Subscribe:

3 de dezembro de 2010

Constrangida pela graça de Deus!










Por Rô


O amor de Cristo nos constrange, considerando que, se um só morreu por todos, logo todos morreram.” II Cor 5,14

Quando a gente olha para a nossa vida e diante do erro que cometemos nos colocamos diante de Jesus como miseráveis sedentos de misericórdia Divina, o Senhor vem ao nosso encontro. Para nos constranger. De tanto amor.
Para a nossa mente humana, ainda centrada na lógica do olho por olho dente por dente é difícil  entendermos, como pode um Deus tão grande, poderoso e soberano conhecendo nossa fragilidade e miserabilidade humana,  ainda nos perdoar encher.. Não seria mais compreensível para a lógica humana se, diante do nosso erro, Deus nos castigasse,  com fúria e mandasse fogo do céu para nos destruir? Pois é assim que agimos com o outro. E muitas vezes achamos que é com esta mesma lógica que Deus nos trata. A pouco tempo me perguntaram, como você se sente em relação a uma pessoa que te fez mal? eu disse que no primeiro momento me sinto triste e magoada, mas logo vem a palavra de Deus dizendo que devemos perdoar,e esta palavra nos enche de tal maneira com um perdão para com o outro e ha uma mistura de sentimentos que chega a doer, é aí que entra o amor de Deus para conosco e para com a outra que te feriu.
Se quero ser perdoada também devo exercer este perdão.
Pois quanto maior o pecado, mais direito se tem à misericórdia do Senhor.
A palavra de Deus diz que o amor dele é tanto que encobre multidões de pecados. E isso constrange. O amor de Deus nos constrange porque não estamos preparados para sermos tão amados assim, isso que chamo de graça que me constrange, ou seja este amor grandioso e incomparável de Deus!

ai ai… hoje estou extremamente feliz por ter sido extremamente constrangida pelo Senhor! Obrigada Jesus. Paz!


10 comentários:

Cláudio Nunes Horácio disse...

Rô, a base do ensino de Jesus é a graça, o amor, o perdão, a paz, a misericórdia né? Muito bom, gostei.
Paz.

disse...

maninho as vezes me sinto escandalizada com amor de Deus, é um espetáculo. rsss
Não me sinto preparada para ser tão amada, e o que mais gosto nesta vida, é de ser é amada, e ele nos ama tanto que chega dói. Paz.

Pra.Thaís Itaborahy disse...

Rô, como nós dependemos desta graça tão grande e deste amor incomparável.

E as vezes Deus permite que nós venhamos a falhar na nossa caminhar, deslizar emalgum ponto, para que a Glória seja toda Dele. Somos barro nas maos do oleiro. E a essencia é Cristo.

O próprio apostolo Paulo decalrou que diante de tão grande revelação que ele teve da parte de Deus, Deus colocou um espinho em sua carne para que Paulo não viesse a se gloriar diante da revelação, deixando assim a glória para Deus.

Bjim no coracao.
Firme e forte nas promessas do Senhor, que antes da fundação do mundo nos amou, mesmo sabendo que éramos falhos.

Pra. Thaís

disse...

Pra.Thaís é isso aí, chamo isso de graça sobre graça. Se não fosse esta graça seríamos fulminados. Bjs!

Wendel Bernardes disse...

Oi Rô,
a Graça é algo sublime mesmo...
Eu não consigo (hoje) enxergar o Evangelho sem a Graça...
Essa citação parece até absurda, pois o evangelho só existe por causa da Grça e vice-versa.
Porém temos feito dessa graça uma distorção dela mesma quando agragamos elementos da lei totalmente retrógados e sem sentido!

Jesus cumpriu a Lei na Graça!
E essa mesma, de fato e de verdade, precisa ser vivenciada pela igreja (sem graça - desculpe o trocadilho, num aguentei) que se chama pelo Nome Dele!

Viver a Graça é isso mesmo Rô,
Ser constrangido o tempo todo...
Ah se todos soubecem o que Deus planejou....

Fica na paz!

disse...

Wendel eu fico arrepiada, quanto penso nesta graça que não conseguimos exaurir pois é tão infinita, ilimitda, não tem fim, eu fico toda sem jeito com tanto amor.
Como diz o Caio, é a lei da graça, desta ninguém escapa, quer graça seja gracioso, quer misericórdia, seja misericordioso, não quer ser julgado não julgue, ainda bem que em Cristo tudo esta pago. Glória a Deus.Paz!

René disse...

Rô,

Pura verdade e pura bênção este seu texto. Também fico muito feliz por ser totalmente constrangido pelo Senhor. Todos os dias, "somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito".

Continue na nessa Paz do Senhor!

HELIO COSTA disse...

a paz
uito lindo blog barabems


helio costa

Regina Farias disse...

Rô,

Esse lance de exercer perdão (Perdão mesmo, pra valer! Perdão a quem te prejudica, te tira o chão, o resto é fichinha, picuinha, mera bobagem)aconteceu de maneira muito leve e gradativa na minha vida.

E - por outro lado- o interessante é que eu nunca fui de guardar rancor, de carregar ressentimento, sempre perdoei fácil, então quando veio uma onda forte (infidelidade)Deus já estava tratando minha vida e mesmo que eu não tivesse atinado para isso ainda, intimamente já queria perdoar quem causou tanto sofrimento a mim e aos meus filhos. Claro que havia os sentimentos conflituosos, pois ora eu queria passar o carro por cima de cabeça de certo sujeito (e certa "sujeita") e por vezes eu tinha uma enorme compaixão pelo mesmo filho da mãe e filha da mãe he he. E isso beeeeem antes da minha conversão, mas hoje eu tenho a clara visão de que ja era Deus me curando e se revelando para mim.

bj

Rê.

Regina Farias disse...

Rô,

O comentário sobre o perdão foi em cima da frase neste post:

"Se quero ser perdoada também devo exercer este perdão".

Entendeu?!

bjus

Rê.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...