Pular para o conteúdo principal

Postagens

Greenpeace assume ter abandonado mala que foi confundida com bomba em comissão da Câmara que debate uso de agrotóxicos

A ONG ambientalista Greenpeace assumiu ter sido a responsável por abandonar na última quarta-feira (20), no plenário da comissão especial da Câmara que debate o uso de agrotóxicos, uma mala com um alarme sonoro que disparou.
Depois da reunião da comissão, a assessoria da Câmara informou que a mala, de material plástico, continha uma “simulação grotesca" de bomba.
Em nota publicada no site da entidade, o Greenpeace disse que a iniciativa "teve como objetivo chamar a atenção para os riscos da aprovação do projeto, que libera ainda mais agrotóxicos no Brasil”. A pasta foi abandonada no fundo do plenário, perto das cadeiras ocupadas por jornalistas e assessores.
Pouco antes do início da reunião da comissão, destinada à votação do parecer que flexibiliza as regras para o uso de pesticidas, começou a tocar um alarme muito alto, que lembrava um alarme de carro – na nota, o Greenpeace explicou que se tratava de um alarme de moto.
Naquele momento, não houve tensão, e os presentes até rira…
Postagens recentes

Não farei acordo com o diabo para ter tempo na TV, diz Bolsonaro no Maranhão

O pré-candidato à presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, visitou a capital maranhense nesta quinta-feira (14) e afirmou que não irá em busca de partidos para formar legenda para aumentar seu tempo de TV no horário eleitoral.
"Não farei acordo com o diabo para ter tempo de TV", disse. Para o deputado, sua maior mídia de campanha é a da internet. "Propaganda hoje é feita com isso aqui [mostrando um celular]. Tivemos o exemplo nos Estados Unidos, ninguém acreditava no Trump, mas ele ganhou".
Bolsonaro foi recebido por simpatizantes e por membros de seu partido no Sebrae, seguido de um jantar com entidades empresariais em um bufê na zona nobre da cidade. 
Sobre as pesquisas eleitorais, Bolsonaro voltou a falar sobre o resultado mais recente da pesquisa Datafolha, na qual aparece com 19% das intenções de voto em um cenário sem o ex-presidente Lula como candidato.
"Pesquisas no Brasil estão sob suspeitas. Pesquisas no Brasil, como regra, sempre foram usadas …

Delator entregou conta de Márcio Thomaz Bastos no exterior, denunciam jornalistas

Os jornalistas do site O Antagonista relatam que tiveram acesso aos anexos da delação premiada do doleiro Marco Antônio Cursini. Segundo os jornalistas, o doleiro entregou uma conta secreta do ex-ministro da Justiça de Lula, Márcio Thomaz Bastos. 

Leia abaixo o texto com a denúncia:  
Como revelamos dias atrás, o doleiro Marco Antônio Cursini contou à Polícia Federal que operava para o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos. O relato explosivo consta de sua colaboração premiada, firmada em 2007 e mantida em sigilo até hoje.
O Antagonista obteve com exclusividade os anexos da delação de doleiro, que antecipava em quase uma década o esquema de corrupção e lavagem de dinheiro descoberto pela Lava Jato.No anexo referente ao ministro da Justiça de Lula – o mesmo que tentou negociar com a PGR um acordão para enterrar na origem as investigações do petrolão -, Cursini entrega a conta secreta de Márcio Thomaz Bastos.
O nome da conta é sugestivo: MÃE.
Nas palavras de Cursini, a conta chegou a t…

PF prende ex-secretário de Transportes de Alckmin

O ex-secretário de Logística e Transportes no governo Alckmin, Laurence Casagrande Lourenço, foi preso nesta quinta-feira, 21, no âmbito da Operação Pedra no Caminho, braço da Lava Jato em São Paulo. A investigação mira desvios em contratos do Rodoanel Trecho Norte, cujas obras foram iniciadas em 2013, quando Lourenço era presidente da Dersa.
Atualmente, Lourenço é o presidente Companhia Energética de São Paulo. Ele foi secretário de Secretaria de Logística e Transportes entre maio do ano passado e abril deste ano e chegou a presidir a Dersa entre janeiro de 2011 e maio de 2017. Também passou pela Fundação Casa e a Secretaria de Segurança Pública. Segundo o Ministério Público Federal, a ‘Pedra no Caminho’ mira crimes praticados por agentes públicos e empresários durante as obras do Rodoanel Viário Mário Covas – Trecho Norte e envolvem a suposta prática de corrupção, organização criminosa, fraude à licitação, crime contra a ordem econômica e desvio de verbas públicas. As obras contaram c…

Ministério Público investigará brasileiros que desrespeitaram mulher na Rússia e divulgaram vídeo

O Ministério Público Federal no Distrito Federal decidiu abrir um procedimento investigatório criminal para identificar os brasileiros que desrespeitaram uma mulher na Rússia e divulgaram o vídeo na internet.

Conforme a decisão, o Ministério Público investigará o crime de injúria. Isso porque, na gravação, os homens fazem a mulher, de um outro país, repetir palavras que, em português, remetem ao órgão genital feminino sem que ela saiba. O MPF destaca que os brasileiros "cometeram crime de injúria contra mulher estrangeira" ao gravar o vídeo.
Na gravação, destaca o Ministério Público, os brasileiros fizeram a mulher "repetir em coro e em estribilho palavras de baixo calão referente ao órgão genital feminino, sem que essa tivesse o conhecimento do idioma e do conteúdo da palavra repetida, fazendo com isso com que a humilhasse publicamente a honra e denegrisse sua dignidade, diante de seu cunho nítido machista e discriminatório".
Decisão do MPF A decisão do Ministério Públ…

PF e do MPF contra fake news Durante evento da Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), o presidente do TSE, Luiz Fux, reafirma que ação repressiva contra notícias falsas será feita pela PF e pelo MPF. Hoje devem ser divulgadas regras para controlar patrocínio na rede

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai enfrentar as fake news na corrida eleitoral com mecanismos de prevenção e repressão. O presidente da Corte, ministro Luiz Fux, detalhou ontem a ideia de usar o “poder de polícia da Justiça eleitoral”, medida destacada por ele em um congresso, na última sexta-feira. O combate repressivo será feito com apoio da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF). No campo preventivo, o auxílio será feito pelos próprios partidos políticos e por marqueteiros.

A ideia do ministro é de que as duas frentes atuem como coadjuvantes, sendo os marqueteiros os responsáveis por “resgatar a imagem de cada um dos profissionais” da corrida eleitoral. A atuação da PF e MPF será importante e o magistrado não demonstrou receio em recorrer a elas em caso de propagação das notícias falsas, mas Fux defende mais a atuação preventiva do que repressiva. “Há previsões sobre a possibilidade de difusão e notícias sabidamente falsas e que causam um dano irreparável …

“Reiteramos nosso posicionamento favorável à Lava Jato”

Por Diego Amorim
O Antagonista teve acesso à íntegra da questão de ordem questionando a manobra petista para emplacar uma CPI para atacar a Lava Jato: