Pular para o conteúdo principal

Presidente do TRE de Alagoas, Elizabeth Carvalho se diz decepcionada com eleição de Dilma


A presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas, Elisabeth Carvalho, se disse decepcionada com a vitória Dilma Rousseff na disputa pela Presidência da República neste domingo. Por meio de redes sociais, a desembargadora lamentou o resultado das urnas e citou escândalos envolvendo o PT para justificar as críticas.


Na mensagem, a desembargadora chama atenção também para os tímidos números do desenvolvimento da economia brasileira, sobretudo para a alta da inflação e pífio crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link http://tnh1.ne10.uol.com.br/noticia/politica/2014/10/28/311128/pelo-facebook-presidente-do-tre-se-diz-decepcionada-com-vitoria-de-dilma ou as ferramentas oferecidas na página.

“Estou decepcionada, não com os analfabetos e miseráveis do Bolsa Família. Foram ameaçados e coagidos. Estou sim, decepcionada, estarrecida, com as pessoas esclarecidas, que esqueceram o Mensalão, o alto índice de analfabetismo, a degradação da Saúde, Educação, Segurança Pública. Esqueceram o pior índice de crescimento do Brasil, em toda sua história, 0,28%. Esqueceram a alta da inflação, que ficou acima da Meta”, comentou ela. 



A desembargadora cita os recentes escândalos da Petrobras, que mostraram uma possível superfaturamento em contratos da estatal, além de o pagamento de propina para partidos políticos. A presidente do TRE faz questão de ressaltar também a suspeito de superfaturamento das obras da Copa do Mundo, que ultrapassaram todas as previsões orçamentárias. “Esqueceram do superfaturamento nas Obras da Copa. Esqueceram os escândalos de roubalheira na Petrobrás, Pasadena, Roberto Costa e o doloreiro Youssef. Esqueceram da crise energética. Esqueceram de tanta coisa ruim desse desgoverno, que só chego à uma conclusão: Os esclarecidos esqueceram deles mesmos, dos seus filhos, dos seus irmãos!Espero um dia, esquecer toda minha decepção”, concluiu ela.



Dilma Rousseff (PT) obteve 941.286 votos em Alagoas, vencendo em 90, do total de 102 municípios alagoanos. Isso equivale dizer que a presidenta foi a vencedora em 88% das cidades de Alagoas. O percentual obtido pela candidata reeleita foi de 62,12% dos votos válidos. Já Aécio Neves (PSDB) obteve 574.012 votos, um que representa um percentual de 37,88%. 



Apoiada pelo governador eleito Renan Filho (PMDB) e pelo senador Fernando Collor de Mello (PTB) em Alagoas, Dilma venceu em todos os municípios situados no Sertão, no Agreste e na Região Metropolitana de Alagoas. No Litoral Sul, a presidente reeleita perdeu apenas em Coruripe, onde Aécio Neves teve 54,53% dos votos.



Fonte gazetaweb.com
- See more at: http://www.ferreiradelmiro.com/2014/10/presidente-do-tre-de-alagoas-elizabeth.html#sthash.rmPYjwDn.dpuf

Uol Noticias


Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link http://tnh1.ne10.uol.com.br/noticia/politica/2014/10/28/311128/pelo-facebook-presidente-do-tre-se-diz-decepcionada-com-vitoria-de-dilma ou as ferramentas oferecidas na página.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade