Pular para o conteúdo principal

Amy Winehouse morre aos 27 anos, em Londres



A cantora Amy Winehouse morreu na tarde deste sábado (23), por volta das 16h do horário local (13h de Brasília), aos 27 anos. Segundo informações dos jornais "The Guardian", "Daily Mirror", The Sun" e "Sky News", a cantora foi encontrada morta em sua casa em Camden, na Inglaterra. Há suspeitas de que ela tenha sofrido overdose de drogas.

A notícia ainda não foi confirmada pelos assessores de Winehouse, mas, de acordo com a agência de notícias Reuters, a polícia informou que "o corpo de um a mulher de cerca de 27 anos" foi encontrado no mesmo local descrito como o flat onde morava e que o caso está sendo tratado com uma morte "inexplicada".

O site de notícias TMZ publicou um comunicado que teria sido divulgado pela polícia metropolitana londrina. "A polícia foi chamada pelo Serviço Londrino de Ambulância em um endereço na Candem Square NW1 pouco antes das 16h05 (horário de Londres) do sábado, 23 de julho, com depoimento de uma mulher encontrada morta. Ao chegar, oficiais encontraram o corpo de uma mulher de 27 anos que foi declarada morta na cena. Investigações continuam a respeito das circunstâncias da morte. Até o seguinte momento, não há explicação".

Sua última aparição foi na noite de quarta-feira, quando se apresentou ao lado da cantora de soul Dionne Bromfield, na The Roundhouse, uma casa de shows em Camden. Ela havia saído havia pouco tempo de um programa de reabilitação e estava sob regras severas para não beber.

Amy Winehouse --que teve seu auge em 2008, quando ganhou cinco dos seis prêmios Grammy a que disputava-- lançou dois discos: "Frank" (2003) e "Back To Black" (2006), que trouxe hits como "Rehab", "You Know I'm No Good" e "Tears Dry On Their Own". Em janeiro deste ano, a cantora inglesa desembarcou pela primeira vez no Brasil para cinco shows, após dois anos longe dos palcos. No mês passado, a cantora cancelou sua turnê europeia após ser vaiada em Belgrado.

Uol

Sinto tanto quando alguém morre sem conhecer a paz( Jesus)). Triste, tão nova e cheia de talento e já se foi!


Comentários

Aclim disse…
É uma perda lastimável, Deus não se agrada da morte do ímpio.

Ela procurou achou.

Abraço
disse…
Fico triste quando uma pessoa morre sem conhecer Jesus. Só o que esta mulher conheceu foi as drogas e o sofrimentos, pois ela poderia até achar que estava bem, mas não estava. É muito sofrimento, o diabo tem levado a muitos ao fundo do poço e estes nem se dão conta disso!
helena disse…
Que pena! eu lamento muito, se foi sem Jesus! o estilo de musica dela era meio louco mas parece que valorizava uma mistura de jazz com sei lá o que, que pena ainda era tão nova! Grande abraço Rô, bom final de semana!
disse…
Helena, saudades de ti mana. Bjsss
Anônimo disse…
Amava ela e era sua fã!Respeitava-a apesar de tudo..lamento que em vida não tenha encontrado a paz...
Cada um que sabe da sua dor em vida, a questão não é quem procurou achou..fácil é julgar..
Nada é absoluto, não podemos afirmar que se perdeu..ninguém estava lá..era só ela com sua experiência final..quem sabe em seus momentos finais não encontrou a paz que sempre procurou em vida?!
Que o próprio Amor a recebeu em seus braços?O ladrão na cruz não precisou professar a fé na frente de uma igreja para mostrar a ninguém que iria se encontrar com Jesus no paraíso?

Shalom
disse…
Este é o meu desejo.Deixa! Deus sabe. Eu adorava ouvi-la cantar. Amo jazz e blues!
Suely - HD disse…
Olá Rô,

Ela tinha uma voz única.

Triste uma morte assim.

bjos
Su

Postagens mais visitadas deste blog

Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné Equatorial e Congo não investirão mais no Brasil se Bolsonaro for eleito.

Bolsonaro já disse, não tem acordo com a esquerda, países como, Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné equatorial, Congo e entre outros, não levarão nenhum centavo do povo brasileiro.

O Paí já colocou R$ 42 Bilhões na Ilha que ficou mais conhecida como Ilha de Fidel. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.
Uma risonha presidente Dilma Rousseff inaugurou, ao do ditador cubano Raúl Castro, a primeira fase do Porto de Mariel, em Havana.

 Na época a presença de Dilma se devai a uma razão principal : a conta foi paga por ela- na verddae, por todos os brasieliros. O Mariel custou US$ 957 milhões de dólares, dos quais US4 802 milhões vieram de financiamento concedido pelo banco nacional de Desenvolvimento Econômico e Social(BNDES).

 O montante equivale a 2 bilhões. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.

Istoé notícia-Jornal 21 Brasil

TSE suspende propaganda do PT que associa Bolsonaro à tortura

Luis Felipe Salomão, do TSE, suspendeu a propaganda eleitoral em que a coligação petista associa Jair Bolsonaro à ditadura e à tortura.

O ministro atendeu o pedido da defesa de Bolsonaro, que alegou que o programa veiculado viola a lei eleitoral, “uma vez que incute medo na população ao sugerir que se o candidato Jair Bolsonaro for eleito vai perseguir e torturar eventuais opositores políticos”.

“O tribunal tem feito um esforço no sentido de elevar o nível do debate para se evitar a disseminação desse clima de pânico que estão criando”, disse o advogado de Bolsonaro, Tiago Ayres, a O Antagonista.

Dilma e Gleisi vão a Cuba 'denunciar' situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, viajam na semana que vem para Cuba para participar do encontro anual do Foro de São Paulo, que congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Ali, as duas pretendem "fazer uma denúncia" sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os petistas classificam como "prisão política".


"Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO. "Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional." O encontro ocorre em Havana entre o domingo, 15 de julho, e a terça, 17. No site da entidade, já há destaques para a prisão do ex-presidente, como um "Mapa de Mobilização Mundial Lula Livre" e manifestações de políticos e entidades…