Pular para o conteúdo principal

No The Noite com Danilo Gentili, pastor Silas Malafaia fala sobre sexualidade, cristianismo e demonstra constrangimento com piada sobre pentecostais; Assista na íntegra


Danilo Gentili recebeu o pastor Silas Malafaia no The Noite e falou sobre diversos assuntos ligados à igreja e sociedade. Bem humorado, Malafaia explicou questões ligadas à sexualidade, homossexualidade e liberdade de opinião, além de assistir, constrangido, a uma piada sobre o pentecostalismo e os milagres instantâneos.
De início, Gentili mostrou uma foto de Edir Macedo e perguntou qual era o relacionamento que o pastor mantinha com o fundador da Igreja Universal do Reino de Deus. Malafaia optou por responder indiretamente, dizendo que achava “fenomenal” o trabalho da Universal em prol das pessoas, apesar de discordar da abordagem usada pela denominação para atrair fiéis, assim como outras igrejas da linha neopentecostal.
Falando sobre a sexualidade, Malafaia disse ter casado virgem, e durante os sete anos de namoro com Elizete, precisou se conter para não descumprir a orientação sobre o sexo. Danilo Gentili questionou então como é o namoro de um casal evangélico, e o pastor respondeu: “Pode apertar, pode beijar…Não tem problema não!”.
Malafaia aproveitou para dizer que “o cristianismo me mostra que relações extra-conjugais são pecado, sejam elas entre heterossexuais ou homossexuais”, e afirmou que “Deus não proíbe as pessoas de serem o que quiserem, apenas mostra as consequências”.
O pastor Malafaia afirmou ainda que se posiciona contra a homossexualidade e todas as requisições de ativistas gays, como o casamento, por uma questão de liberdade de opinião.
O apresentador questionou se a igreja evangélica tem restrições quanto ao uso de preservativos como anticoncepcional, e Malafaia afirmou que não: “Somos contra o controle de natalidade, mas planejamento familiar sim”, explicou.
Numa das ilustrações feitas por Malafaia para explicar que sua maneira enérgica de falar não significa que está bravo, o apresentador aproveitou para emplacar uma piada sobre o ex-presidente Lula. O pastor dizia que nem sempre uma pessoa com grande formação acadêmica tem a mesma eloqüência que uma pessoa de pouca formação: “Aí vem o Zé semi-analfa…”, dizia Silas Malafaia, quando foi interrompido por Gentili: “E vira presidente do Brasil”. Aos risos, o pastor disse que não iria “entrar nessa”.
Ao final, o humorista Murilo Couto interpretou um pastor pregando sobre o “milagre do miojo”, o que levou Malafaia às gargalhadas em alguns momentos, mas deixou o pastor visivelmente constrangido em outros. Quando a apresentação terminou, Gentili agradeceu a presença do pastor e pediu desculpas pelas brincadeiras.
Nas redes sociais, muitos evangélicos criticaram a piada, e Malafaia usou seu Twitter para minimizar a brincadeira: “Querem falar mal do programa só pelo final? E a entrevista toda? Quanta coisa foi esclarecida, vamos ser coerentes, eu não estava em um culto. Quantas pessoas não evangélicas gostaram dos esclarecimentos. Importa que a palavra seja pregada. Vamos ser mais sábios. Tenho que ser honesto, o Danilo me tratou com muita educação. Lembre-se o programa tem uma veia de deboche, importa que o evangelho seja pregado”, ponderou o pastor.




Gospel Mais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pré-candidato, Collor diz que não se arrepende de confisco da poupança

Ex-presidente falou sobre a prisão de Lula: "uma injustiça"

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTC), em entrevista à Folha de S.Paulo publicada nesta sexta-feira (13), afirmou que o confisco das cadernetas de poupança implementado por seu governo "era uma necessidade absoluta" e que "faria do mesmo jeito" se tivesse que voltar àquele momento.


"Era uma necessidade absoluta. Se voltando àquele momento, faria do mesmo jeito. Tem a questão do próprio impeachment, que é uma coisa interessante", disse, ao ser questionado se o gesto foi um equívoco.


"O que houve foi um bloqueio do dinheiro que circulava na economia. A inflação estava em 82% ao mês. Havia instrumentos de especulação financeiros danosos, tínhamos que criar um ambiente em que pudéssemos fazer um congelamento de preços, que é algo terrível, uma medida que a gente deve evitar o quanto possível", disse ele na entrevista.


O senador disse ainda que continuará com a pré-can…

Dilma e Gleisi vão a Cuba 'denunciar' situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, viajam na semana que vem para Cuba para participar do encontro anual do Foro de São Paulo, que congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Ali, as duas pretendem "fazer uma denúncia" sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os petistas classificam como "prisão política".


"Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO. "Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional." O encontro ocorre em Havana entre o domingo, 15 de julho, e a terça, 17. No site da entidade, já há destaques para a prisão do ex-presidente, como um "Mapa de Mobilização Mundial Lula Livre" e manifestações de políticos e entidades…

Briga entre advogados de Lula se torna explícita e agora envolve familiares

12911
A humilhação a que o abobalhado Cristiano Zanin submeteu o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Sepúlveda Pertence, extrapolou os limites do bom senso e da discrição e já envolve parentes dos envolvidos. A indignação do filho de Sepúlveda, Evandro Pertence, segundo conta o jornal Estadão, foi estampada no seguinte torpedo disparado contra Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Martins, num grupo de WhatsApp: “Não precisamos de vocês para ter qualquer tipo de protagonismo! Meu pai é e sempre será maior que vocês”. Lamentável que, certamente por dinheiro – não há outra explicação - Sepúlveda se nivele por tão baixo.
Perdemos um grande jurista para o PT. É mais um estrago provocado por esta infame organização criminosa. É também a demonstração da notória inteligência da seguinte expressão popular: "Quem com porcos anda, farelo come."
Informação do Jornal da Cidade