunca deixamos de crer na soberania e nos desígnios de Deus. Ele resolveu levar o Heldai para si. Por ele ser amigo do Pai e da Mãe, mesmo tendo o senso bíblico-teológico da eternidade de Deus, a saudade, a falta e ausência ainda é muito forte dentro de nós.

Além do acompanhamento incondicional do Bispo Adonias que esteve em Nova Friburgo-RJ em todo tempo no local da tragédia; do Bispo Paulo Lockmam; do apoio das nossas igrejas Metodistas em Catalão-GO e Vila Virgínia no envio de irmãos até o local, e principalmente das orações dos colegas pastores e as demais igrejas da Quinta Região que foram fundamentais; não sei o que seria de nós.

Chegamos terça-feira em Ribeirão Preto- SP. Estamos sendo acompanhados por profissionais da área médica, pelo Bispo Adonias e pelo carinho dos irmãos da nossa igreja local. Nossas vidas jamais serão as mesmas; mas a graça de Deus com seu amor e as orações de vocês nos ajudarão à prosseguir, a caminhar e a nos refazer como família.

Muito obrigado por tudo!
Em Cristo Jesus!
Rev. Márcio Ramos da Silva

Fonte: Brasil Metodista

11 comentários:

Eduardo Medeiros disse...

rô, mesmo não concordando que foi "Deus quem o tomou para si" (creio que deus não precisaria provocar uma catástrofe dessas só para levar para junto de si algumas pessoas), acredito que esse tipo de fé é consoladora e acaba por deixar tudo nas mãos de deus cujos propósitos são incompreensíveis. esse tipo de fé tem ajudado muitas pessoas a se consolarem desde os primeiros mártires do cristianismo.

respeito a fé dessas pessoas e me solidarizo em sua dor e esperança.

mas tem certas declarações de crentes que eu não suporto ouvir. por exemplo, veja essa mensagem que recebi no orkut: ...

Eduardo Medeiros disse...

continuando...


A Paz do Senhor!
Eu sou membro da Igreja Cristã Maranata em Teresópolis-RJ.

Todos estão acompanhando as tragédias aqui na região serrana do Rio de Janeiro. Mas estou enviando este email para contar os livramentos que o Senhor tem dado à Igreja aqui em minha cidade.

O bairro mais afetado foi o Caleme, onde fica uma de nossas Igrejas e onde moram vários irmãos. Um irmão mora exatamente em frente à Igreja. Ele acordou de madrugada com o barulho. A montanha inteira desceu: terra, árvores, pedras e muita, muita água. Quando correu para a varanda para ver o que estava acontecendo viu uma “onda” de água e lama de aproximadamente QUATRO METROS que passou levando carros, casas, árvores, paralelo, pessoas, tudo o que estava no caminho. Logo em seguida, veio uma segunda “onda” que destruiu todo o resto.

O mais interessante foi que, quando o irmão olhou para frente, a Igreja estava INTACTA! A água destruiu TUDO, até o calçamento da rua foi arrancado pela força da enxurrada, tem mais de um metro de lama por todo o caminho, mas não entrou nem um pingo de água dentro do Templo.

A enxurrada passou em frente e atrás da Igreja, mas nem uma gota passou pela grade (isso mesmo! Grade! Toda vazada, pintadinha de branco! Padrão de nossa Igrejas! Mas a água não passou! Incrível né? Esse é o Nosso Deus!!).

O muro do condomínio que fica ao lado do Templo foi arrancado e destruído. Abriu um buraco onde era o condomínio! Do outro lado, o muro (de concreto!) também foi arrancado e a casa destruída. A marca da lama está em todos os lugares, menos na grade da Igreja, que continua branca e linda como sempre. Até eu achei que os irmãos tivessem lavado, rsrs, mas ela simplesmente não sujou!!

Quando o Pastor abriu o Templo, o chão estava até encerado!! Brilhando!! Nem uma poeira havia no chão da Igreja!!

A salinha em anexo está servindo para guardar o equipamento dos jornalistas. O pessoal da Globo quando chegou não acreditou no que viu. Tudo destruído, e a Igreja intacta no meio de tudo. Nem a grama foi afetada. O Senhor preservou tudo!! (O paralelo da Rua foi arrancado, mas a grama da Igreja continuou perfeita no lugar!)

As casas dos nossos irmãos estão intactas também. Só tiveram que sair de lá porque a rua foi completamente destruída. Não tem acesso de carro, nem abastecimento de água nem luz, pois a tubulação foi carregada pela “avalanche” de água e lama que desceu das montanhas, e os postes também foram arrancados.

TUDO FOI DESTRUÍDO, MENOS A IGREJA E A CASA DOS SERVOS QUE VIVEM LÁ!

Louvado seja o nome do Senhor!

Nenhum de nossos irmãos perdeu casa, nem família. Alguns estão em casas de parentes e até mesmo de outros irmãos da Igreja apenas por precaução e por não ter mais rua de acesso no bairro do Caleme.

Vamos orar para que cada um que passar em frente à Igreja veja o cuidado do Senhor e entenda que só o Senhor é Deus, e que possam reconstruir a vida na presença do Senhor, caminhando conosco.

Obs.: Este relato diz respeito à cidade de Teresópolis-RJ. Temos também Igrejas nas cidades de Petrópolis, Nova Friburgo e São José. Continuemos a orar por todos os irmãos que vivem aqui na região serrana do Rio, que todos possam viver uma grande experiência de livramento e cuidado do Senhor, e que nada venha a lhes faltar.

Eduardo Medeiros disse...

sinceramente, não consigo achar nenhum propósito em deus permitir que centenas de pessoas morram com suas casas destruídas e ele preserve de pé um monte de tijolos e cimento por ser uma igreja, "casa do senhor".

desculpe, mas esse tipo de coisa me deixa perplexo.

Cida Kuntze disse...

Oi Rô!
É muito triste mesmo perder um filho...nem gosto de imaginar, e ainda perder mais parentes, todos de uma só vez. Mas o Senhor está no controle de TUDO, não cabe a nós julgar do porquê uns são guardados de maneira milagrosa e outros não.
A dor desses pais é muito grande, mas em Deus eles alcançam consolo, pois sabemos que o nosso lar não é aqui e algo muito melhor o Senhor está nos preparando.

Eu tentei te colocar na minha lista de blogs e dava erro, mas agora consegui, não sei ao certo o que acontecia.

Beijinhos e fica na paz!

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezada Rô,

A paz do Senhor!

Grato pela postagem. Na minha singela opinião, a maior reflexão é ver que tem gente que não perdeu nada e está reclamando da vida e esse irmão com tantas baixas na família, encontra forças para agradecer a Deus o mínimo que lhe sobrou!

É no mínimo uma lição para nós!

Quanto ao fato relatado pelo Eduardo, nos comentários acima, são coisas sem explicação.
Hà alguns anos, aconteceu um trágico incêndio que levou pelos ares uma vila inteira, na época denominada "Vila Socó em Cubatão".

Acontece que em um espaço relativamente pequeno no meio da vila, ficavam pelo menos três igrejas evangélicas, incluindo aí uma congregação do ministério onde congrego.

O números oficiais dão conta de 100 vítmas fatais, sendo que na realidade, não foi possível se levantar o número exato.

Inexplicavelmente, nenhuma das três igrejas foram atingidas pelo incêndio, assim como no caso acima do RJ e nenhum dos irmãos que lá congregavam perderam a vida. Perderam casas sim, mas a vida não e os templos ficaram intactos.

Cada um vê de um jeito, mas humanamente não há explicação. Esse fato foi inclusive na época coberto pela imprensa.

O que não entendemos, o jeito é deixar mesmo nas mãos de Deus. Quanto a nossa parte, como cidadãos e cristãos, continuaremos a fazer.

Paz!

Pr. Carlos Roberto

disse...

Edu tem coisas inexplicáveis mesmo, mas teve Templos que a lama entrou e os irmãos estão tendo muito trabalho, então não vejo da maneira que esta pessoa te colocou no e-mail. Mas o que vejo, não tem importância de maneira alguma, Deus sabe de tudo e todos, e não nos cabe questionar, questiono sim as autoridades que não cuidou das encostas, deixando que muitos viessem a construir suas residências em lugares como estes, aí sim, cabe a mim e a muitos cobrarem das autoridades. O resto meu irmão, não cabe a mim questionar, em questão de quem devia morrer ou não, se uns foram e outros não, isso cabe Deus, o que esta pessoa disse no e-mail foi que Deus livrou só os servos daquela igreja , então porque não livrou este menino aí e mais os outros 6 da família dele?? isso não tem nada haver. assim eu creio. Paz Edu!

disse...

Cida eu também não entendo o porque do endereço do blog ter problemas, de repente vc colocou com o http, e lá onde se coloca o link ja tem http também, aí o link não entra, sempre acontece isso, tem que colocar o endereço sem o http. Bjs e obrigada mana.

Pr. Carlos concordo com o senhor, quando Deus quer livrar ele livra e pronto, não tem como questionarmos, somente agradecermos, mas se ele quiser levar também glória a Deus por tudo. Tem coisas que são inexplicáveis como disse ao Edu, que só cabe a Deus. Paz!

Anselmo Melo disse...

Essas sem dúvida são coisas ocultas ao homem, exatamente por isso causa tanta perplexidade.Somos por natureza assim, queremos entender tudo, arrumar explicação para tudo. Coisa de seres intelectuais que somos, feitos assim por Deus. Porém, existem momentos que calar é mais sábio e prudente.
Paz!

Roberto Ornellas Ferreira disse...

Sempre costumo dizer que existem duas vontades de Deus. A VONTADE SOBERANA e A VONTADE PERMISSIVA.
1º A VONTADE SOBERANA, onde Deus faz o que de fato é o melhor a ser feito.
2º A VONTADE PERMISSIVA, onde Deus simplesmente permite que aconteça, isso se deve por conseqüência dos atos, por livramento e etc...

Infelizmente não conseguimos agora, achar respostas para vontade permissiva de Deus, mas uma coisa é certa, devemos estar juntos, orando, ajudando, evangelizando, chorando e apoiando nossos irmãos e amigos da região serrana. Estou divulgando em meu blog. Paz do Senhor a todos.

disse...

Ok Roberto fique a vontade.

René disse...

Rô,

Lendo o testemunho desse pai que acabou de perder um filho e mais outros parentes, me lembrei de Jó: "Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei; o SENHOR o deu e o SENHOR o tomou; bendito seja o nome do SENHOR!
Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma".

Forte abraço e Paz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Eu não aguento mais.

Eu não aguento mais.