Pular para o conteúdo principal

A doutrina reformada dos sacramentos parte III - O Significado do Batismo



 Rô Moreira

É frequentemente alegado que a palavra batismo do Novo Testamento significa apenas “imergir” ou “submergir”. Sem entrar aqui no todo da questão sobre o modo do batismo, um pequeno estudo da palavra mostrará que este não é o caso. Tal estudo mostrará que há várias passagens no Novo Testamento nas quais a palavra batismo não pode e não têm o significado de “imergir/submergir”.
 Imploramos, portanto, que aqueles que crêem de outra forma, ouçam nosso lado da questão e não nos acusem cegamente de seguir tradições humanas ao não praticar o batismo por imersão. Batismo não significa imersão em nenhuma das seguintes passagens da Escritura: Marcos 10:38, 39: “Mas Jesus lhes disse: Não sabeis o que pedis; podeis vós beber o cálice que eu bebo, e ser batizados com o batismo com que eu sou batizado?”.

Isso fala de batismo, mas entender batismo como imersão nesta passagem não tem sentido. Jesus está se referindo, sem dúvida, ao seu sofrimento e morte nestes versículos (veja também Lucas 12:50). Dizer que ele seria imerso no sofrimento ou morte não tem nada a ver. (1 Coríntios 10:2): “E todos foram batizados em Moisés, na nuvem e no mar”. Este versículo fala dos israelitas sendo “batizados” em Moisés. Eles não foram batizados na nuvem ou no mar, mas literalmente, no grego, “em” Moisés “pela” nuvem e mar. Pode o versículo estar dizendo que eles foram imersos em Moisés?

 A palavra batismo, portanto, deve significar algo mais. (1 Coríntios 1:13): “Está Cristo dividido? foi Paulo crucificado por vós? ou fostes vós batizados em nome de Paulo?”Aqui Paulo usa linguagem similar à de (1 Coríntios 10:2), e o próprio Jesus fala similarmente em Mateus 28:19. O que poderia significar ser imerso no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ou em qualquer outro nome? (1 Coríntios 12:130: “Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito”. Pode a Palavra de Deus estar dizendo que somos imersos em um corpo? É difícil ver como isso poderia ter algum significado. De fato, a própria Palavra não fala ali de imersão, mas de beber!

Versículos que falam do batismo em ou com o Espírito Santo não se referem a uma imersão, mas à efusão, derramamento ou aspersão do Espírito (Atos 1:5; Atos 2:17, 18). Nós não somos imersos no Espírito Santo. O que, então, a palavra batismo significa? Significa “trazer duas coisas a um contato próximo, de forma que a condição da primeira é transformada pela outra”. A palavra não diz nada sobre como este contato acontece: se por aspersão, derramamento, imersão ou qualquer outro modo. Portanto, ser batizado em Moisés, como diz 1 Coríntios 10:2, significa que Israel foi trazido a um contato com ele como o mediador apontado por Deus, um tipo daquele que haveria de vir. Desta forma, a condição deles foi transformada de escravidão à liberdade.

Que Cristo foi batizado com morte não significa que ele foi imerso nela, mas que foi trazido ao contato mais próximo possível com ela, de forma que sua condição foi transforma de ser culpado diante de Deus por nossa causa, para ser justificado em nosso favor. Quando Romanos 6:1-6 diz que fomos batizados na morte e ressurreição de Cristo, a passagem não está dizendo que de alguma forma fomos imersos nestes eventos (o que quer que isso signifique). Ela se refere ao fato que, através da fé, fomos trazidos ao contato com sua morte e ressurreição, de tal forma que nossa condição é totalmente e para sempre transformada. Este é o significado e a realidade do batismo para os crentes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade