Subscribe:

30 de junho de 2010

Um pouco de poesia ( Amada Minha. )


Por que fugiste de mim, amada minha?
Quem de pronto te seduziu?
Acaso alguém em meu lugar
Levou-te ao jardim a passear?

Que fizeste ,à vista de meus olhos,
Com as jóias que te dei?
Os vestidos cosidos com fino ouro?
As suaves sandálias que te calcei?
E os adornos que busquei ?

Desprezaste os ungüentos dos viçosos olivais
E o vinho novo dos melhores lagares.
Voltaste chorando
Despida , sem brilho,
Em total desolação...

Torne aos meus braços, amada minha!
Eis-me aqui para dançar
Entre afagos te beijar
E o teu pranto farei cessar!

Autora: Rosane Guimarães

A liberdade sexual !


Recentemente uma revista portuguesa escreveu um artigo sobre a liberdade sexual, citando o seguinte:

“A liberdade sexual possibilita cada um expressar todo o seu potencial erótico, mas com uma ressalva importantíssima – a exclusão de todas as formas de coerção, exploração e abuso, em todas as alturas e situações da vida. Isto significa que cada um pode escolher o que lhe dá mais prazer. A partir do momento em que fazemos a nossa escolha de livre vontade, tudo é permitido, desde a troca de casais, dogging e sexo em grupo.”

O artigo continua a dizer que, desde que alguns cuidados básicos sejam mantidos, estas experiências de sexo em grupo ou troca de casais poderão ser muito excitantes e estimulantes.

Infelizmente o conselho que é proferido nas revistas é muitas vezes néscio, e é assim neste caso, porque é impossível vivermos fazendo tudo que nos apetece sem eventualmente sofrer as consequências dos nossos atos. Experimentar sexo fora de casamento é muito perigoso e ao longo prazo pode causar depressão, infelicidade, ciúmes, ódio, culpa e muito mais, em vez da satisfação que foi esperada.

Sexo foi instituído por Deus como uma coisa muito bonita desde que sigamos as regras que Ele nos deu, não porque ele quis ser mesquinho conosco mas para que a raça humana pudesse viver em harmonia, felicidade e saúde.

Então, qual é o caminho para a liberdade sexual?

Segundo a Bíblia, só existe um caminho - dentro do casamento teremos a liberdade de ter relações com o nosso parceiro. Daí descobriremos liberdade ao máximo.

A Bíblia avisa-nos que sempre que tenhamos relações sexuais fora de casamento estamos a pecar contra o nosso próprio corpo, porque o ato sexual não é só um acto físico, mas é algo mais profundo em que duas pessoas se tornam uma só carne. Os casados deveriam ter um compromisso muito forte e exclusivo um com o outro. A medida que vivamos em união emocional e de fidelidade com o nosso cônjuge, vamos descobrir uma fonte tremenda de liberdade e felicidade.

Na ditada liberdade onde tudo é permitido, encontramos escravidão às nossas paixões e o sexo torna-se 'barato'. As pessoas que seguem liberdade sexual acabam por viver uma mentira muito grande - uma decepção que mais cedo ou mais tarde vai destruir o casamento. Paz seja com todos!

Se arriscando!

Se arriscando para cruzar ponte. Que lindinhas srsr
Até elas tem direção rsrs
Muito legal!



Fonte Uol

Por que eu abomino o evangelho da prosperidade? John Piper

O Que leva alguém a Automutilação?




O Que é a Automutilação?

A automutilação é definida como qualquer comportamento intencional envolvendo agressão direta ao próprio corpo sem intenção consciente de suicídio. As formas mais freqüentes de auto mutilação são cortar a própria pele, bater em si mesmo e queimar-se.
As pessoas que cortam os seus corpos normalmente não querem suicidar-se é simplesmente a sua maneira de lidar com emoções difíceis. Em vez de expressar os seus sentimentos abertamente, eles cortam a pele, queimam-se, fazem nódoas negras ou arrancam o cabelo.
Que provoca automutilação? Pode ser por causa de agressão, perda de um ente querido, pressão, abuso, problemas financeiros e problemas nos relacionamentos. Alguns fazem estas coisas porque acham que são pessoas más, sentem-se culpadas, ou pensam que estão a perder controle. Estão a expressar toda a dor que existe dentro delas.
Alguém disse: 'Penso que o controle é importante. Pode não controlar as coisas à sua volta, mas pode controlar aquilo que faz a si próprio.'

A automutilação é muitas vezes ligada ao odeio próprio, e depressão, e é mais comum em mulheres do que em homens.

Infelizmente as pessoas tornam-se viciadas a este tipo de comportamento, mesmo sabendo que não é racional e pode ser um perigo para a vida. Muitas vezes ouvem vozes na mente que lhes obrigam a fazer auto mutilação, e se isto for o caso, é necessário ajuda médica busque profissionais da área de saúde mental, como psicólogos e psiquiatras. Seria mais indicado profissional com experiência no tratamento de pacientes com automutilação, pois estes pacientes apresentam algumas peculiaridades. Caso estes profissionais não estejam disponíveis, uma vez que são raros os profissionais com experiência em auto mutilação, seria indicado PRofissionais com experiência em transtornos do impulso.

Está a fazer mal ao seu corpo por queimaduras, cortes ou coisa semelhante? Felizmente Deus compreende porque você está a agir assim e vê a angustia e vergonha que está a sentir. Procure orientação Pastoral também, é muito bom. No mais... Que Deus nos abençoe. Paz!

GNT reapresenta entrevista com José Saramago


José Saramago, escritor português e Prêmio Nobel de Literatura morreu na última sexta-feira, dia 18, aos 87 anos, na Espanha. Em homenagem ao ilustre autor, o GNT reapresenta no domingo (27), às 22h00, o programa Marília Gabriela Entrevista que foi ao ar em março de 1999, no qual Gabi conversa com Saramago. Na entrevista, o escritor conta em que portugueses e brasileiros são parecidos, conversa sobre religião, sobre a ilha espanhola de Lanzarote - onde vivia e onde morreu -, e sobre sentimento, entre outros assuntos. Assista aos trechos abaixo:
Gabi começa a entrevista perguntando em que brasileiros e portugueses se parecem e são diferentes. “Claro que somos parecidos. Mas há também muitas diferenças. Umas são reais, como a diferença com relação a pessoas que pertencem ao mesmo país, à mesma cultura, à mesma língua, à mesma forma de viver. E há diferenças entre portugueses e brasileiros, que creio não sejam autênticas. São preconceito. Como essa ideia de que português é burro”, reflete.


Saramago e a religião

Sobre religião, Saramago não considera que seja implicante com relação à questão: “As minhas implicâncias são com o poder que está por trás daquilo que chamo de administração religiosa. (...) A terra que pisamos está cheia de pó de pessoas que viveram e morreram. E é essa a grandeza da vida. Conseguir quase criar um sentimento de eternidade, permanência da obra feita com vidas tão precárias, tão breves, tão curtas como são as nossas. É es te estar no mundo, o trabalho do homem na terra, que deixa vestígios, que deixa sinais, que são livros, casas, ideias”.

Sobre a escolha de viver em uma ilha no arquipélago das Canárias, o escritor conta que foi morar no local por ter sido vítima da censura do governo português em 1992. “Foi nesse momento que minha mulher, que tem uma irmã que vive em Lanzarote há quinze anos, teve a ideia de que podíamos fazer uma casa e dividir nosso tempo entre os voos e Lanzarote. No princípio, reagi mal - depois de viver toda vida aqui, ir para uma ilha no Atlântico, que ainda por cima fica em outro país. Chamei a isso de reação masculina típica número um e reação masculina típica número dois. A número um é dizer não, imediatamente. E a número dois é dizer: ‘Olha essa tua ideia não é tão má, vamos pensar nisso’”.



José Saramago confessou ainda na entrevista que se considera um homem austero, que não perde uma noite de sono: “A noite, para mim, foi feita para dormir, e o dia, para fazer o que tiver que fazer”. Diz também que não é uma pessoa alegre e sim melancólica. “Aliás, é curioso, pois era muito garoto e já tinha essa coisa estranhíssima que é entristecer no meio de uma festa. E o método que tinha para resolver aquilo era retirando-me”, admite.

As personagens femininas

Marília Gabriela questiona se o fato de Saramago ter atuado como jornalista o aproxima ou o afasta da imprensa e da crítica. “Sou um pouco cético. Às vezes, é pena que me dá ver jovens que vão assumir uma grande responsabilidade de informar, e ver que esse trabalho passa depois por um laboratório, passa por uma colocação num certo espaço, passa por uma nova redação”. No “Marília Gabriela Entrevista”, José Saramago falou ainda sobre União Europeia, sobre seu papel como pai, psicanálise e afirmou não acreditar em uma escrita feminina: “Nos meus livros as mulheres são figuras fortes, são muito autênticas. Não tenho certeza de que elas existem na vida. Mas no momento em que construo, ponho ali não como quem está a dar conselhos às mulheres para que sejam como as minhas personagens femininas, mas como quem pensa que a mulher – se não é assim – pode ser assim”.

Fonte: GNT

29 de junho de 2010

A Polêmica fé de um Cientista!


Quando foi convocado para substituir o biólogo James Watson – um dos descobridores da estrutura de dupla hélice do DNA – na liderança do recém criado Instituto Nacional de Pesquisa do Genoma Humano, em 1993, o geneticista Francis Collins já era um pesquisador conhecido e já havia descoberto a localização de genes responsáveis por três doenças importantes: fibrose cística, distrofia muscular de Duchenne e doença de Huntington.

Dono de um currículo impecável dentro do mundo científico e de um entusiasmo contagiante em relação a tudo o que se refere à genética, Collins foi encarregado de encabeçar um consórcio público integrado por centros de pesquisa norte-americanos, britânicos, franceses, alemães e japoneses – o chineses vieram mais tarde – com a tarefa hercúlea de seqüenciar todos os três bilhões de pares de bases que constituem o DNA humano.

Entre 1995 e 1999, Collins e sua equipe protagonizaram, com a Celera Genomics, do cientista Craig Venter, uma competição acirrada pela primazia no anúncio do seqüenciamento completo do “mapa da vida”. A corrida entre os consórcios público e privado culminou com um anúncio em conjunto, na Casa Branca, de que o Genoma Humano estava finalmente completo e pertencia, a partir dali, a toda a humanidade.

A data histórica ainda não havia completado seu sexto aniversário quando, em 2006, Collins lançou, nos Estados Unidos, o livro A Linguagem de Deus (Ed. Gente), no qual discorria sobre como havia resolvido dentro de si o dilema entre fé e ciência. Em 300 páginas escritas com elegância e sinceridade, um dos mais notórios homens da ciência admitiu ao mundo que acreditava piamente em Deus. A obra reacendeu o velho debate entre crentes e ateus, movimentou evolucionistas e criacionistas e suscitou embates históricos – o mais famoso deles deu-se entre Collins e o zoólogo e evolucionista britânico Richard Dawkins.

A polêmica, no entanto, não foi suficiente para abalar o prestígio de Collins na comunidade científica ou afastá-lo das salas de aula e dos centros de pesquisa. Pelo contrário. No ano passado, ele foi nomeado por Barack Obama para dirigir os Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos, aos quais está diretamente ligado o Instituto Nacional de Pesquisa do Genoma Humano, que ele liderou ente 1993 e 2008.

Como o prestígio do cargo no âmbito da ciência o coloca mais ou menos na mesma posição ocupada por Obama entre os chefes de estado do planeta, há quem diga que a crença religiosa do cientista o coloca em uma situação delicada, levando-se em conta que Collins tem sob sua responsabilidade controlar um orçamento de mais de 30 bilhões de dólares destinados exclusivamente a pesquisas biomédicas e de saúde.

Fonte: Pavablog

Arthur, a história de um milagre!

Este é um fato real de um lindo garotinho chamado Arthur

Conheça a emocionante história de uma criança que depois de uma delicada cirurgia, foi descoberto que tinha câncer no fígado.

Nesse vídeo conta sua história e o MILAGRE de sua cura.


Com informações do: You tube



Postado por Aldo Santos Em o Guarda de Israel

28 de junho de 2010

Goleiro Bruno é afastado de atividades do Flamengo



Goleiro Bruno é afastado de atividades do Flamengo

RIO - A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, disse que o goleiro Bruno está afastado provisioriamente das atividades do clube. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira, em entrevista coletiva. O goleiro, que é suspeito de ser o responsável pelo desaparecimento da mãe de um suposto filho dele, não viajará com o time nesta terça para São Paulo. Bruno esteve hoje na Gávea, mas não treinou. A pessoas próximas, ele disse que está tranquilo e que ainda vai rir muito desse fato.

Ele é suspeito de ter assassinado a estudante Eliza Silva Samudio, de 25 anos. A jovem está desaparecida há 20 dias e pode estar morta. Investigações da Delegacia de Homicídios de Contagem apontam que ela teria sido espancada pelo jogador e outras duas pessoas. A DHC recebeu uma denúncia, anônima, de que o corpo da jovem teria sido jogado do lado de fora do Condomínio Residencial Turmalina, onde o atleta tem uma propriedade.

Neste domingo, policiais estiveram na cidade mineira de

Contagem. Sem mandado da Justiça, eles não conseguiram entrar
na propriedade do goleiro. A polícia espera conseguir agora
um pedido para vasculhar o sítio dele.


Fonte:

27 de junho de 2010

Advogado diz que Bruno está à disposição para esclarecer suspeitas



Advogado diz que Bruno está à disposição para esclarecer suspeitas

Bruno vive situação complicada fora de campo. O goleiro do Flamengo será investigado pelo desaparecimento de sua ex-namorada, Eliza Samudio, com quem teria um filho de quatro meses. De acordo com Michel Assef Filho, advogado do clube rubro-negro e também do atleta, Bruno está à disposição para prestar esclarecimentos. Quem está à frente do caso é a delegada Alessandra Wilke, da Delegacia de Homícídios de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Ela acredita, inclusive, que Eliza esteja morta.

“Ele (Bruno) está à disposição da Polícia. Ontem nós falamos com a delegada exatamente isso. Quando quiser, não precisa nem mandar intimação. Se quiser, entra em contato, marca o dia, que eu estarei com o Bruno lá. Então o Bruno não tem porque fugir disso. O Flamengo também liberou. O dia que ele tiver que ir a Contagem, ele pode ir, sem problema algum. Quando o Bruno tiver conhecimento oficial do que ele está sendo acusado, do que ele pode ser acusado, ele vai depor e vai esclarecer os fatos”, explicou Michel Assef.

O advogado lembrou ainda que não há provas de que Bruno seja pai do filho de Eliza. Além disso, frisou que o jogador chegou a um acordo com a ex-namorada há poucos dias.

“Depois que o menino nasceu, o suposto filho do Bruno, a Eliza promoveu uma ação de investigação de paternidade. Eles celebraram um acordo há pouco tempo, tem dias isso. Então por isso que não está fazendo sentindo para mim uma acusação contra o Bruno de que ele seria o responsável por esse desaparecimento. Eles fizeram um acordo, eles estavam bem, não estava havendo problema algum”, disse, complementando.

“Ele (Bruno) vai cumprir a vida dele profissional. Como ele está pessoalmente, eu não sei te dizer, mas profissionalmente ele vai continuar cumprindo seus compromissos. Ele vai acompanhar o Flamengo na viagem (a Itu, local da intertamporada), e não tem que mudar nada. Quando for intimado, ele vai comparecer à delegacia em Contagem, depois retornar a Itu", disse Michel, à Rádio Itatiaia.

Eliza Samúdio está desaparecida desde o dia 4 de junho. Informações de amigos dão conta de que ela viajou do Rio de Janeiro para Minas Gerais, onde encontraria com Bruno no sítio do goleiro, na região de Esmeraldas.

A investigação foi iniciada na quinta-feira, quando a polícia de contagem recebeu uma denúncia de que Eliza havia sido espancada no sítio de Bruno. O atleta foi acusado ainda de ter queimado as roupas da suposta vítima.
Fonte ESP Brasil Notícias

Bruno Acusado de Desaparecimento de sua ex amante!

Caso Bruno já alcança repercussão internacional



A repercussão das investigações sobre o desaparecimento da ex-amante do goleiro Bruno do Flamengo, Eliza Samúdio, de 25 anos, já chegou na imprensa internacional. O site português Mais Futebol informa: “Jogador do Flamengo investigado pelo desaparecimento de estudante”. O site relembra a queixa por agressão prestada na Delegacia da Mulher, por Eliza, em outubro do ano passado e conta que a estudante,
com quem Bruno teria um filho de 4 meses, está sumida há três semanas. Também houve repercussão do caso em sites norte-americanos, em espanhol. “Arquero de Flamengo investigado en muerte de estudiante” no El Nuevo Herald e no Denver Post.

Até mesmo na China a notícia já está sendo divulgada. No site de notícia Xinhua.net, que chega a citar o nome da delegada responsável pelo caso, Alessandra Wilke, a manchete classifica o jogador como uma das estrelas do time. “Flamengo star goalkeeper Bruno was being investigated over the loss of his ex-girl-
friend.” (Goleiro Bruno, estrela do time, estava sendo investigado pelo desaparecimento da ex-namorada).
Em um outro site chinês, o www.english.people.com.cn é possível ouvir a notícia em inglês. O texto termina com a informação de que o jogador vai ser chamado para prestar depoimento.
Fonte: Extra Online


Pai de Eliza Silva Samudio, amante de Bruno, acredita que goleiro do Flamengo mandou matá-la.

Anne Faraco, advogada de Eliza Silva Samudio, ex-namorada do goleiro Bruno que está desaparecida desde o início do mês, desembarcou agora há pouco no Aerporto de Confins, em Belo Horizonte. Como é especialista em vara de família, ela está sendo acompanhada por Jader Marques, advogado criminalista que dá assistência no caso.

Na Delegacia de Homicídios de Contagem, a expectativa é pela chegada de Faraco e Marques, que também vão à Justiça pedir autorização para que Luiz Carlos Samudio, de 45 anos, pai de Eliza, fique com Bruninho, filho da mulher com o jogador. O bebê de apenas quatro meses, que foi encontrado em uma comunidade carente da região, está na Associação Beneficente Efatá, no bairro de Petrolândia, em Contagem. Pai de Eliza acredita que goleiro do Flamengo mandou matá-la.

Carro de Bruno é apreendido em Contagem
O goleiro Bruno terá mais um fato para explicar à polícia, além das suspeitas de espancamento e envolvimento no sumiço da ex-namorada Eliza Silva Samudio, de 25 anos, com quem tem um filho de quatro meses. No último dia 8, a picape importada Land Rover, com placa do Rio de Janeiro, em nome de Bruno Fernandes das Dores de Souza, foi apreendida na rodovia MG-808, em um local próximo à propriedade do jogador do Flamengo.

Divisão de Homicídios de Contagem investiga o caso envolvendo o goleiro Bruno / Foto de Fernando TorresDe acordo com a delegada Alessandra Wilke, da Divisão de Crimes Contra a Vida - Homicídios de Contagem, Bruno esteve na Casa de Campo Família Souza, seu sítio na região, entre os dias 6 e 10 de junho, período em que sua picape foi apreendida e Eliza Samudio desapareceu.

No veículo, que segundo policiais militares está em um pátio do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), em Contagem, estavam quatro homens que seriam amigos de Bruno e estariam na cidade mineira apenas para trazer a Land Rover do Rio, a pedido do goleiro. A picape foi retida porque tinha cinco impedimentos, sendo quatro multas por excesso de velocidade - duas no mês de junho - e documentação irregular em função do IPVA atrasado.

Rachão na ficha
Em 2005, enquanto jogava pelo Atlético-MG, Bruno respondeu a processo na Justiça por dirigir um carro na disputa de um rachão, no dia 13 de setembro, em Ribeirão das Neves, a 20 km de Belo Horizonte. Ele foi condenado a pagar 30 cestas básica por direção perigosa.

Obs da Rô
Sempre achei Bruno desequilibrado dentro de Campo, mas acho que era na sua vida fora de campo também. Isso é lamentável!



Fonte: Jornal EXTRA

V - Visitors 1ª Temporada - Legendado RMVB HDTV



Sinopse: Alienígenas bonitos e idênticos aos humanos chegam à Terra cheios de boas intenções, alardeando a paz e a colaboração entre as espécies. Na verdade, eles são répteis humanóides carnívoros e pretendem tomar o controle do planeta com manipulação da mídia e golpes políticos. Felizmente, um grupo de terráqueos descobre o plano e inicia ações de resistência. Infiltrados no mundo como humanos causando guerras desnecessárias, desastres econômicos e deformando Religiões que são levadas pelo extremismo, tornando o mundo no caos que é atualmente.

Chegando como Salvadores do mundo usando a Imprensa manipulando a população, trocando suas tecnologia entre os países, e pedem para ficar na Terra para ajudar, dizendo que em seu planeta todos são unidos e que são pacíficos sempre unindo a todos, me chama atenção quando o reporter pergunta o que vocês tem a dizer aos protestantes? e ela diz: Aceitar mudanças é algo muito difícil, mas é para o bem de todos, sendo assim eles conseguem a devoção dos humanos, transferindo para eles a Salvação de todos, tirando o foco de Deus. E o mais legal é que a atriz é brasileira. Se chama Anna Baccarin, e da um show de interpretação!!

Muito legal! por isso eu Recomendo!

Ídioma: Inglês
Legenda: Português (embutida)

1ª Temporada (RMVB Legendado):

26 de junho de 2010

Filme Evangélico estrelado por Kaká tem Estréia Mundial neste Domingo!


O meia Kaká irá promover neste domingo, na cidade de Johannesburgo, na África do Sul, a estreia mundial de um vídeo religioso estrelado e produzido por ele mesmo, chamado "Kaká - Este é o ritmo do meu jogo", no qual o camisa 10 da Seleção Brasileira declara a sua fé e diz que "todos têm a necessidade de uma liderança, de condução, de saber para onde ir".

Um trailer do filme foi distribuído nesta sexta. "Eu creio que Deus tem um propósito pra vida de cada um de nós. E acredito que o meu é pelo esporte, pelo futebol, levar o nome de Jesus Cristo", diz o jogador na capa do DVD.




Fonte: Terra / e o Guarda de Israel

Obs: quem Acredita em Deus tem direção!

25 de junho de 2010

Quero vê provar que Deus não existe!



Por Clóvis Cabalau

Esta eu pesquei na Super Interessante deste mês e é para deixar o famoso ateísta e cientista Richar Dawkins de cara amarrada. A revista diz mais ou menos assim: “Se por um lado, para alguns cientistas é impossível admitir que certas coisas acontecem por causa de Deus, por outro, é impossível para a ciência provar que Deus não existe”.

Essa afirmação - que é pura ciência - é uma espécie de tiro no pé dos cientistas que ainda não se convenceram de que uma realidade cósmica tão bem planejada [isso mesmo, planejada] não pode ser obra do acaso, ou do caos, de uma explosão como o Big Bang. Consideremos o “grande boommm”: seria muita ingenuidade achar que a disposição perfeita dos planetas e galáxias [pelo menos como conhecemos hoje] e ainda as condições perfeitas da Terra para a existência de vida tenham sido obra do caos. Francamente, é difícil de engolir essa. Muito mais difícil do que acreditar que existe um Criador superior, que, por misericórdia [ou por amor, prefiro eu], nos deu, inclusive, a capacidade pensante de duvidar Dele.

A “culpa” pela incapacidade da ciência de provar a existência é de Galileu Galieli, autor do “método científico”, adotado pelos pesquisadores. A lógica é a seguinte: em vez de simplesmente especular sobre as coisas, Galilei criou um método mais rigoroso. São quatro etapas e só passando por elas é possível se chegar a uma conclusão irrefutável. As etapas são: Observação [Olhe e perceba algo notável]; Pergunta [O que é?, por exemplo]; Hipótese [busque uma provável resposta]; Experiência [faça um teste em circunstâncias controladas para confirmar ou negar a hipótese]. E agora José? Quero ver um cientista provar que Deus não existe? Cadê a prova da sua não existência? Onde procurá-la? E mais: como seria possível criar um teste para medir a existência de Deus?

O problema para os pesquisadores, frisa a Super, “é que a ciência, ao contrário da igreja, não prova as coisas pela negativa [só explicando: um milagre é reconhecido pelo Vaticano quando a ciência NÃO consegue explicar o fato]. Para a ciência, a inexistência de provas não é uma prova de inexistência. Ainda segundo a Super, “a única coisa que a ciência pode fazer é afastar Deus do nosso dia a dia, explicando o Universo e todas as coisas de forma lógica e racional em vez de atribuí-las a fenômenos sobrenaturais. Mas daí a dizer que Deus não existe, vai uma enorme distância. E se Richard Dawkins não gostar, sempre pode tirar as calças e pisar em cima”.


***
Postou Clóvis Cabalau, tirando uma casquinha do Dawkins, no Púlpito Cristão
Related Posts with thumbnails for bloggerblogger widgets
Fonte Pulpito Cristão

Você acredita na existência do Inferno??

A pintura no Santuário de Notre-Dame-des Fontaines, La Brigue chamado Juízo Final ": as almas condenadas".


Bom muito perguntam porque Deus nos mandaria para o Inferno? Como que um Deus de amor pode mandar pessoas para serem queimadas no fogo do inferno, isto não é coisa

de um Deus sádico?

Mais uma pergunta: será que somos bons? e se fossemos bons, será que alguém precisaria morrer por nós?


Todo homem seja culpado diante de Deus. Deus sempre vai ser justo, esta em sua natureza, não tem como Deus ser injusto.
O fato de Deus mandar pessoas para o fogo do inferno, faz dele injusto?? e só quando ele salva, isto também faz dele justo??

Ranger de Dentes.
Falar sobre este assunto tem se tornado um desafio nestes últimos dias.
• Primeiro, por causa das aspirações antropocêntricas e materialistas de nossa época. Normalmente as pessoas querem ouvir a respeito daquilo que elas podem tirar de Deus afim de acumularem mais tesouros aqui na terra, segundo, porque não é uma doutrina que quando pregada arranque glória e aleluia da platéia.
• Terceiro, porque ela fala sobre coisas que muitas pessoas não gostam e nem querem ouvir.
• Por causa das idéias erradas existentes. (negação, mudança de esfera, os destinatários)
• Porque falar sobre isto, macula ou é contrário a idéia do Deus super amoroso dos homens e da igreja de nossos dias.

Apesar de tudo isto, temos que falar e pregar sobre isto porque é um ensino contido nas Escrituras. Quem mais falou sobre isto no NT foi Jesus, e, como Paulo, devemos pregar todo o desígnio de Deus.

São 58 citações diretas ao inferno feitas em toda a Bíblia; 14 feitas pelo próprio Jesus. Algumas bastantes sérias, como:

Mt.5:29 Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no [inferno].

Mt.10:28 E não temais os que matam o corpo, e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no [inferno] tanto a alma como o corpo.

Mt.18:9 E, se teu olho te fizer tropeçar, arranca-o, e lança-o de ti; melhor te é entrar na vida com um só olho, do que tendo dois olhos, ser lançado no [inferno] de fogo.

Mt.23:33 Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do [inferno]?

Mc.9:43 E, se tua mão te escandalizar, corta-a: Melhor é para ti entrares na vida aleijado do que, tendo as duas mãos, ires para o inferno, onde o fogo nunca se apaga; 44 Onde o bicho não morre, e o fogo nunca se apaga.

No livro de Teologia Sistemática, de Louis Berkhof, pag. 686 diz o seguinte a respeito de quem partir dessa vida para o estado intermediário sem Cristo:
" ... Os ímpios, após a morte, são lançados no inferno, onde ficarão, em tormentos e em trevas espessas, reservadas para o grande juízo do dia final. ... Além desses dois lugares (céu e inferno) destinado as almas separadas de seus respectivos corpos, as Escrituras não reconhecem nenhum outro lugar." ( Confissão de fé de Westminster)

Também é dito: " De modo semelhante, cremos que os incrédulos são precipitados no inferno, do qual não há retorno aberto para os ímpios, por coisa alguma que os que vivem façam." (Conf. Helvética)

Em Lucas 16, na parábola do rico e Lázaro, o inferno é apresentado da seguinte maneira:
1. O lugar de tormento; v.23,24,25 e 28
2. Essa condição é descrita como para sempre; v.26;
3. Que está lá, está cônscio de sua situação miserável; v. 24;
4. É um lugar onde se sente dor;v.24;
5. É um lugar onde tem fogo;v.24;
6. Quem está lá deseja que ninguém mais possa ir; v.27,28 e 29
7. Quem morrer sem Cristo irá imediatamente para lá; v.22;
8. O único meio de se livrar deste horrível fim é crendo na mensagem da Palavra de Deus - No Evangelho. V.31;

Ainda é dito:
1. O inferno é um lugar criado para os espíritos réprobos, tanto dos anjos como dos homens.

2. O inferno é um lugar cujos habitantes foram soberanamente e incondicionalmente criados por Deus para condenação.

3. O inferno é um lugar no qual Deus exige castigos não-redentivos, mas vindicativos, dos seus habitantes.

4. O inferno é um lugar no qual Deus ativamente causa tormento eterno, consciente e extremo nos seus habitantEs.

5. O inferno é um lugar no qual Deus demonstra Sua justiça, retidão, ira e poder, e através do qual Ele glorifica a Si mesmo.

6. O inferno é um lugar que Deus soberanamente criou, e tudo o que Deus faz é certo e bom por definição; portanto, é certo e bom que Deus tenha criado o inferno.

7. O inferno é um lugar que Deus soberanamente criou, e através do qual Ele glorifica a Si mesmo; portanto, é pecaminoso desaprovar ou ter repulsa por sua existência ou propósito, de qualquer jeito.

8. O inferno é um lugar que Deus soberanamente criou, e através do qual Ele glorifica a Si mesmo; portanto, é certo e bom oferecer louvor reverente e exuberante e ação de graças à Deus por sua criação, existência e propósito.

9. O inferno é um lugar sobre o qual Deus adverte na Escritura, e sobre o qual Cristo pregou em Seu ministério na terra; portanto, é certo e bom para os crentes pregar sobre o inferno, e pregar sobre a única forma de evitá-lo, que é a fé em Jesus Cristo, soberanamente concedida por Deus àqueles que Ele escolheu para salvação.

10. O inferno é um lugar que Deus predestinou para os réprobos; portanto, embora seja certo e bom pregar indiscriminadamente o evangelho a todos os homens, para chamar os eleitos e endurecer os réprobos, é errado e pecaminoso pregar como se Deus desejasse sinceramente a salvação dos réprobos, ou como se fosse possível para os réprobos receberem a fé e serem salvos.

Os escolhidos para o inferno, qualquer condição que pareça correlacionar com a reprovação de Deus de um indivíduo, foi, em primeiro lugar, soberanamente decretada por Deus para ser parte deste indívuduo. Uma pessoa é escolhida para o inferno não por (ou sobre qualquer condição determinada por) seu próprio “livre”-arbítrio (que não existe de forma alguma), mas pela vontade soberana de Deus, que também soberanamente decretou e ativamente forneceu todas as condições que o próprio Deus considera apropriadas e necessárias, tais como o pecado e a incredulidade.

24 de junho de 2010

Eternidade e Tempo




Eternidade e Tempo

por W. E. Best

O tempo é uma presença transitória em contraste com a eternidade que é uma presença permanente. Visto que o tempo presentemente coexiste com a eternidade, o homem, que é uma criatura do tempo, tem dificuldade em diferenciá-los. Os puritanos falavam da eternidade como uma “eterna duração”. Duração, contudo, pode ser medida; mas a eternidade é imensurável. O dicionário defina “duração” como continuação no tempo ou o comprimento de tempo durante o qual algo continua ou existe. A eternidade não pode ser explicada pelo uso de um termo que fala “do comprimento de tempo”. Ela não pode ser medida por um termo mensurável. Se a eternidade fosse composta do que os puritanos chamavam de “a extensão da duração”, ela seria composta de uma sucessão sem fim de unidades mensuráveis de tempo. Assim, a eternidade estaria gradualmente acabando no tempo. Contudo, a eternidade não pode ser nem diminuída, nem alongada.

O conceito de Martinho Lutero de eternidade era “a coisa completa ao mesmo tempo”. Agostinho tinha mostrado que não podia existir cem anos presentes. Sua ilustração era que se o primeiro daqueles anos está acontecendo agora, ele é presente, mas os noventa e nove anos futuros ainda não existem. Ele concluiu que se o segundo ano está acontecendo, o primeiro se foi, o outro é presente, e o resto são futuros; portanto, não pode haver cem anos presentes. Quando alguém considera a veracidade desta declaração, ele pode substituir por mês, dia, hora, minuto e segundo, e a conclusão é que o presente não tem comprimento de forma alguma. Além do mais, alguém não pode falar de passado ou futuro como tendo alguma realidade. Somente o presente tem realidade, e a eternidade pode ser expressa como “o imensurável presente”.

Quando Deus fala de Sua eternidade, Ele diz, “EU SOU” (Êxodo 3:14). Se ele tivesse dito, “EU ERA”, o significado seria que Ele foi e agora já não é mais. Além do mais, se Ele tivesse dito, “EU SEREI”, o significado seria que Ele ainda não é o que Ele será. Einstein brigou com o problema de que não pode haver uma medida de tempo, porque ele não fica parado o suficiente para que se possa medi-lo. Por conseguinte, a conclusão é que a eternidade não é tempo, como um arco-íris, desaparecendo na eternidade em ambos os lados. A eternidade não corre à partir do passado, ou uma certa quantia já teria sido gasta. Portanto, a eternidade é o permanente e imensurável presente.

Há uma diferença entre a sucessão de eventos no tempo e a intensidade de experiência na eternidade. A intensidade da experiência substituirá a extensidade quando o tempo cessar de existir. A palavra “extensidade” significa a qualidade de se ter extensão. Psicologicamente, ela é a atitude ou sensação pela qual a extensão espacial (pertencente ao espaço que também envolve tempo) é percebida. A palavra “intensidade” refere-se à qualidade ou condição de ser intenso. A qualidade essencial da eternidade é intensidade e não extensidade. Por exemplo, pensar no comprimento como a essência da vida eterna é supor que a realidade dela pode ser medida por até quando ela dura. Nós somos tão conscientes de nossa mortalidade que tendemos a enfatizar o aspecto quantitativo de nossa vida em Cristo, com sua garantia de vitória sobre a morte. Contudo, o aspecto quantitativo de nossa vida em Cristo é imensamente insignificante. Tal vida não é projetada pela eloqüência persuasiva que produz um mero assentimento mental para um período de tempo (veja João 10).

A diferença entre extensidade e intensidade pode ser ilustrada mostrando-se a diferença entre vida na prisão e punição capital. A intensidade da punição capital excede a extensidade da vida na prisão. A vida na prisão é mensurável, mas a punição capital é imensurável. Aplique esta mesma distinção à morte de Jesus Cristo. A extensidade de Seu sofrimento humano sobre a cruz durou três horas, mas a intensidade do sofrimento da Pessoa infinita compensou pela eternidade do castigo que Ele suportou.

O homem sempre está buscando um entendimento melhor da eternidade e uma maneira mais concisa de expressar sua crença em tal assunto infinito. Vários modos de ilustrar a eternidade têm sido sugeridos, mas muitos deles são extremamente inadequados.

Há alguns que dizem que a duração da existência Divina é desde a eternidade, de acordo com o nosso modo finito de entender a eternidade. Eles declaram que a duração Divina deve ser considerada como completamente permanente e o “agora” sempre presente, e que ela é impossível de ser divida em partes, assim como o é a própria existência Divina. Eles concluem que, como o presente “EU SOU” da existência divina enche, ao mesmo tempo, os céus e a terra, o presente “agora” da Divina duração compreende, ao mesmo tempo, todo o tempo e eternidade. A duração, contudo, é mensurável.

Alguns têm procurado ilustrar a eternidade com um círculo porque sua circunferência permanece imutável. Alguém pode andar ao redor do círculo de maneira interminável, porque não há fim. Mas, o que dizer sobre a repetição do círculo mensurável?

Há outros que dizem que a eternidade e o tempo não são duas linhas, das quais a menor corre paralelamente por um instante com a outra, que se estende infinitamente. Mas a eternidade é o centro imutável cujos raios abrangem o contorno completo do tempo.

Alguns crêem que a eternidade é infinita em sua relação com o tempo. Eles dizem que o passado, presente e futuro são “um eterno agora” para Deus. Não há sucessão lógica ou cronológica nos pensamentos de Deus. O tempo é uma duração mensurável de sucessões. Uma duração sem sucessão ainda seria duração, embora agora fosse imensurável. Por conseguinte, a eternidade é a duração sem princípio, a existência sem limites ou dimensão, o presente sem o passado ou futuro, a infância sem a juventude ou velhice, e o hoje sem o ontem ou o amanhã.

A eternidade e o tempo diferem. O tempo é uma duração mensurável, mas a eternidade não é uma duração que é imensurável. Um estudo do significado bíblico de eternidade revelará que duração nunca deve ser usada em sua descrição. Quando alguém estuda o assunto da vida eterna, ele aprende que o termo é usado qualitativamente e não quantitativamente. O termo “eterno” carrega mais a idéia de intensidade ou profundidade do que de extensidade de comprimento. A melhor forma de declarar isto é que o tempo é a presença transitória e a eternidade é a presença permanente. O adjetivo “transitório” significa não-contínuo, não-duradouro, não-permanente ou não-eterno. Por outro lado, o adjetivo “permanente” significa continuar sem mudança ou fim.

A eternidade não pode ser confundida com o tempo, embora ambos coexistam presentemente. O tempo tem tanto princípio como fim. Mas a eternidade não tem nenhum dos dois. O tempo se move do futuro, através do presente para o passado, mas a eternidade é constante. Quando o futuro depósito de tempo tiver passado através do presente, nada será deixado para correr através do “agora”. O tempo do tempo terá esgotado. Assim, nada será deixado senão a eterna constância.

Como a eternidade de Deus deve ser vista à partir da perspectiva de qualidade (altura e profundidade) e não de quantidade (duração que é imensurável), a vida dada por Deus aos eleitos deve ser vista à partir da mesma perspectiva. Embora os eleitos de Deus sejam criaturas do tempo, eles possuem ou possuirão vida em corpos mortais. Cristo disse, “...Eu vim para que possam ter vida, e para que a possam ter mais abundantemente” (João 10:10). Dizer que a nova vida começa com o novo nascimento pode parecer uma observação banal. Mas é pior do que superficialidade. É uma meia-verdade. Esta vida vem de Deus, e é eterna. Estritamente de um ponto de vista humano, esta vida se estende tanto para o passado (2 Timóteo 1:9) como para o futuro (João 6:51). Os eleitos a quem foram dados a graça em Cristo antes do mundo começar, viverão para sempre.

O propósito eterno de Deus não pode ser considerado como uma pré-ordenação sem vida. As idéias deístas podem se levantar somente de uma concentração má equilibrada e não saudável sobre o aspecto da visão do homem da eternidade. O eterno decreto de Deus deve ser considerado como vivo e relevante tanto hoje e amanhã como o foi ontem, porque Deus habita a eternidade. Se Deus não fosse eterno, não haveria um pacto da graça eterno (Hebreus 13:20,21). Este pacto é unilateral. Somente o Deus eterno o fez e o mantém. Se a eternidade de Deus pudesse ser medida, Ele não seria imenso, imutável e perfeito (2 Pedro 3:8).

A vida eterna obtida pela graça é a maior de todas - qualitativamente e quantitativamente. A qualidade desta vida lhe dá quantidade. Embora o crente esteja neste mundo do tempo, pela graça ele não é deste mundo do tempo. Sua riqueza não é uma duração inexaurível, mas a vida eterna, que é sem fim. Quando o cristão passa do tempo para eternidade, a extensidade de sua experiência é substituída pela intensidade.


--------------------------------------------------------------------------------

Traduzido por: Felipe Sabino de Araújo Neto
Cuiabá-MT, 21 de Julho de 2004.

23 de junho de 2010

O Nó do amor!!



Postado por Helena Damasceno.

O Nó do amor!!

Numa reunião de pais numa escola da periferia, a directora ressaltava o apoio que os pais devem dar aos filhos e pedia-lhes que se fizessem presentes o máximo tempo possível... Considerava que, embora a maioria dos pais e mães daquela comunidade trabalhassem fora, deveriam achar um tempo para se dedicar e entender as crianças.
Mas a directora ficou muito surpreendida quando um pai se levantou e explicou, com seu jeito humilde, que ele não tinha tempo de falar com o filho, nem de vê-lo, durante a semana, porque quando ele saía para trabalhar era muito cedo e o filho ainda estava a dormir... Quando voltava do trabalho já era muito tarde e o garoto já não estava acordado.
Explicou, ainda, que tinha de trabalhar assim para prover o sustento da família, mas também contou que isso o deixava angustiado por não ter tempo para o filho e que tentava redimir-se todas as noites quando chegava a casa. E, para que o filho soubesse da sua presença, ele dava um nó na ponta do lençol que o cobria. Isso acontecia religiosamente todas as noites quando ia beijá-lo. Quando o filho acordava e via o nó, sabia, através dele, que o pai tinha estado ali e o havia beijado. O nó era o meio de comunicação entre eles.
A directora emocionou-se com aquela singela história e ficou surpresa quando constatou que o filho desse pai era um dos melhores alunos da escola.
O facto faz-nos reflectir sobre as muitas maneiras das pessoas se fazerem presentes, de se comunicarem com os outros. Aquele pai encontrou a sua, que era simples mas eficiente. E o mais importante é que o filho percebia, através do nó afectivo, o que o pai lhe estava a dizer.
Por vezes, importamo-nos tanto com a forma de dizer as coisas e esquecemos o principal, que é a comunicação através do sentimento. Simples gestos como um beijo e um nó na ponta do lençol, valiam, para aquele filho, muito mais do que presentes ou desculpas vazias.
É válido que nos preocupemos com as pessoas, mas é importante que elas saibam, que elas sintam isso. Para que haja a comunicação é preciso que as pessoas "ouçam" a Linguagem do nosso coração, pois, em matéria de afecto, os sentimentos sempre falam mais alto que as palavras.
É por essa razão que um beijo, revestido do mais puro afecto, cura a dor de cabeça, o arranhão no joelho, o medo do escuro. As pessoas podem não entender o significado de muitas palavras, mas SABEM registar um gesto de amor. Mesmo que esse gesto seja apenas um nó num lençol...

Fonte:

Aline Barros e Fernanda Brum no Domingão do Faustão

Aline Barros e Fernanda Brum no Domingão do Faustão

Um marco para a música gospel brasileira: Fernanda Brum e Aline Barros, cantoras exclusivas MK Music, estarão no Domingão do Faustão da TV Globo, neste domingo (27), a partir das 18h.


Isso mesmo! Pela primeira vez na história da atração, a música gospel terá espaço e com banda ao vivo. O Domingão do Faustão é um dos programas de auditório de maior importância da televisão brasileira.

Fernanda Brum e Aline Barros vão louvar, celebrar e honrar o nome de Jesus Cristo representando a música gospel nacional e mostrando a força do segmento que mais cresce no país. Para a apresentação de domingo está sendo preparado um repertório especial, claro. Mas, que ainda é surpresa. O importante é que mais uma porta é aberta por Deus para divulgar a Sua mensagem.

"Estamos preparando um tempo de comunhão, alegria e júbilo, com canções cheias da graça de Deus", adianta a pastora Fernanda Brum. Para a pastora Aline Barros, está é "mais uma oportunidade de levar o amor de Deus a milhares de pessoas". E, certamente, será um momento especial e inesquecível.

Esse convite duplo também tem um significado diferente para as cantoras. Quem não se lembra, ambas fizeram parte da mesma igreja, Comunidade Evangélica da Vila da Penha (RJ), onde começaram seus ministérios. "Este é um momento muito bom, de afirmação, de alegria, pela história que nós temos uma com a outra", conta Fernanda. Alegria, aliás, para todo Povo de Deus, que será representado por Aline Barros e Fernanda Brum na TV Globo.

Então, temos encontro marcado: Domingo (27/06), 18h, Domingão do Faustão com Aline Barros e Fernanda Brum.

Fonte: O Galileo

22 de junho de 2010

O que é Igreja?


Uma pergunta foi feita a 20 pessoas de pós - moderno
O que você pensa sobre a Igreja ??



Igreja pra mim hoje é a reunião de pecadores, mais graças a Deus regenerados pela graça de Deus.
um povo...
uma só fé...
um só amor...
um só espírito...
um UNICO DEUS
Mais acredito mesmo que Igreja não é algo físico (parede, tijolos, grupo de louvor, pastor), não é algo visível. Existe uma Igreja invisível, Igreja essa que nem eu e nem vocês vemos, mais só Deus vê e dessa sim eu quero fazer parte.
Deus nos abençoe! Paz!

E você o que acha que é Igreja?

Kaká entra em conflito com jornalista por questões religiosas


Kaká dispara contra jornalista ateu que critica a sua fé em Jesus

O jogador Kaká deu um recado direto ao jornalista Juca Kfouri que, insistentemente, critíca a sua fé em Jesus Cristo. Meia reclama ainda de excesso de vontade da Costa do Marfim e diz que jogadores do Brasil não temem confronto contra rivais mais violento.
Kaká dispara contra jornalista ateu que critica a sua fé em JesusKaká ataca Juca Kfouri e pede: "respeite a mim e a milhões de brasileiros que acreditam em Jesus!". Um novo confronto entre a seleção brasileira e jornalistas vem à tona. Depois de uma pergunta do jornalista André Kfouri, na coletiva de hoje em Joanesburgo, Kaká se dirigiu diretamente a ele e disparou: "repetidamente em seu blog, os canhões do teu pai têm me atingido. O motivo pelo qual Juca me ataca não é profissional, ele já deixou claro muitas vezes que me ataca porque eu defendo publicamente a minha fé em Jesus. Mas da mesma forma que eu respeito ele como ateu, gostaria que ele respeitasse a mim e a milhões de brasileiros que crêem em Jesus Cristo".
Kaká ainda não digeriu sua expulsão na partida contra a Costa do Marfim. Fora do jogo contra Portugal na próxima sexta-feira, em Durban, ele já avisou, porém, que não vai fugir do confronto diante de rivais que abusam dos lances ríspidos.

- Apesar desse grupo ser tranquilo, ninguém tem sangue de barata. Vocês puderam ver o que aconteceu em campo e porque tivemos esse tipo de atitude. A seleção não foi desonesta ou desrepeitou o adversário sem a bola. Não tivemos nenhum tipo de problema e vocês nunca viram a seleção ser violenta. Mas vocês nunca vão ver a seleção retroceder em um confronto mais físico, de divividas - avisou o jogador.

Kaká teve que deixar o campo por levar o segundo amarelo ao deixar o braço na direção de Keita. O marfinense forçou o choque, foi atingido no peito e simulou ter recebido um golpe no rosto. Para ele, o lance que causou a sua saída ocorre em várias partidas do futebol mundial, e o árbitro francês Stephane Lannoy acreditou na simulação do rival.

- Não aconteceu nada demais. Aconteceu uma jogada que acontece em todos os jogos. Se eu tivesse tido uma atitude irresponsável, eu chegaria aqui e pediria desculpas para vocês (jornalistas) e para o grupo. Joguei uma partida normal e que acabou com a minha expulsão.

O apoiador da seleção brasileira admitiu que vai tomar mais cuidado a partir das oitavas de final. Segundo o jogador, a arbitragem da Copa do Mundo tem sido severa com todas as seleções.

- Vou tomar mais cuidado, mas não sei o motivo do primeiro cartão amarelo. Em um momento importante como é a Copa do Mundo, nós temos que evitar esse tipo de coisa. O relatório da Fifa já chegou e o que está escrito é bem simples: segundo cartão amarelo e expulsão. Eles tiveram coerência e não viram maldade no lance - afirmou.

Kaká negou que estivesse nervoso no segundo tempo da partida diante da Costa do Marfim.

- Irritação seria se eu tivesse dado uma porrada em alguém, se tivesse dado um carrinho. Não é uma irritação de quem vai brigar com o adversário. É uma irritação de alguém que quer ganhar a partida de qualquer maneira.

No fim, a estrela da seleção brasileira revelou que a sua avó Vera não poupou a atitude do árbitro. Porém, com muito bom humor, Kaká não contou o teor das críticas.

- Não posso falar o que ela falou do árbitro. Com todo o carinho que ela tem, ela deu umas facadas no árbitro (risos). A minha avó estava superfeliz por eu ter jogado bem.

Fonte

e em

E mulheres Sábais
Obs: da Rô
Além de ser Ateu, ser Ateu burro , ninguém merece rsrssr

André Kfouri filho de Juca que é um cara sem noção!

21 de junho de 2010

Reflexão

"Só dê ouvidos a quem te ama. Outras opiniões, se não fundamentadas no amor, podem representar perigo. Tem gente que vive dando palpite na vida dos outros. O faz porque não é capaz de viver bem a sua própria vida. É especialista em receitas mágicas de felicidade, de realização, mas quando precisa fazer a receita dar certo na sua própria história, fracassa.
Tem gente que gosta de fazer a vida alheia a pauta principal de seus assuntos.
Só dê ouvidos a quem te ama, repito. Cuidado com as acusações de quem não te conhece. Não coloque sua atenção em frases que te acusam injustamente. Há muitos que vão feridos pela vida porque não souberam esquecer os insultos maldosos.
Há mais beleza em construir que destruir.
Repito: só dê ouvidos a quem te ama. Tudo mais é palavra perdida, sem alvo e sem motivo santo. Só mais uma coisa. Não te preocupes tanto com o que acham de ti. Quem geralmente acha não achou nem sabe ver a beleza dos avessos que nem sempre tu revelas. O que te salva não é o que os outros andam achando... mas é o que Deus sabe a teu respeito."

(Pe. Fábio de Melo) Maravilhoso este texto. Adorei!

20 de junho de 2010

Nome pode influenciar no futuro do bebê, diz estudo Nome incomum ou unissex pode trazer problemas para a criança no futuro


Escolher um nome do bebê é uma tarefa difícil para muitos pais e, não é à toa. De acordo com o estudo da Northwestern University, nos Estados Unidos, um nome pode ter um impacto profundo sobre a criança e repercutir muito na idade adulta. Segundo um dos pesquisadores do estudo, David Fiflio, os nomes das pessoas podem influenciar a forma como elas pensam em si mesmas e a forma como as pessoas pensam sobre elas.

Dar a seu filho menino recém-nascido um nome que soe feminino pode significar problemas de comportamento na vida adulta. E os nomes originais e incomuns podem trazer dificuldades também, como mostrou o estudo realizado com 3 mil pais. Um em cada cinco pais lamenta o nome que escolheu para o seu filho. Na pesquisa, os relatos mostravam que muitos deles estavam angustiados sobre os nomes incomuns ou de grafia estranha que tinham escolhido. E mesmo aqueles que não lamentaram explicitamente a escolha do nome, admitiram haver nomes que preferiam ter escolhido. O estudo foi encomendado pelo site britânico Bounty.com, que apresenta a lista dos nomes mais populares da história.

Os resultados da pesquisa mostraram que as crianças que tem nomes que servem tanto para meninas como para meninos são mais propensas a portar-se mal. Além disso, ao acompanhar os alunos de universidade, os pesquisadores descobriram que meninas com nomes mais femininos optam mais por cursos avançados de ciências humanas, já mulheres com nome unissex são mais propícias a escolher cursos de exatas.

A pesquisa mostrou também que há uma forte ligação entre gostar do nome e autoestima. Segundo outra pesquisadora do estudo, Jean Twenge, aqueles com alta autoestima geralmente gostam das letras que estão em seus nomes, especialmente a primeira letra, quando são submetidos a testes psicológicos de análise. Os cientistas disseram ainda que o nome pode ser um reflexo do estilo de vida dos pais. O pai que deseja que o filho se destaque socialmente e dá a sua criança um nome incomum, provavelmente terá um estilo parental que enfatiza a singularidade da criança, por exemplo.

Em geral, os pais acabam por perceber esses aspectos mais tarde. Como mostra o site Bounty, um quinto dos pais participantes do estudo desejavam ter escolhido um nome mais fácil de soletrar e um em cada 10 pensou que o nome escolhido foi inteligente no momento, mas disse que a novidade tinha se desgastado depois.

Como escolher o melhor nome

Na hora de escolher o nome do seu bebê, você pode seguir alguns passos para não errar. Confira algumas dicas:

Consulte o significado: Há quem diga que o nome é como um talismã, capaz de determinar a sorte de quem o carrega. Acreditando ou não, sempre vale investigar o significado do nome antes de escolher, nem que seja para efeito de desempate entre os candidatos;

Rótulos prévios: O nome pode sugerir a origem, o contexto cultural, a época e até o lugar em que a criança nasceu. Davi e Sara são pistas de uma ascendência judaica, por exemplo. Costume antigo, outros nomes lembram o mês em que o bebê nasceu, caso de Júlio (julho) e Augusto (agosto). Reflita sobre as marcas que você quer (ou não) que seu filhote carregue;

Cuidado com homenagens: Os artistas, atletas, líderes políticos e personagens de livros, novelas e filmes são sempre uma fonte de inspiração. Mas é preciso ter bom senso. No futuro, sua filha roqueira pode detestar o nome "Sandy";

Nem sempre é bom inovar: A originalidade é bem-vinda, mas sem exageros. A linha que separa o bonito do esquisito é muito sutil quando se trata de nomes inventados. Pense que o nome precisa sobreviver a décadas. Ou seja, daqui a 50 anos, seu filho vai continuar a carregá-lo, para bem ou mal.

Nome ou apelido: É da nossa cultura diminuir os nomes ou dar apelidos às pessoas. Leve isso em consideração também: um nome muito grande, complicado ou estranho talvez seja pouco usado, porque será mais fácil chamar pelo apelido. Pior quando o nome dá origem a apelidos nada bonitos. Pense em todas as possibilidades!
Fonte:
Obs. E Tomem cuidados com o nome que você vier a da-los, para que seus filhos não se sintam envergonhados para o resto da vida rsrs

19 de junho de 2010

Conversão de Mari Alexandre à igreja evangélica teria sido o motivo do fim do casamento com Fábio Jr.


A conversão de Mari Alexandre à igreja evangélica teria sido o motivo do fim do casamento entre a modelo e o cantor Fábio Jr. Um amigo da família de Mari contou a edição online da Quem nesta sexta-feira (18) que o estopim da crise teria sido quando ela decidiu se batizar na religião.

Quando ela disse que iria se batizar, Fábio falou que o casamento iria acabar. Ela respondeu que não teria problema porque essa era a vontade de Deus, afirmou uma fonte a publicação. "Uma bispa passou a frequentar a casa deles e Mari estava dando muita ajuda financeira à igreja. Acredito que isso possa ter agravado a crise, completou.

De acordo com um amigo da família de Mari, ela teria se convertido há cerca de seis meses e, desde então, "coloca Deus e a igreja em primeiro lugar e fala que a vida está muito mais tranquila".

O fim do casamento foi confirmado à imprensa na quinta-feira (17), por meio de um comunicado enviado pela assessoria do cantor. Ele contou que está morando na casa dos filhos.

Mari Alexandre continua morando na mansão de Fábio em Alphaville (SP) com o filho, Záion, de 1 ano e 3 meses. A mãe da modelo se mudou de Santa Catarina para São Paulo há cerca de um mês, quando o casamento chegou ao fim. Ela foi dar um apoio. Mari vai sair da casa em que está e se mudará para outra, também em Alphaville, afirmou a fonte. Para comprar o novo imóvel, a modelo vendeu seu apartamento de solteira, localizado em um bairro da Zona Norte, na cidade de São Paulo.

Fábio e Mari se casaram em setembro de 2007, em uma discreta cerimônia na casa do cantor. Como o cantor já havia feito vasectomia antes da união, a modelo precisou submeter-se à fertilização in vitro para engravidar.

O casamento com Mari foi o sexto de Fábio. O cantor já havia se casado com Tereza de Paiva (de 1976 a 1979), Glória Pires (de 1979 a 1983), Cristina Karthalian (de 1986 a 1990), Guilhermina Guinle (de 1992 a 1997) e Patrícia de Sabrit (de janeiro a junho de 2001). Além do pequeno Záion, ele é pai de Cleo Pires, Tainá Galvão, Krizia Galvão e Fiuk.

Autor: Por: Redação - Notícias Relacionadas:

fonte http://www.fofoki.com/noticias/conversao-mari-alexandre-igreja-evangelica-teria-sido-motivo-fim-casamento-fabio-jr

Comentário de Marina Silva sobre morte de José Saramago gera confusão no Twitter !


Por André Mascarenhas

A equipe da candidata do PV à Presidência, Marina Silva, teve que se retratar depois de ter retuitado, no perfil da senadora, comentários críticos ao escritor português José Saramago, morto hoje aos 87 anos. Em post publicado no blog da campanha, sob o título “O que Marina disse sobre Saramago”, assessores da candidata verde afirmam ter havido um “equívoco no modo como a Equipe Marina respondeu a mensagens publicadas pelo Twitter sobre a morte do escritor José Saramago”.


A polêmica começou por volta das 9 horas, quando a candidata escreveu “Morre José Saramago. O mundo perde um grande escritor e os países da língua portuguesa, o nosso primeiro prêmio Nobel”. De acordo com a explicação do blog, a mensagem gerou críticas entre seguidores da senadora.

E, para respondê-las, a equipe de Marina resolveu publicá-las no Twitter: “Como podemos lamentar a morte de uma pessoa que blasfemou contra Deus a vida toda?”, escreveu a seguidora Iara Meirelles.

Outro procurou relativizar a notoriedade de Saramago: “Grande escritor é muito subjetivo.Alguém que não RESPEITA a fé alheia não é exatamente um GRANDE escritor”, reagiu o seguidor identificado como @wvmedeiros.

As respostas de Marina foram dadas após cada RT: “@iara_meirelles A vida é um dom dado por Deus para quem crê e para quem não crê. Louvado seja Deus”. E “@wvmedeiros Mas o que aprendemos com Jesus é que temos que amar e respeitar todas as pessoas, mesmo as que não respeitam a nossa fé”.

Embora tenham tentado esclarecer o episódio no próprio Twitter, com o post “Caros, a Marina não está apoiando os comentários de @wvmedeiros e de @iara_meirelles. Ela cita para responder. Leiam tudo”, o estrago já estava feito. “Marina Silva não sabe nem administrar seu Twitter,imagina a presidência de um País?”, escreveu @renobile.

Mesmo a tentativa de corrigir o erro foi criticado pelos usuários da rede social. “A Marina Silva fez besteira no twitter e rapidamente deram uma maquiada. Nada como ter o presidente da Natura como vice”, alfinetou @microcontoscos.

Com uma campanha focada na web, essa é a segunda vez que Marina precisa explicar declarações suas difundidas pela internet. No dia 2 de junho, em entrevista ao portal UOL, a senadora declarou ter opinião “não favorável” ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. “O casamento é uma instituição entre pessoas de sexos diferentes, uma instituição que foi pensada há milhares de anos para essa finalidade”, disse na ocasião.

Tags: Marina Silva, Saramago, twitter

Fonte

18 de junho de 2010

A espera de um Milagre!



Mas uma vez trago a Reflexão de hoje que se encontra no livro de (Marcos 5: 21 a 24)

Tendo Jesus navegado outra vez para a margem oposta, de novo afluiu a ele uma grande multidão. Ele se achava à beira do mar, quando um dos chefes da sinagoga, chamado Jairo, se apresentou e, à sua vista, lançou-se-lhe aos pés, rogando-lhe com insistência: 'Minha filhinha está nas últimas. Vem, impõe-lhe as mãos para que se salve e viva'”.
Jesus está cercado de uma multidão – quando Jairo, chefe da sinagoga –, aproxima-se dele e se prostra diante do Senhor pedindo-Lhe que imponha as mãos sobre sua filha, que estava doente, para que esta fosse curada. Então, Jesus se põe a caminho da casa de Jairo. E, no meio do caminho, Ele encontra uma mulher que sofria de hemorragia havia muitos anos, e mesmo diante de sua situação, ela deixou nascer um propósito em seu coração. "Dizia ela consigo: Se tocar, ainda que seja na orla do seu manto, estarei curada" (vers. 28).
Imagine você, principalmente se for mulher, passar por uma situação como a dela. Para os judeus, a mulher, quando estava menstruada, era considerada impura e o homem nem mesmo poderia tocá-la. Pois, para eles, durante o tempo da impureza, a pessoa estava longe de Deus. Imagine aquela mulher, já por doze anos longe de Deus e sendo considerada impura! Na mentalidade dela e dos demais, ela estava impura e tudo o que tocasse ficaria impuro também.
Ela sabia que não podia tocar Jesus, pois em sua mente se sentia indigna. Contudo, o coração dela a impulsionava a tocar nas vestes do Senhor.
Veja o que acontece: "Jesus percebeu imediatamente que saíra dele uma força e, voltando-se para o povo, perguntou: Quem tocou minhas vestes?" (Vers. 30)
Você entende o drama daquela mulher? Ela pensava que era a causadora desse mal. O que ela faz, então? "Responderam-lhe os seus discípulos: Vês que a multidão te comprime e perguntas: 'Quem me tocou?' E Ele olhava em derredor para ver quem o fizera. Ora, a mulher, atemorizada e trêmula, sabendo o que nela se tinha passado, veio lançar-se-lhe aos pés e contou-lhe toda a verdade" (vers. 31-33).
Provavelmente ela dizia constantemente a si mesma: "A culpada disso sou eu! Eu sou impura, pois há doze anos estou com essa impureza". E como Jesus respondeu ao relato cheio de aflição daquela mulher? Veja qual foi a resposta do Senhor:
"Mas Ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou. Vai em paz e sê curada do teu mal" (vers. 34).
A primeira coisa foi chamá-la de filha, não a chamou de mulher, tampouco a chamou de uma maneira genérica, mas de filha.
O que a levou a tocar no manto de Jesus? Ela não foi levada por sua cabeça, pois se achava impura, nem foi movida pelos sentimentos, visto que se achava indigna e culpada. Ela tocou – na orla das vestes de Jesus – levada por sua fé. E o Senhor declarou: "Filha, tua fé te salvou".
A Palavra de Jesus foi esta: "Filha, a tua fé te salvou, vai em paz e sê curada do teu mal". Cristo quer que saiamos, a partir deste dia, com esta Palavra realizada em nossas vidas. Creia: Jesus vai abençoar você. Ninguém vai escapar das graças de Deus. Aquela mulher se sentia indigna, se sentia assim até mesmo diante de Deus. E se sentia impura e culpada também. As pessoas costumam se sentir indignas e culpadas.
No nosso meio, existe uma multidão de pessoas que se sentem assim. Saiba, estes dois sentimentos fazem muito mal para a alma. Não podemos nos desconectar de Deus. Quando nós nos sentimos indignos diante do Senhor, esse sentimento vai nos desconectando dele, vai nos estragando. E quantas pessoas, por se sentirem assim, foram perdendo a dignidade e achando até que Deus não as ouve mais nem as ama mais. Mas o senhor Jesus não só cura fisicamente, ele cura na alma, nos sentimentos, levanta sua estima. o Senhor está dizendo: "Filho, filha, tua fé te salvou”.
E Neste mesmo instante penso em Jairo, um homem importante um dos chefes da sinagoga, ali esperando que Jesus fosse com ele até sua casa e curasse sua filhinha, estava a caminho com Jesus, mas teve que esperar Jesus curar aquela mulher, e neste mesmo instante chegaram alguns dos principais da Sinagoga e disseram : a Tua filha esta morta. Meu senhor da glória, fico a imaginar, a dor e o sentimento de derrota por estar perto daquele que podia curar sua filha, vendo o realizar milagre na vida de uma mulher e neste espaço de tempo, não deu para socorrer sua filhinha. Mas posso imaginar... Jesus ali vendo a sua dor e disse lhe: Não Temas crê somente. Que palavra tremenda, vindo daquele que tudo pode. Fico emocionada demais quando leio o Evangelho de Jesus, pois vejo como que Deus faz, trabalhando na espera, na confiança, nos testando a todo instante, estou sempre aprendendo muito com Jesus. Muitas vezes queremos que tudo se resolva logo, como se fosse mágica, mas Jesus não é mágico. Ele é Deus. E sempre esta pronto para curar e para nos ensinar. Sempre que Jesus curava alguém ele ensinava, a esperar , a ter paciência e a crê. E é este o nosso Deus maravilhoso e incomparável. Paz seja com todos!

16 de junho de 2010

A Importância da Temperança!!



s.f. Virtude que modera os desejos, as paixões.
Sobriedade no consumo de alimentos e bebidas.


É a qualidade de quem é moderado, de quem tem autocontrole, sendo capaz de dominar seu espírito, seus sentimentos e paixões.

Nos tempos dos profetas do Antigo Testamento, Deus, por vezes, lançava mão de ilustrações históricas vivas para ensinar ao seu povo. Quando quis mostrar ao povo de Israel que requeria obediência a sua palavra, chamou Jeremias para uma tarefa
Inusitada. Jeremias devia procurar os membros de um clã (tribo formada de pessoas de descendência comum), em Israel, chamado de recabita, e fazer um convite que poderia mudar a vida deste povo eis a narrativa bíblica (Jeremias 35.1-5).
O CONVITE RECUSADO
A resposta deles foi de uma fidelidade a toda prova (Jeremias 35.6-11):
Eles, porém, dissera: Não beberemos vinho...
AS LIÇÕES DA RECUSA A UM CONVITE
O tema aqui não é o vinho, nem a escolha por um tipo de comunidade à parte. O tema aqui é a fidelidade aos compromissos assumidos.
Se eu me matriculei na Escola Bíblica, eu estarei na classe sempre para aprender e participar. Mesmo que a praia esteja convidativa ou a televisão tenha algo interessante.
A mensagem dos recabitas, no seu comportamento elogiado por Deus, é clara: não desistamos de nossos compromissos. Pais, não desistam de ensinar.
Jonadabe é um exemplo de pai. Ele deixou uma instrução. Certamente, não falou apenas uma vez, mas ensinou com palavras e com atos de compromisso, e com tal intensidade!, que marcou seus filhos, netos e bisnetos.
Pai e mãe estão sempre na contramão, mas é não contramão que devem andar, mesmo que seja cansativo, se isto é necessário para o bem dos seus filhos.
Ministros, não desistam de servir.
Jonadabe é um exemplo de ministro. Quando Jeú o convocou para purificar Israel dos baalins, Jonadabe participou como testemunha de que o rei era obediente ao Senhor (2Reis 10.15-28.
Não importa qual seja o seu ministério, se evidente ou discreto, faça com todas as suas forças e da melhor maneira possível. Há sempre uma maneira melhor de fazer o que você faz. Por exemplo: Cristãos, não desistam de viver os valores da sua fé.
Você foi alcançado, ao ser arrancado das trevas e posto no palco iluminado da santidade, para viver.. Foi pago um alto preço por este resgate. Não desistamos de ser parceiros de Deus. Deus honra a nossa fidelidade.
A história do encontro de Jeremias com os recabitas termina com uma promessa divina de grande inspiração: Por isso, assim diz o Senhor dos Exércitos, Deus de Israel: 'Jamais faltará a Jonadabe, filho de Recabe, um descendente que me sirva' (Jeremias 35.19). Na linguagem do Novo Testamento, é receber de Jesus aquele maravilhoso conjunto de palavras: "Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco, eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor!"
É assim conosco ainda hoje. Deus nos é fiel, sem que lhe sejamos. Quando lhe somos fiel Deus é fiel,a fidelidade manifesta em meio à alegria. Nossa fidelidade produz alegria em Deus.
Que, ao final da vida, quando recapitular as ordens que recebemos de Deus e que foram obedecidas, cada um de nós possa exclamar como o apóstolo Paulo: Combati o bom combate, terminei a carreira, guardei a fé. Agora me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a sua vinda (2Timóteo 4.7-8).
Nesta lição vemos que ele usou uma tribo inteira para ensinar aos israelitas acerca da importância de se Respeitar às ordenanças divinas.Deus nos abençoe. Paz!

De Lucia Izidoro

Alma de Mulher!

Alma de Mulher



Olhos estremecidos
Coração palpitante
Declarações sem sentidos,
Flores sem perfumes
Pensamentos imaturos
Gestos inocentes.
A mulher é inocente demais
Ela se entrega,
Mergulha numa ilusão
Sem pensar nas conseqüências.
Se declara
Sem temer a solidão.
No final se desilude
Se rende a dor de um amor.
Joga pro alto seus sonhos
E vive em funções de lembranças.
Se nega a sorrir.
Anos se passam,
O corpo diz não
Mas a alma e o coração dizem sim.
A alma de uma mulher
É extremamente sensível,
Ela comanda verdadeiros sentimentos.
Sentimentos incompreensíveis,
Sentimentos secretos,
Sentimentos sonhados
Por uma
Alma de Mulher.




Jaci Velaskes

On my knees

De joelhos



Veso 1-
Há dias em
que eu sinto
Que o melhor de mim
está pronto para desabrochar
Mas então há dias
em que eu sinto
Que estou me deixando
ser levada pelo vento
Pois eu aprendi como sobreviver
No riso e na dor.

Refrão:
Eu me ponho de joelhos
Eu me ponho de joelhos
Ali estou perante o amor
que me transforma
Veja, eu não sei como, mas há poder
Quando estou de joelhos

Verso 2:
Posso estar
no meio da multidão
Ou sozinha,
em qualquer lugar
Quando eu sinto necessidade
De conversar com Deus,
Ele é Emanuel
Quando fecho os meus olhos,
não há trevas
Só existe claridade

Refrão 2:
Eu me ponho de joelhos
Eu me ponho de joelhos
Ali estou perante o amor
que me transforma
Veja, eu não sei como,
mas há poder
Nos céus azuis
À meia-noite
Quando eu estou de joelhos

Eu me ponho de joelhos
Eu me ponho de joelhos
Ali estou perante o amor
que me transforma
Veja, eu não sei como,
mas há poder
Quando estou,
OOO, Quando estou...
Quando estou de joelhos.


15 de junho de 2010

Aos Fofoqueiros de plantão srrs



Postado por Rô

Quando for passar uma história adiante primeiro passe-a pelas três peneiras:


Primeira peneira: a Verdade.

Pergunte-se se o que você quer contar é verdadeiro. Se não o for, deixe-o morrer.

Se for, passe-o pela segunda peneira: a Bondade.

É coisa boa? Ajuda a construir o caminho e a fama do próximo?
Se o que você quer contar é verdade e é coisa boa, passe-o pela terceira peneira: a Necessidade.

Convém contar!? Resolve alguma coisa? Ajuda a comunidade? Pode melhorar o planeta?!.

Se passar pela três peneiras, conte!!! Tanto eu como você e seu irmão nos beneficiaremos.
É fofoca? Caso contrário esqueça e enterre tudo.
Será uma fofoca a menos a envenenar o ambiente e levar a discórdia entre irmãos e colegas. Devemos sempre ser a estação terminal de qualquer comentário infeliz, sepultando-o.

Abaixo a fofoca......
Não esqueça: pessoas medíocres falam sobre pessoas.
Pessoas comuns falam sobre coisas.
Pessoas inteligentes falam sobre idéias.

Puxa que lapada boa, hein? Doeu?
As vezes é necessário "apanharmos" um pouco ou MUITO....pra aprendermos
Que Deus abomina os contenciosos.....
Tem dúvida disto???
Leia o livro de Provérbios, precisamente Pv.6.19


H1N1- Sujeiras e mentiras por trás da pandemia fantasma. Quem pagou o preço?


Durante muitos meses tenho acompanhado o noticiário internacional e, lendo vários jornais seculares dos EUA e Inglaterra, um fato ficou claro: a pandemia da gripe suína estava envolta em graves problemas éticos e médicos, inclusive morte de jovens vacinados. E agora sai a bomba de que a vacinação foi desnecessária.
O jornal inglês Daily Mail denunciou em manchete “A pandemia que nunca existiu: empresas farmacêuticas ‘incentivaram Organização Mundial de Saúde a exagerar a ameaça da gripe suína’”. A matéria então diz: “Declarar a gripe suína uma pandemia foi um ‘erro monumental’, impulsionado por empresas farmacêuticas que, gananciosas por lucros, espalharam medo, concluiu um influente relatório”. O restante da matéria, em inglês, está aqui.
Há também o artigo “O conto da vacina suína”, publicado pelo jornal esquerdista Folha de S. Paulo, que expõe os escândalos envolvendo o Ministério da Saúde do Brasil e a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o modo desonesto como a OMS mudou a definição de pandemia exclusivamente para engordar as empresas farmacêuticas, que lucraram uns 10 bilhões de dólares com a pandemia fantasma em 2009.
Essa é a mesma OMS que mudou também o sentido real da homossexualidade na década de 1990, retirando-a da lista de comportamentos pervertidos, a fim de atender aos interesses de multimilionários grupos de pressão política.
Na hora de definir o que é e o que não é, o dinheiro, a pressão e a ganância são uma formidável persuasão. Sob essa persuasão, condutas pervertidas são normalizadas e o que não é pandemia se torna pandemia!
Na questão da pandemia fantasma, o que muita gente suspeitava está agora vindo à luz, e não é de admirar que o número de vacinados não tenha sido elevado nos EUA e Inglaterra, deixando enormes estoques parados da inútil vacina que custou milhões de dólares que poderiam ter sido mais bem investidos no bem-estar da população.
Mesmo assim, as empresas farmacêuticas continuam na sua corrida louca para vender suas vacinas para países trouxas o suficiente para engolir a estória da epidemia generalizada.
Eu poderia ter avisado muito mais o público brasileiro antes, mas o Blog Julio Severo vem há anos mostrando o óbvio: O governo Lula não merece confiança. Você confiaria num governo que é a favor do aborto, que representa o assassinato covarde do mais vulnerável e indefeso dos seres humanos?
O grande responsável pela campanha de vacinação foi o ministro contra a Saúde, José Temporão, que também é a favor do aborto. Ele vê o aborto simplesmente como “questão de saúde pública”, de modo que se as empresas farmacêuticas criarem uma vacina que elimine esse “problema” de “saúde”, o tarado por campanhas de vacinação em massa ficará extremamente feliz de fazer mais uma parceria com elas.
Apesar disso, a população pensou que poderia confiar num aspirante a carniceiro. Foram se vacinar. A obediência — ou eu deveria dizer a estupidez? — foi tão grande que o país campeão mundial de vacinação contra a inexistente e irreal epidemia generalizada de gripe suína foi o Brasil. Mais de 70 milhões de brasileiros foram vacinados.
Agora, o governo Lula está sorrindo. O ministro contra a saúde está sorrindo. As empresas farmacêuticas, com os bolsos entupidos do dinheiro dos cidadãos do Brasil, estão mais do que felizes e pulando de alegria. E o povo está sorrindo, sem ao menos perceber o que está acontecendo. Ele paga, mediante impostos, com o dinheiro do próprio bolso as estupidezes do governo, e ainda sorri abobalhadamente.
E quem no final leva o prêmio é o governo. Em 2009, Lula recebeu o Prêmio Chatham House por seu papel como “importante promotor de estabilidade e integração na América Latina”. Um dos principais patrocinadores desse prêmio internacional foi a empresa farmacêutica GlaxoSmithKline. No final de 2009, a GlaxoSmithKline recebeu R$ 465.532.000,00 do governo brasileiro, numa compra sem licitação, de doses da vacina contra a “epidemia generalizada” da gripe suína.
Uma mão lava a outra. As empresas farmacêuticas patrocinam homenagens internacionais ao ego incontrolável e insaciável de Lula, e Lula sacia a ganância incontrolável e insaciável dessas empresas, sustentando pandemias fantasmas que lhes enchem os cofres.
Mas quem pagou realmente um preço alto foram os brasileiros vacinados. Veja algumas repercussões da vacina na mídia brasileira:
Jovem morre após tomar vacina contra a gripe A em Londrina
Estudante morre após tomar vacina contra gripe
Menina morre após tomar vacina
Criança morre após tomar vacina H1N1
Bebê morre ao receber vacina contra Gripe A
Assim, governo e empresas farmacêuticas pegam seu dinheiro, fazem a farra e, para justificar tanta gastança, no final você e sua família têm de se submeter à ponta da agulha e suas conseqüências.
Um país assim é o curral perfeito para alimentar a ganância dos poderosos e corruptos, que recorreriam a qualquer artifício para deter qualquer coisa que impeça seus lucros.
Durante a campanha de vacinação contra a rubéola em 2008, as denúncias do Blog Julio Severo atraíram não só a atenção da mídia comprada (veja notícia do jornal O Dia culpando-me pelo número baixo de vacinações), mas também a ira do Ministério da Saúde, que contou com uma equipe de profissionais de internet para sabotar meus artigos sobre a campanha da vacinação. A meta era postar textos e comentários nos locais onde meus textos haviam sido publicados, questionando-os, quebrando a força deles e destruindo minha credibilidade. Um trabalho de guerrilha. Só fiquei sabendo disso porque uma mulher ligada a essa equipe conversou com uma amiga dela, que por sua vez é minha amiga!
Foi uma coincidência importante, que revelou que havia gente grande interessada em sabotar o impacto dos meus artigos sobre a campanha de vacinação. Conforme a informação que recebi, o Ministério da Saúde estava também planejando outras ações contra mim, inclusive legais, mas suponho que não houve tempo para executá-las, pois em poucas semanas saí do Brasil. Esse é o preço que se paga por alertar as pessoas.
Portanto, da próxima vez que o governo e sua mídia comprada aparecerem com uma campanha de medo tentando convencer você de outra pandemia fantasma, desconfie.
Como não desconfiar de um governo que só se interessa por aquilo que está no nosso bolso?
Versão em inglês deste artigo: Swine flu: Who paid the cost for the ghost pandemic
O conto da vacina suína
http://www1.folha.uol.com.br/colunas/marceloleite/747637-o-conto-da-vacina-suina.shtml
FONTE - www.juliosevero.com/ EscrituraEmFoco

Marina critica política de energia, mas diz que 'manterá avanços' Candidata do PV afirmou que não fará ‘discurso da oposição pela oposição’. Mas diss



A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, declarou em entrevista no programa “Roda Viva”, da TV Cultura, nesta segunda-feira (14), que “houve avanços nos últimos 16 anos", que eles serão mantidos, mas que ainda "há muito a ser perseguido".

“Não vou fazer o discurso fácil da oposição pela oposição, de atacar o adversário do jeito que der”, disse em resposta a uma pergunta sobre a política de energia do atual governo.

Segundo Marina, é importante reconhecer, por exemplo, que houve avanço na área energética após a criação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), mas, na sua opinião, ainda falta planejamento para o setor. "Tivemos ameaça de apagão no governo do presidente Fernando Henrique. No governo do presidente Lula, a gente sofre o tempo todo essa ameaça de apagão. Isso tem um nome 'falta de planejamento'", afirmou.

Apesar da crítica à política de energia, Marina destacou, algumas vezes, pontos positivos dos governos de Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, chegando a elogiar ambos. Sobre o primeiro, declarou que o Plano Real só foi possível, pois FHC não assumiu apenas o papel de “gerente” do país. Já sobre Lula, a candidata do PV afirmou que o petista quebrou o paradigma de que era preciso primeiro crescer para depois distribuir. “Ele provou que foi distribuindo que conseguimos crescer”.

Segundo Marina, o seu adversário tucano, José Serra, já sinalizou que terá uma posição oposicionista ao atual governo na corrida presidencial. Já a petista Dilma Rousseff deixa claro que pregará a continuidade. E que ela se colocará como uma terceira via, enfatizando que Lula precisa ter "um sucessor".

Ela chegou a ser indagada se não era, então, candidata da oposição. Em resposta, a representante do PV disse que "não trabalha com rótulos” e que quer estabelecer o diálogo. “Não estamos nem à esquerda, nem à direita. No governo Fernando Henrique, quando havia uma proposta que considerava boa, votava a favor. Foi assim quando foi criada a CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira)”, exemplificou.

A candidata verde disse que pretende, se vencer as eleições, construir uma maioria no Congresso com o PT e o PSDB. Segundo ela, essa “construção nunca foi tentada” e que é preciso fazer um “realinhamento histórico” entre os dois partidos. “Nós precisamos acabar com os intermediários políticos. Precisamos dos mediadores políticos, como Cristovam Buarque (PDT-DF) e o Pedro Simon (PMDB-RS)”.

Agenda do governo e temas polêmicos
No programa, Marina falou sobre alguns temas da agenda do governo. Sobre o reajuste dos aposentados, afirmou que sancionaria o aumento de 7,7% “para que haja reparação”. Mas vetaria o fator previdenciário.

Já acerca da atuação do Brasil em relação ao Irã, falou que “não se pode criticar o diálogo”. No entanto, disse que se trata de uma “situação preocupante”, pois o Irã desrespeita os direitos humanos.

A candidata também não fugiu dos temas polêmicos, como o aborto e a união civil dos casais gays. Sobre o aborto, reafirmou que é contrária, mas defende um plebiscito sobre o tema. Porém, voltou a afirmar que é contrária ao casamento de homossexuais, apesar de reconhecer o direito de deles de ter "uma união civil de bens".


Fonte: G1

Obs: Construir uma maioria no Congresso com PT e PSDB?? acho meio difícil srrs
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...