Subscribe:

26 de dezembro de 2010

Foi para isto que fui enviado!


Por Rô

Lucas 4,38-44 (Mc 1,29-39)
Tudo que acontece em nossa vida, é para um propósito, e este propósito é que Cristo nos chama para a missão, para o serviço de seu reino!
Hoje falaremos da cura da sogra de Pedro (Lc 4,38-39), a cura de muitos doentes à noite, depois do sábado (Lc 4, 40-41), a oração de Jesus num lugar deserto (Lc 4,42) e a sua insistência na missão (Lc 4,43-44).
Lucas 4,38-39 Jesus restaura a vida para o serviço, depois de participar da celebração do sábado, na sinagoga, Jesus entra na casa de Pedro e cura a sogra dele. A cura faz com que ela se coloque imediatamente de pé. Com a saúde e a dignidade recuperadas, ela se põe a serviço das pessoas. Jesus não só cura, mas cura para que a pessoa possa colocar-se a serviço da vida.
Lucas 4,40-41: Jesus acolhe e cura os marginalizados.
Ao cair da tarde, na hora do aparecimento da primeira estrela no céu, terminado o sábado, Jesus acolhe e cura os doentes e os possessos que o povo tinha trazido. Doentes e possessos eram as pessoas mais marginalizadas naquela época. Elas não tinham a quem recorrer. Ficavam entregues à caridade pública. Além disso, a religião as considerava impuras. Elas não podiam participar na comunidade. Era como se Deus as rejeitasse e as excluísse. Jesus as acolhe e as cura impondo a mão em cada um. Assim, aparece em que consiste a Boa Nova de Deus e o que ela quer atingir na vida da gente: acolher os marginalizados e os excluídos e reintegrá-los na convivência.
Em Lucas também aprendemos que devemos permanecer unidos ao Pai pela oração, pois ao raiar do dia, Jesus saiu, e foi para um lugar deserto. As multidões o procuravam, e, indo até ele, não queriam deixá-lo que fosse embora”. Aqui Jesus aparece orando. Ele faz um esforço muito grande para ter o tempo e o ambiente apropriado para orar. Levantou mais cedo que os outros e foi para um lugar deserto, para poder estar a sós com Deus. Muitas vezes, os evangelhos nos falam da oração de Jesus no silêncio. É através da oração que ele mantém viva em si a consciência da sua missão.
Devemos manter viva a consciência da missão e não se fechar no resultado. Jesus tornou-se conhecido. O povo ia atrás dele e não queria que ele fosse embora. Jesus não atendeu ao pedido e disse: "Devo anunciar a Boa Notícia do Reino de Deus também para as outras cidades, porque para isso é que fui enviado." Jesus tem muito clara a sua missão. Não se fecha no resultado já obtido, mas quer manter bem viva a consciência da sua missão. É a missão recebida do Pai que o orienta na tomada das decisões. Foi para isto que fui enviado! E aqui no texto esta consciência tão viva aparece como fruto da oração.
Jesus tirava tempo para poder orar e estar a sós com o Pai. Aí eu pergunto será que tiramos um tempo para orar e estar a sós com Deus?

Jesus mantinha viva a consciência da sua missão. E nós , será que, como cristãos, temos consciência de alguma missão ou vivemos sem missão? Pensem nisso.

Que Deus nos abençoe. Paz.

9 comentários:

Sergio disse...

Hola Rô,

es verdad, yo también creo que todos tenemos una mision...

Saludos argentinos,

Sergio.

Mariani Lima disse...

Oi, amiga!!!
Nem pude te desejar um feliz Natal à tempo!! Estava na casa de minha mãe em araruama e acabei ficando sem internet. Cheguei hoje.
Mas nos falamos antes da virada do ano.
Bjs....
Ah! Amei o texto.
Fique com Deus!

Alma Inquieta disse...

Olá Rô,

pois eu estou plenamente de acordo.
Todos trazemos uma missão intransmissível... só assim a nossa vida faz sentido!

Um beijo.

Ahhh, passa pelo meu blog... gostaria de contar com a tua participação.

Cláudio Nunes Horácio disse...

Querida Rô, a oração é o cordão umbilical que nos mantém unidos ao Abba, sem este link, a conexão da graça é interrompida e morremos de inanição do Amor, da bondade, da Luz, da graça, da fé, da esperança. Então não existe vida com Deus sem oração. Seu texto é excelente. Não erremos o alvo, sejamos restaurados, nutridos e fortalecidos pela comunhão com o Pai e levantemos para sermos abençoadores assim como fomos abençoados. Fé, esperança e Amor. Paz e bem.

Pr. Carlos Roberto disse...

Olá Rô,
Graça e Paz!

Que o Espórito Santo nos ajude a termos consciência dessa missão, assim como nos dirigir no cumprimento da mesma.

Feliz e pertinente texto!

Parabéns!

Um grande abraço!

Seu conservo em Cristo,
Pr. Carlos Roberto

Filipe Oliveira disse...

Amém, Jesus deve ser nosso espelho. A cada dia devemos seguir o seu exemplo, só assim seremos bem sucedidos em tudo.

Que Deus te abençõe
Obrigado por me desejar feliz aniversário.

Abraço!

Pastor Ladislau disse...

Interressante que nunca vi Jesus querendo centralizar a mensagem do evangélho, nunca quis consagrar nem cafarnaum e nem jeruzalém, como lugares sagrado, o evangélho é de todos os homens, todo movimento que centraliza perde a identidade por isso o fluir do evangelho deve ser livre, pois pra isso que Ele nasceu, a conquista de Jesus é um bem da humanidade boa mensagem amiga, continue a espalhar essa mensagem poderosa e maravilhosa abrs

Priscilla Salum disse...

Me fez lembrar essa canção do Asaph Borba:
Tanta coisa tenh feito para o meu próprio prazer,
Tenho andado a procura, do meu próprio bem viver
Enquanto existe tanta gente anciosa por aí,
Não te conhecendo assim como eu conheço a ti.




O chamado que um dia Tu fizeste a mim
E ao qual se hesitar eu disse sim
Ecoou em meus ouvidos como da primeira vez
E a ti Senhor eu novamente digo sim!


Eis-me aqui, eu livre estou ao seu dispor
Por onde Tu quiseres me enviar
Me coloco submisso a Ti Senhor
Para o Teu querer em mim realizar...

disse...

Linda letra Priscila. Paz seja contigo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...