Pular para o conteúdo principal

*Burger King lança seu primeiro *hamburguer gay

*Burger King lança seu primeiro *hamburguer gay
La Proud Whopper, de Burger King
*Burger King lança ao mercado norte-americano ‘*Proud *Whopper’ para oferecer seu apoio ao Orgulho Gay em São Francisco. *Piper diz “Chora comigo” por esta campanha.
07 DE JULHO DE 2014, SÃO FRANCISCO
Envolvido nas cores do arco íris do movimento gay, o *Whopper de *Burger King *Worldwide Inc. leva o lema “Todos somos iguais por dentro”. O lançamento do *hamburguer tem sido acompanhado por um vídeo promocional em *Youtube, subido faz dois dias, que já tem conseguido mais de dois milhões de vistas.


O vídeo demonstra a vários participantes da marcha do Orgulho Gay comentando positivamente sobre a mensagem do novo *Whopper.



Segundo Fernando *Machado –vice-presidente da empresa de comida rápida estadounidense- o efeito que pretende o *hamburguer é “defender os direitos da comunidade *LGBT (*lesbiana, gay, *bisexual e transsexual) e ser fiel à filosofia de *Burger King de ‘Como tu queiras”.



*Machado acrescentou que o *hamburguer só estaria disponível em São Francisco durante um tempo limitado, mas que este primeiro *hamburguer gay representa uma condenação para qualquer discriminação contra pessoas por raça, religião, género ou orientação sexual.


*PIPER: “CHORA COMIGO", "ADEUS *BURGER KING”

O conhecido e respeitado *pregador americano John *Piper ante este lançamento não se mostraste tão satisfeito como *Machado com a ideia. De facto, manifestou-se publicamente na contramão em sua página de Facebook escrevendo: “*Good *bye, *Burger King” [Adeus, *Burger King].



Acrescenta: “Se queres saber o porquê, olha os últimos cinco segundos do vídeo [o vídeo promocional de *Burger King] e chora (comigo)”.



Nesses cinco últimos segundos que menciona, se pode ver a uma menina com duas mulheres a seu lado que diz em voz alta: “Eu amo minhas duas mamães”.
Autores: Will Graham
Editado por: Protestante Digital 2014

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pré-candidato, Collor diz que não se arrepende de confisco da poupança

Ex-presidente falou sobre a prisão de Lula: "uma injustiça"

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTC), em entrevista à Folha de S.Paulo publicada nesta sexta-feira (13), afirmou que o confisco das cadernetas de poupança implementado por seu governo "era uma necessidade absoluta" e que "faria do mesmo jeito" se tivesse que voltar àquele momento.


"Era uma necessidade absoluta. Se voltando àquele momento, faria do mesmo jeito. Tem a questão do próprio impeachment, que é uma coisa interessante", disse, ao ser questionado se o gesto foi um equívoco.


"O que houve foi um bloqueio do dinheiro que circulava na economia. A inflação estava em 82% ao mês. Havia instrumentos de especulação financeiros danosos, tínhamos que criar um ambiente em que pudéssemos fazer um congelamento de preços, que é algo terrível, uma medida que a gente deve evitar o quanto possível", disse ele na entrevista.


O senador disse ainda que continuará com a pré-can…

Briga entre advogados de Lula se torna explícita e agora envolve familiares

12911
A humilhação a que o abobalhado Cristiano Zanin submeteu o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Sepúlveda Pertence, extrapolou os limites do bom senso e da discrição e já envolve parentes dos envolvidos. A indignação do filho de Sepúlveda, Evandro Pertence, segundo conta o jornal Estadão, foi estampada no seguinte torpedo disparado contra Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Martins, num grupo de WhatsApp: “Não precisamos de vocês para ter qualquer tipo de protagonismo! Meu pai é e sempre será maior que vocês”. Lamentável que, certamente por dinheiro – não há outra explicação - Sepúlveda se nivele por tão baixo.
Perdemos um grande jurista para o PT. É mais um estrago provocado por esta infame organização criminosa. É também a demonstração da notória inteligência da seguinte expressão popular: "Quem com porcos anda, farelo come."
Informação do Jornal da Cidade 

Filho de Lula mergulha na depressão: "Meu mundo caiu"

O jovem Luís Claudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, está vivendo em estado de profunda depressão. A informação extremamente abalizada e fidedigna é da respeitabilíssima coluna Radar, da Revista Veja. O quadro depressivo teria se agravado após a prisão do ex-presidente. Luleco, como é conhecido o rapaz, é réu na Operação Zelotes, juntamente com o pai. Os seus advogados já conseguiram adiar o seu interrogatório por quatro vezes. Fortes rumores indicam que Lula, de dentro da cadeia, tenta conseguir através do deputado petista e atual presidente do Corinthians, Andrés Sanches, um time na Europa para o garoto trabalhar. Há quem diga que o seu estado tem se agravado bastante em função do temor de ser preso. Lula quer afastá-lo do Brasil.

Jornal da Cidade