Subscribe:

16 de julho de 2014

O Dom da Amizade: você tem amigos na igreja? (1/4)

ODomDaAmizadeVoceTemAMigosNaIgreja1

Nós falamos muito sobre relacionamentos na igreja

Há metas de palestras de casamento, retiros e conferências. Há séries de vídeos e livros para recém-casados e noivos. A maioria das igrejas oferece aconselhamento conjugal, e a maioria dos pastores prega sobre isso com alguma regularidade na igreja. E o mesmo é verdade com relação à criação de filhos. Há dezenas de livros a respeito disso. Existem a EBD, blogs e ministérios que se concentram no relacionamento entre pais e filhos. Tudo isso é bom.
Mas você já notou que raramente estudamos sobre a amizade? Entre os relacionamentos mais importantes, a amizade é a menos abordada na igreja.
Pense sobre as suas maiores alegrias na vida. Elas provavelmente orbitam em torno dos seus amigos — os bons momentos passados juntos, as grandes conversas, as risadas, o compartilhar, o prazer de se relacionar intimamente (não de fazer panelinha!) com outra pessoa ou com um grupo de pessoas.
Agora pense nos momentos mais dolorosos da vida. Sem dúvida, doença e tragédia estão na lista. E ainda assim, frequentemente, tais dificuldades são amenizadas pelo apoio de amigos e família. Mas quando a amizade vai mal — quando as coisas ficam constrangedoras ou quando você se sente excluído — nenhuma saúde ou prosperidade pode preencher o vazio. Muitas coisas ruins podem se tornar maravilhosas com amigos, e quase tudo o que há de bom pode ser terrível sem eles.
O pior verão da minha vida foi o verão que passei enfurnado em uma cabana nas montanhas do Colorado, trabalhando em um livro de estudos sobre governo nacional. Por três meses eu trabalhei 10 horas por dia estudando ciência política com um colega de classe e o nosso professor da faculdade. Nós não tínhamos eletricidade (nós recarregávamos nossos laptops na cidade todos os dias) nem encanamento interno (nós usávamos uma casinha). Mas esse não era o problema principal. Eu me acostumei com o estilo de vida rústico. O problema era a falta de amigos. Eu estava cercado de beleza natural sublime, trabalhando em algo que eu gostava bastante e tinha tempo livre todas as noites e todos os fins de semana para ler, correr ou explorar. Mas eu estava triste, porque eu me sentia completamente sozinho.
É surpreendente que não falemos com mais frequência sobre amizade na igreja. Dependendo de como você define amizade, a Bíblia pode ter mais a dizer a respeito do relacionamento entre amigos do que sobre casamento e o relacionamento entre pais e filhos. Além disso, eu aposto que a “satisfação” da igreja é amplamente baseada em duas coisas. Se você encontra alegres frequentadores, estou certo de que você encontra esses dois itens presentes, e onde os membros estão descontentes, posso quase garantir que essas duas coisas estão faltando: ensino de qualidade e relacionamentos de qualidade. Sem dúvida, há muitos outros aspectos importantes da vida eclesiástica. Mas para a maioria das pessoas, esses são os que mais importam. As pessoas querem uma igreja que as ensine bem (o que inclui sermões, louvores, classes e estudos bíblicos) e uma igreja onde elas possam fazer amigos.
Eu não sei se fazer amigos está mais difícil do que nunca. De certa maneira, com a possibilidade de viagens e a tecnologia, está mais fácil do que costumava ser. Mas ainda há diversos fatores que diminuem a possibilidade de amizade genuína.
  • Somos extremamente móveis, nos mudando de lugar em lugar, raramente ficando estabelecidos em um local por um longo período.
  • Somos consumidos pela vida familiar, colocando quase todo o nosso tempo livre em nossos filhos e, o que resta, em nossos cônjuges.
  • Somos enganados pelo e-mail e pelo Facebook, imaginando que temos centenas de relacionamentos espetaculares quando, na verdade, temos um monte de “torcedores”, conhecidos e poucos amigos de carne e osso.
  • Somos fascinados por relacionamentos de mão única, gastando energia emocional ao criarmos laços com nosso ator favorito, nosso atleta favorito ou nosso concorrente favorito do American Idol.
  • Amizade é algo maravilhoso e todos nós queremos uma. Mas amigos podem ser difíceis de conseguir. Isso não é novidade. Um verdadeiro amigo sempre foi um dos dons de Deus mais buscados. “Muitos proclamam a sua própria benignidade; mas o homem fiel, quem o achará?” (Provérbios 20:6). Felizmente, o livro de Provérbios fala muito de amizade. Ele não irá ajudá-lo a encontrar amigos, pelo menos não diretamente. Mas Provérbios o ajudará a ser um amigo melhor. E os melhores amigos normalmente têm os melhores amigos.
Em particular, Provérbios nos convida a fazer três perguntas relativas à amizade: Você é falso? Você é desagradável? Ou você é fiel?
O Dom da Amizade: você tem amigos na igreja? (1/4)
O Dom da Amizade: você é um falso amigo? (2/4) [16/Julho]
O Dom da Amizade: você é um amigo desagradável? (3/4) [17/Julho]
O Dom da Amizade: você é um amigo fiel? (4/4) [18/Julho]
Por: Kevin DeYoung; Original: The gift of friendship and The godliness of good friends; Copyright © The Gospel Coalition; Website: TheGospelCoalition.org.
Tradução: Alan Cristie; Revisão: Renata do Espírito Santo; Original: O Dom da Amizade: você tem amigos na igreja? (1/4); Copyright © Voltemos ao Evangelho; Website: VoltemosAoEvangelho.com.
Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Voltemos ao Evangelho

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...