Pular para o conteúdo principal

Evangelho: Aprecie Sem Moderação!


Radicalismo. Essa palavra tem borbulhado dentro do meu peito nos últimos dias. Dias atrás escrevi o texto "Um convite a Bandeja de Prata -Consequências de uma Juventude SemRadicalismo" e ainda continuo com o desejo de dizer algumas coisas sobre esse assunto.

Quero deixar claro que não falo de um radicalismo nocivo, infantil, intolerante e cruel como dos fanáticos religiosos, ditadores políticos ou até mesmo de jovens mimados como os boyzinhos da USP. Falo de uma paixão pelo correto, de uma energia que é característica nos jovens, da motivação alavancada pela justiça e pelo bem comum.  

Clamo que nossa juventude abandone sua moderação excessiva, sua passividade letárgica, seu egoísmo e seu individualismo. Clamo que nossos jovens estejam dispostos a darem suas vidas pelo Evangelho do Reino de Deus.  Dar a vida pelo evangelho é doar-se pelo bem e pela justiça. Morrer para que outros possam viver. Muitos homens que não tiveram a revelação do Reino de Deus morreram em revoluções sociais - morreram apaixonados por justiça. Observamos isso recentemente no Oriente Médio. Recentemente, nas avenidas de Wall Street, até os jovens americanos estão manifestando contra o capitalismo selvagem do seu país, clamando contra a concentração de riquezas que resultou nesse fiasco global. Jovens que enfrentam armas por liberdade e igualdade.

Eles gritam: Liberdade ou morte! Justiça ou morte! Igualdade ou morte!

E eles não creem no evangelho. Eles não creem no Reino de Jesus, porém demonstram a fome e sede de justiça que os cristãos deveriam ter.  O Evangelho genuíno é radical. Como diria C. S. Lewis: “Não recomendo o evangelho para qualquer pessoa que esteja buscando uma religião confortável”. 

Mas, o fato é que hoje, no Brasil, deturparam tanto o evangelho, importaram tanto as fórmulas americanas, que o resultado foi a criação de outra religião, um neopentecostalismo que obscenamente usa a bíblia como plataforma para suas orgias espirituais. Essa religião é a versão “espiritual” do capitalismo; alienando, seduzindo e deteriorando a força intrínseca de uma juventude que poderia mudar a situação do nosso país e da igreja brasileira.

Jovens que se isolam cada vez mais da realidade sob o pretexto de serem separados (santificados), de não “serem” do mundo, de serem super espirituais, quando na verdade, a única coisa que conseguem é ser irrelevantes para a sociedade, para o bem comum. Eles não conseguem compreender que ser santificado por Deus não significa estar isolado do mundo, mas sim estar inserido no mundo sem contaminar-se, como Daniel na Babilônia, transformando, influenciando e subvertendo. A batalha começa no campo espiritual, em oração, e conclui-se no campo físico com atitudes de amor e paixão radical por justiça.

Jesus disse: “Pai, não peço que os tire do mundo, mas que os livres do mal”.

Minha crítica vai aos homens hipócritas que fazem da religião apenas uma cortina de fumaça para camuflarem seus pecados. Homens que oram pelos pobres, mas não repartem o pão. Ricos que filosofam sobre sociologia sentados atrás da mesa, saboreando seu vinho tinto com queijo gorgonzola. Inclusive alguns pobres metidos à classe média. Covardes demagogos. São como nuvens carregadas que só trazem ventos, mas não derramam chuvas.

Enquanto isso, cada vez mais aumenta o número dos bons samaritanos da parábola de Jesus. Espíritas samaritanos, ateus samaritanos, socialistas samaritanos, maçons samaritanos. E o povo de Deus, onde está? Onde você está?!

Os cristãos primitivos, baseados nos ensinamentos de Jesus fundaram uma seita que foi denominada pelos  judeus de cristianismo. Os primeiros seguidores dessa seita eram radicais, apaixonados, encantadores, servis, piedosos e valentes. Confessar ser discípulo de Jesus significava morrer violentamente. Muito, muito diferente da maioria dos autointitulados cristãos do século XXI.

Contudo, ainda há uma esperança. Hoje, nós que somos os remanescentes do evangelho puro e simples devemos pedir ao Pai para reavivar o sentimento que permeava os corações dos nossos primeiros irmãos. Devemos ser uma minoria relevante como a igreja primitiva foi em Roma e Jerusalém. Devemos virar o mundo de cabeça para baixo! Devemos estar prontos para pagar o preço de sermos famintos por justiça e inconformados dentro desse mundo que padece na mão do Mal.

Que vergonhoso é o nosso caminhar comparado aos nossos irmãos primitivos, nossos irmãos contemporâneos espalhados pelos países onde o cristianismo continua sendo uma seita e seus seguidores são perseguidos e mortos.

Que Deus nos perdoe e nos coloque de pé, nos encha com sua coragem e amor para sermos relevantes nesse mundo.

Que o Espírito Santo convença a todos nós. Que Deus nos perdoe por nossa covardia rotulada de moderação. 
Amém?!

Comentários

Genilda Silva disse…
Quero lhe convidar a conhecer e participar do meu blog que vou inaugurar em 2012. É feito especialmente para mulheres. Conto com sua presença.

http://genildablog.blogspot.com/
disse…
Tremendo Marcello, seus artigos me lembra muito os artigos de Hermes Fernandes. São parecidíssimos, eu tenho essa coisa ver nas entrelinhas a quem pertence os textos. rsss conheço logo os seus , conheço também de alguns irmãos,e sei que sou conhecida pelos meus por muita gente.
Mas a chamada é esta, gostei do texto e do vídeo. Me fez lembrar de um texto meu que diz que hoje os cristão não são perseguidos como antes. Os cristãos que eram jogados nas arenas tinham plena consciência do que isso significava e reafirmavam a fé, dizendo: "É melhor morrer em solidariedade a Cristo do que viver separado dele!" por isso eles dividiam tudo pois acreditavam que Jesus voltaria naquela época, para eles nada tinha importância.
Jesus enviou seus discípulos para anunciar o Reino e desejou que fossem firmes e engajados nesse serviço, com plena fidelidade. Viver Cristo é ser fiel. Vejo em carros, nos vidros traseiros, a frase Deus é fiel. Isso não necessita de proclamação, é declarar o óbvio. O certo seria dizer: "Eu sou fiel a Deus!"
Nunca vi, em lugar nenhum! Paz!
Alerta Vermelho disse…
Tentarei não sei trágico quanto ao assunto, particularmente não creio que os cristãos em sua grande e esmagadora maioria estejam preocupados com o reino de Deus e nem por livre e espontânea vontade ficarão.

O que se percebe é que sem o que aconteceu com Jerusalém nos dias do Jeremias tudo se perderá. Em um momento Deus coloca em ação sua correção severa tirando-nos do comodismo e conivência com o pecado.

O povo israelita por diversas vezes foi entregue à fome, à espada ao cativeiro por procrastinação à Lei, o que será então daqueles que pisam o sangue da Nova e Eterna Aliança?

Somente Deus pode mudar os rumos porque os falsos doutores tem dado bebida misturada em lugar de água da vida. Infelizmente à semelhança dos antigos hebreus os cristãos continuam dando preferência para as cisternas rotas em recusa da fonte das águas vivas.

Do neopentecostalismo concordo com sua visão, mas embora cumpra a profecia sobre falsos profetas não é responsável único. É o resultado. O ap. João diz que eles saíram de nós. Aponte somente uma denominação eclesiástica que não traga em sua bagagem doutrinaria fundamentos profanos. A começar pelas hierarquias. Quando foi que o Senhor Jesus estabeleceu autoridades cristãs no formato piramidal? Ele diz ser o alicerce e os ministros são fiadas sobre ele e assim sucessivamente formando o novo templo não de pedras, mostrando que a autoridade de Cristo vem de baixo para cima em forma de exemplos de vida como encubadoras para gerar reis e sacerdotes a fim de que todos atinjam a estatura do varão perfeito. De acordo com esta visão o lider deve ser base formando bases para que todos tenham submissão uns aos outros impedindo disputas entre nós e divisões no corpo como acontece. É esta a realidade da igreja?

Sabemos que o romanismo religioso é a grande prostituta, mas todas as denominações cristãs são iguais no conceito de autoridade espiritual e em muitos outros conceitos, apenas sob outras nomenclaturas. Não é a toa que João diz grande Babilônia, a mãe de prostituições.

Tenho certeza que se fizermos um apontamento das lorotas santas que muitos doutores cristãos tem forjado os seus adeptos como sendo verdades absolutas e denunciá-las seríamos linchados.

Pouquíssimos estão dispostos ouvirem a dura verdade. Somente esta nuvem de perseguição e morte que está se formando sobre nossas cabeças enquanto brincamos de cristianismo mudará a situação. Como Deus começa a faxina pelo seu altar, breve veremos carcamanos hereges sendo varridos como pó e removidos como lixo. A mordaça está sendo colocada e ai de quem não se calar. Quando o próprio sangue for o preço das palavras ditas somente os preciosos do Reino abrirão seus lábios em nome de seu Rei.

Que nuvem negra é esta a qual se refere este ser radical??? Jesus diz que virá uma grande calamidade e no auge dessas trevas Ele arrebatará sua igreja. Essas trevas lutam para derrubar a velha ordem que está por um fio a qual já chegou ao Brasil em forma de leis. Um dia não tão distante, qualquer cristão em território brasileiro, para afirmar publicamente sua fé pensará mil vezes e somente aquele que verdadeiramente for lavado e remido pelo sangue do Cordeiro terá tal condição.

O Senhor Deus, o Fogo Consumidor, sabe exatamente que semente plantou. A palha será queimada e no mesmo fogo refinará o ouro e a prata antes de recolhê-la para adornar os muros de sua cidade. Somente Ele não tem o falso por verdadeiro e nem o culpado por inocente.

Ele não busca religiosidades mas a quem ama a sua justiça e dela tem fome e sede. A este, Ele resgatará dos charcos de heresias que os homens religiosos criaram para dominar sobre o povo remido e abrirá caminhos enxutos onde a passos firmes caminharão os remanescentes em dias angustiosos de encontro ao alvo até o momento em que não mais serão vistos.
Alerta Vermelho disse…
Sobre a nuvem negra, assista a este vídeo que publiquei em meu blog: http://setimoshofar.blogspot.com/2011/10/repudio-intolerancia-religiosa.html
Marcello Comuna disse…
É xará...seu comentário é um complemento perfeito ao meu texto.

Qualquer comentário meu seria redundante.

Permaneçamos firmes na luta!

Abraços fraternos.

Obs: Estou seguindo seu blog. Muito bom!
Marcello Comuna disse…
Rô,
Fico honrado com a comparação. O Hermes é uma referência na blogoesfera para mim, assim como vc.

Recebi a oportunidade de compartilhar essas inquietações com a juventude da minha congregação, um fruto direto dos meus textos nos blogs. A partir dos meus escritos surgiu o convite para instalar e liderar o evangelismo (que estava em stand by há dois anos).

Temos um projeto para curto, médio e longo prazo. É evidente a intervenção divina em tudo isso. Por isso minhas forças se renovam, pois sei que Deus não está dormindo e está preparando um povo para dar o troco nessa apostasia.

Permaneçamos firmes na Rocha!
Olá Rô,

Desejo um abençoado fim de semana para vc e sua família.

Estou aqui lendo seus artigos e matérias publicadas.

Sempre muito atualizado.

beijos
Su

Postagens mais visitadas deste blog

Zanin complica mais a situação de Lula e ganha “aula de direito” de Marcelo Odebrecht (Veja o Vídeo)

A situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é praticamente insanável, sem solução, ou, melhor dizendo, indefensável. Sepúlveda Pertence, quando entrou na causa, logo percebeu a enorme gravidade. Imediatamente começou a costurar um acordo no Supremo Tribunal Federal (STF), o acordo possível na época: Prisão domiciliar e Lula quieto, respeitando o Poder Judiciário, sem mais afrontas. Felizmente para a boa Justiça, Zanin existe e conseguiu estragar tudo. Continuou pregando a inocência do meliante petista, alimentado pelas sandices de Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias, Paulo Pimenta e Wadih Damous. Um idiota completo. Na sequência, destratou Sepúlveda e abriu crise na defesa do presidiário. Diante de tais fatos, o ex-ministro entendeu que já havia feito o serviço para o qual havia sido remunerado, não logrou êxito em função da interferência do abobalhado causídico, e assim caiu fora.
Zanin permaneceu na defesa de Lula, ao lado da esposa, uma pobre coitada, de parcos conheciment…

Miriam Leitão leva invertida ao vivo de Cristiana Lobo (Veja o Vídeo)

A jornalista Miriam Leitão parece que partiu para um processo de autodestruição. A credibilidade que ainda detinha está se esvaindo completamente. Elementar! Miriam agora faz um jornalismo que tem alvo. O alvo evidentemente é Jair Bolsonaro. Fica difícil opinar com coerência com o coração cheio de ódio. Nesse sentido, mesmo diante da vitória acachapante de Bolsonaro, a jornalista diuturnamente tenta desconstruir a imagem ou diminuir a força do presidente eleito. Sua última tática foi patética. Miriam tentou demonstrar uma suposta relevância do resultado obtido pelo PT na região Nordeste. Para tanto, mentiu, foi desmentida, tentou se corrigir, mas se deu muito mal. Veja o vídeo:

“Se tem um ser humano que eu desprezo, chama-se Gleisi Hoffmann”, diz Roberto Justus (Veja o Vídeo)

A senadora Gleisi Hoffmann é quase uma unanimidade. Ninguém a suporta. Impressionante como uma mulher consegue nutrir o dom de gerar tanto asco. Mesmo pessoas que não desenvolvem qualquer atividade político-partidária não suportam o jeito e o comportamento da petista, evidenciado por seu extremo e ilimitado mau-caratismo. Até no PT, Gleisi já angariou inúmeras antipatias. O próprio ex-presidenciável Fernando Haddad não a tolera. Não é pra menos, Gleisi trabalhou sorrateiramente contra a candidatura de Haddad e hoje é um obstáculo pesado para a sua sobrevivência política. O empresário Roberto Justus, uma pessoa isenta, totalmente sem ligações políticas, definiu a petista com extrema precisão. Veja o vídeo: Jornal da Cidade otto@jornaldacidadeonline