Pular para o conteúdo principal

Parecia o MST, mas eram chilenos invadindo o Maracanã.


Rô Moreira

Um grupo de cerca de cem chilenos sem ingressos invadem o Maracanã com a desculpa que o ingresso está caro, a princípio alegaram que um torcedor estava passando mal para distrair os seguranças, logo depois veio uma avalanche de torcedores entrando e quebrando tudo o que via pela frente, pareciam black block. Mas eram o MCSI (Movimento Chileno dos Sem Ingressos ).
Este é o reflexo atual do desgoverno brasileiro, até os gringos afrontam a ordem por aqui. Essa é a copa das copas, pois jamais na história dos mundiais se viu algo parecido.
 É o exemplo que vem de Brasília, onde mensaleiros são defendidos até as últimas instâncias, nem que para isso o chefe do judiciário seja ameaçado de morte, é o reflexo dos desvios da Petrobras, do superfaturamento das obras da copa.
Uma pena ver o meu país nesta condição de fragmentação em todas as áreas. País sem educação, sem cultura, sem saúde, sem segurança, sem o respeito até dos turistas que estão por aqui para assistir aos jogos da copa. Mas para quem gosta de criar grupos para dividir a sociedade e provocar o caos é bem feito, Toma mais  essa Petralhas, vocês merecem!


Comentários

Djalma CMF disse…
Ah, essas loucuras da juventude! Esses chilenos vão todos se lembrar com carinho desta Copa, a Copa das Copas. Me faz lembrar da minha juventude. Camiseta vermelha, bandeiras vermelhas, invadindo tudo quanto é edifício e fazenda, lutando por um futuro melhor, com igualdade e democracia. Por que só os ricos com ingresso podem assistir os jogos? E os pobres? Meu Deus, e os sem-terra, os sem teto? Cade essa gente? Tinha que estar nos estádios, ocupando tudo! Quando vi aquela massa de vermelho tomando conta de todas as cadeiras do Maracanã, tive um deslumbre do futuro, um futuro onde os companheiros vão ter tudo o que sempre reivindicaram, que terão seu lugar ao sol neste país. Todos com Dilma, para aprofundar as reformas democráticas e socialistas no país. Chi, chi, chi, le, le, le! Dil, dil, dil, ma, ma, ma! DILMA DE NOVO!

Postagens mais visitadas deste blog

Pré-candidato, Collor diz que não se arrepende de confisco da poupança

Ex-presidente falou sobre a prisão de Lula: "uma injustiça"

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTC), em entrevista à Folha de S.Paulo publicada nesta sexta-feira (13), afirmou que o confisco das cadernetas de poupança implementado por seu governo "era uma necessidade absoluta" e que "faria do mesmo jeito" se tivesse que voltar àquele momento.


"Era uma necessidade absoluta. Se voltando àquele momento, faria do mesmo jeito. Tem a questão do próprio impeachment, que é uma coisa interessante", disse, ao ser questionado se o gesto foi um equívoco.


"O que houve foi um bloqueio do dinheiro que circulava na economia. A inflação estava em 82% ao mês. Havia instrumentos de especulação financeiros danosos, tínhamos que criar um ambiente em que pudéssemos fazer um congelamento de preços, que é algo terrível, uma medida que a gente deve evitar o quanto possível", disse ele na entrevista.


O senador disse ainda que continuará com a pré-can…

Briga entre advogados de Lula se torna explícita e agora envolve familiares

12911
A humilhação a que o abobalhado Cristiano Zanin submeteu o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Sepúlveda Pertence, extrapolou os limites do bom senso e da discrição e já envolve parentes dos envolvidos. A indignação do filho de Sepúlveda, Evandro Pertence, segundo conta o jornal Estadão, foi estampada no seguinte torpedo disparado contra Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Martins, num grupo de WhatsApp: “Não precisamos de vocês para ter qualquer tipo de protagonismo! Meu pai é e sempre será maior que vocês”. Lamentável que, certamente por dinheiro – não há outra explicação - Sepúlveda se nivele por tão baixo.
Perdemos um grande jurista para o PT. É mais um estrago provocado por esta infame organização criminosa. É também a demonstração da notória inteligência da seguinte expressão popular: "Quem com porcos anda, farelo come."
Informação do Jornal da Cidade 

Filho de Lula mergulha na depressão: "Meu mundo caiu"

O jovem Luís Claudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, está vivendo em estado de profunda depressão. A informação extremamente abalizada e fidedigna é da respeitabilíssima coluna Radar, da Revista Veja. O quadro depressivo teria se agravado após a prisão do ex-presidente. Luleco, como é conhecido o rapaz, é réu na Operação Zelotes, juntamente com o pai. Os seus advogados já conseguiram adiar o seu interrogatório por quatro vezes. Fortes rumores indicam que Lula, de dentro da cadeia, tenta conseguir através do deputado petista e atual presidente do Corinthians, Andrés Sanches, um time na Europa para o garoto trabalhar. Há quem diga que o seu estado tem se agravado bastante em função do temor de ser preso. Lula quer afastá-lo do Brasil.

Jornal da Cidade