Subscribe:

18 de julho de 2014

AD em Manaus afasta pastor que não apoia candidato da igreja



AD em Manaus afasta pastor que não apoia candidato da igreja
O filho do pastor é candidato a deputado estadual e está apoiando outro
candidato a deputado federal, não o candidato da igreja que é Silas Câmaras AD em Manaus afasta pastor que não apoia candidato da igreja

O blog do Hiel Levy, jornalista da região do Amazonas, publicou um vídeo onde o pastor Moisés Melo, vice-presidente da Igreja Assembleia de Deus no Amazonas, aparece comunicando a igreja do bairro São José, em Manaus, que o pastor Pedro Moura estava sendo destituído do cargo.

Pedro Moura, 62 anos, é pastor a 30 anos e perdeu o cargo que exercia por não
aceitar o projeto político da AD em Amazonas que é apoiar a reeleição do
pastor Silas Câmara.

De acordo com o jornalista a decisão da AD foi punir o pastor Pedro Moura porque o seu filho, Euler Moura, será candidato a deputado estadual pelo PSDC e irá apoiar a candidatura de Hissa Abraão (PPS) ao cargo de deputado federal.

No vídeo épossível ver que os membros não concordam com a saída do pastor e reclamam da decisão política, dizendo que ele não está em pecado paraser retirado do cargo.

O próprio pastor Pedro Moura aparece no vídeo dizendo que não “aceita ser expulso da casa que ajudou aconstruir” e os líderes da AD no Amazonas deveriam ouvir a voz de Deus,
no lugar de se preocupar com o projeto político.

Assista:




  GospelPrime

3 comentários:

João Emiliano Neto disse...

Não ser católico para ser obrigado a aderir a projetos políticos das sombras de certas igrejas protestantes, então, eu acho melhor ser católico, pois pelo menos o Papa só é infalível em assuntos de fé e moral e é falível em assuntos de política.

Quem é católico é livre para escolher seu candidato.

Pb Fernando disse...

Triste muito triste vermos que muitos pastores há muito tempo perderam o foco de seu ministério. Nada contra a política, desde que seja feita de forma honesta.

João Emiliano Neto disse...

O reino de Cristo não é deste mundo. Não sei o porquê, então, desse terrível apetite dos cristãos: clero ou leigos pela política.

A pressa dos cristãos deve ser por conquistar almas e não tomar o poder. A conquista do poder pode ser adiada ou até cancelada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...