Pular para o conteúdo principal

A máscara de Silas Malafaia



Rô Moreira 

Me enviaram este vídeo hoje a tarde no Facebook, e é incrível como este vídeo retrata com fidelidade tudo aquilo que eu já havia percebido.
O senhor Silas Malafaia sempre foi em direção ao que dá mais e, por isso, não há fidelidade aos valores cristãos em nada do que ele faz. Nas últimas eleições presidenciais ele se declarou contrário ao PT e juntou-se a Marina Silva  quando era do PV. Porém, da noite para o dia rumou em direção ao PSDB de Serra com alegação de que a deputada estava dissimulando no que se refere a possibilidade de um plebiscito em relação a questão do aborto. Mas quem estava dissimulando de fato era ele, que havia recebido um convite  do PSDB para apoiá-los.
Com a perda das eleições a direção do PSDB o culpou pela derrota no segundo turno, levando o deputado que intermediou a sua ida para lá e pedir mudança de partido. O tempo passou e como ele não tinha em quem se escorar para as eleições deste ano, buscou entrevistar Eduardo Campos num hotel na Barra da Tijuca e divulgou nas mídias sociais esta entrevista, dizendo que gostou do que ouviu. Mas como a vida pune, Eduardo Campos se uniu a Marina Silva acabando com todas as possibilidades de interferência deste aproveitador que fica oferecendo o povo de Deus a estes homens políticos,  influenciando os votos de (cabresto).

O mais interessante ainda foram as pressões de Eduardo Paes (Prefeito do Rio) que até nome no corredor BRT Presidente Juscelino Kubitschek deu o nome de (pastor José Santos) o sogro do Silas, e foi beneficiado.
Vejam aqui: Pastor José Santos terá nome em BRT no Rio de Janeiro   e do ex. governador Sergio Cabral para que o tal pastor apoie o candidato do PMDB de apelido no mínimo estranho "Pezão", mas o mesmo já havia fechado com Lindberg Farias do PT. Olha que sinuca de bico esse senhor se colocou, pois ele deve favores ao prefeito carioca e ao candidato petista. Sem saída ele teve uma brilhante ideia, saiu da TV, aproveitando o momento em que já que a Boacumba da Universal está comprando todos os horários disponíveis. Um álibi perfeito para quem não tem moral alguma com os futuros candidatos aos palácios estadual e federal, sendo assim, a fuga foi a melhor estratégia.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade