Subscribe:

24 de maio de 2014

Pastor que revelou “não existe inferno” será tema de filme - Críticos preveem polêmica nas telas em 2015




Em um ano no qual filmes com temática cristã alcançaram os primeiros lugares da bilheteria, a notícia que “Come Sunday” [Próximo Domingo], que mostra a trajetória de um pastor não geraria suspeitas. O problema é que a produção, que deve estrear somente no final de 2015, não faz uma abordagem positiva da fé cristã.
Na verdade, conta a história verdadeira de Carlton Pearson, ex-pastor da igreja independente Higher Dimensions Evangelistic Center, que nos anos 1990 chegou a reunir mais de 6 mil pessoas a cada domingo em Tulsa, capital do Oklahoma.
Após uma “crise de fé”, no início dos anos 2000, onde questionou os motivos de tanto sofrimento no mundo, Pearson passou a anunciar que havia recebido a revelação de que “não existe inferno” e que Deus não condenaria nenhuma pessoa que não fosse cristã nascida de novo.
Durante alguns anos anunciou essa mensagem, formulando uma doutrina que foi chamada de “Evangelho da Inclusão”, que mais tarde ele esmiuçou no livro The Gospel of Inclusion: Reaching Beyond Religious Fundamentalism to the True Love of God.
Em pouco tempo, o pastor Pearson, que chegou a ser bispo da Higher Dimension, viu seu rebanho diminuir para menos de mil pessoas. Seu programa de TV foi cancelado e em 2004 ele acabou sendo publicamente classificado como “herege” pela Associação dos Pastores Pentecostais Negros dos EUA. Foi então que ele passou a perder a confiança de amigos e da própria família.
O bispo continuou defendendo sua revelação, tentando distanciá-la da doutrina teológica do universalismo, ensinada por outras igrejas.
Em 2008, a Higher Dimension acabou fechando. Os membros remanescentes passaram a fazer parte da Igreja Unitarista All Souls, de Tulsa. O bispo Pearson enveredou pela carreira política, sendo candidato a prefeito, mas sem sucesso.
Sua história foi tema de um filme feito para a TV americana em 2005. O diretor Jonathan Demme, mais conhecido por “O Silêncio dos Inocentes”, decidiu filmar a história mas teve dificuldades em convencer os estúdios.
Este mês, ele anunciou que retomou o projeto e já confirmou Jeffrey Wright no papel de Carlton Pearson, o conhecido ator Robert Redford, que está nos cinemas em “Capitão América 2: O Soldado Invernal”, o pastor Oral Roberts. Mentor e amigo próximo de Pearson, Roberts tentou fazer o ex-discípulo voltar atrás e foi um dos poucos que esteve ao lado do pastor quando ele passou a ser hostilizado por outros pastores.
A reação de vários analistas de cinema é que o filme será controverso, pois mostrará o questionamento de uma das doutrinas fundamentais do cristianismo desde sua fundação. Com informações Collider e Hollywood Reporter
Gospel Prime

1 comentários:

Nal Pontes disse...

OI Rô, gosto do seu cantinho, bem atualizado nas noticias. Bjsss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...