Subscribe:

29 de novembro de 2011

Justiça condena pastor Caio Fabio por dossiê contra PSDB em 98



PUBLICIDADE

DE SÃO PAULO

Hoje na FolhaA Justiça Eleitoral condenou o pastor evangélico Caio Fábio D'Araújo Filho a quatro anos de prisão por seu envolvimento no chamado "dossiê Cayman", informa reportagem de José Ernesto Credencio, publicada na Folha desta terça-feira (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

O conjunto de papéis comprovadamente falso surgiu como tentativa de incriminar a cúpula do PSDB na campanha de 1998.

Caio Fábio, o único condenado pelo episódio até agora, foi considerado responsável por elaborar e divulgar o dossiê, incorrendo em crime de calúnia, agravado por ter envolvido o então presidente da, Fernando Henrique Cardoso. Ele pode recorrer.

A sentença, da juíza de primeira instância Léa Maria Barreiros Duarte, é baseada em uma investigação da qual participou também o FBI, a polícia federal norte-americana.

OUTRO LADO

O pastor nega participação na elaboração e na divulgação do dossiê. "Tenho a consciência absolutamente tranquila. Não estou nem um pouco preocupado com isso."

Ele afirmou que os papéis apenas passaram por suas mãos. "Nunca vou mudar minha versão. Não tenho nada mais a falar do caso."

Seu advogado, Edi Varela, disse que entrou com recurso e nega crime eleitoral. "Esse assunto só surgiu depois das eleições, não entrou na campanha, ninguém usou."

Editoria de Arte/Folhapress

Leia m

14 comentários:

Casal 20 disse...

Rô, no ano da minha conversão, eu estava fazendo um curso de linguística oferecido a missionários que trabalhavam em campos transculturais. Mas eu não era crente. Como fui parar ali, é uma outra história que um dia escreverei sobre isso.

Mas o ponto aqui é que esses missionários me levaram para um culto em que o Reverendo Caio Fábio pregaria. Fiquei profundamente impactado e, a partir dali, li todos os livros que ele escreveu. Veio a minha conversão e a minha admiração por ele só cresceu e, claro, por conta dessa admiração fui arrrastado pelo Caio a votar no PT e no Lula(eu já era esquerdista antes da minha conversão, mas só me envolvi abertamente com o pt e com o Lula por causa do Caio).

Então, o último livro que li do Caio foi o "Confissões de um pastor", que já foi escrito no reboliço do caso da traição dele para com a mulher e, logo depois do lançamento do livro, estourou o escândalo a que se refere seu post de hoje.

Foi um tempo terrível e sombrio para todos nós, pelo menos para mim. O castelo de cartas começava a ruir sobre a minha cabeça... Graças a Deus!

Abraços sempre afetuosos.

Fábio.

Fábio José Lima disse...

Minha Irmã e amiga Rô,

Diz a lenda que nada melhor que o tempo para mostrar quem é culpado e quem é inocente, em que pese ser uma decisão de 1° grau, ou seja, inúmeros recursos poderão vir, e pelo certo virão, mas já mostra um pouco do que se tem neste processo que, segundo a reportagem, contou com a participação do FBI.
É lamentável pois envolve uma pessoa que conhece a Palavra de Deus, querendo ou não lança lama sobre o meio evangélico (pelo menos na maioria da população que não quer saber se ele se considera ou não evangélico, eles vão cair matando na comparação), pois quando querem criticar não sabem ver que isso foi (ou não, pois tem muita água pra passar sob esta ponte) praticado por um Pastor, não podendo generalizar, mas...
Fato é: será que ele vai continuar acusando os outros em seu programa? Pois, para o direito criminoso é quem comete um ou mais crimes, não importa se um homicídio ou um crime de calúnia...
Julgar é fácil, ser julgado...
Vou 'vigiar' (como dizemos em nosso meio pentecostal), para que não seja eu o próximo (risos).
Fica na Paz!

disse...

Fabio sempre admirei Caio Fábio por sua coragem de encarar seus erros, fui uma que o defendeu muito quando ele caiu, e quando ele se enrolou com este povo principalmente com o Lula, pois estava empolgadinho com Lula e foi usado como boi de piranha, ou seja bucha. E se deu mal. Mas, nunca fui da esquerda e nunca votei no Lula e nem voltaria por conta de nenhum líder religioso. rsss Tu foste voto de cabresto Fabio?? rsss


Fabio Lima, é isso aí! para quem gostar de julgar e lançar lama no meio evangélico aí esta sua vez! Nunca devemos esquecer nosso passado principalmente se temos telhado de vidro!

Otoniel M. de Oliveira disse...

Eu também minha querida Rô, admirei o Caio, mas de uns tempos para cá ele tá meio perdido por conta das escolhas que ele fez.

Fábio José Lima disse...

Rô,

Sobre o telhado de vidro...

É por isso que fico calado (risos).

Paz!

disse...

Entendo maninho. rss

Amana disse...

como o pt é bonzinho! hahaha

Casal 20 disse...

Pois é, Rô. Infelizmente, hoje falo sobre a água que me envenenou. Graças a Deus, posso dizer que fui desintoxicado pelo poder do Espírito Santo.

Abraços sempre afetuosos.

Fábio.

disse...

Pois é amana como se ninguém soubesse da verdade que Benedita armou junto com Lula e pegaram Caio como bucha, ele se deixou levar queria entrar na mídia. O PT nunca prestou!


Fábio que bom que foi desintoxicado pelo Espírito Santo. bjs!

jlcolli disse...

Pastor não pastoreia, ou não se contenta em "apenas" pastorear, dá nisso!

Joab Barros

Eduardo Medeiros disse...

Rô,

Não acredito de forma nenhuma que o Caio tenha confeccionado o dossiê. O que ele mesmo confessou à época, foi que ele comentou com o Lula que havia um dossiê contra vários figurões do PSDB e queriam um milhão por ele, mas o Lula não quis se envolver, então, ficou por isso mesmo.

Será que só o Caio vai pagar o pato por isso?

Mariani Lima disse...

Me lembro da época do escândalo. Abalou geral,ele que tinha um nome hiper respeitado de uma hora pra outra se viu no chão.
Gosto do Caio, muita das coisas que ele fala eu concordo, mas acho ele arrogante e agressivo.
Uma pena o nome de pastores envolvidos nessas coisas.

Um abraço, querida!! Fica com Deus.

disse...

Edu querido, Caio estava todo empolgado pra entrar na Globo, lembra?? estava com fama era respeitado, começou a se envolver com este povo, Benedita armou para ele junto ao Lula, esse papo de que Lula recusou acho uma tremenda falácia. Mas que ele foi bucha foi. Foi boi de piranha, mas sabia onde estava se enfiando. Ele queria ficar bem na foto com todos!

E Mari, não gosto mais das pregações dele, ele caiu muito no meu conceito,depois que conheci os caminhantes desgostei do Caio. rsss

Marcello Comuna disse...

Não posso opinar, nessa época eu nem pensava em ser cristão. Mas lamento, gosto da ousadia dele em denunciar os vendilhões, apesar de achar que em certos momentos ele se excede.

Tomara que ele não seja obrigado a abandonar o jardim pelo xadrez.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...