Subscribe:

13 de outubro de 2014

Silas Mafalaia chama Crivella de mentiroso e ataca Edir Macedo


Rô Moreira 

Analisando a pergunta e resposta entre Silas Malafaia e Marcelo Crivela.

O contexto da pergunta visa influenciar o voto dos evangélicos, e assim, fazer esse povo desistir de votar no candidato em questão. Silas diz: "como vocês considerarão  o povo, se vocês não consideram  nem mesmo os seus irmãos?" Vejo esta pergunta como uma controvérsia de Silas, como se o mesmo considerasse algum  irmão em Cristo com tantos ataques a irmãos que estão em evidência e  na política.

Bom, apesar de parte da pergunta ser bem verdadeira e coerente, mas no que tange a ser bispo licenciado, realmente isto não existe, muito embora eu achar isso menos grave. Pois o que mais me incomoda é ver esse candidato fazer da antiga obra de Deus sua plataforma política atual (A fazenda Canaã, na cidade de Irece, BA). Quanto aos canais de televisão, é prática das igrejas neopentecostais oferecerem valores muito além dos valores reais para retirar programas evangélicos do ar, por considerarem outras igrejas como concorrentes de suas intenções de arrecadações. Porém, o Pastor mais uma vez se mostra infeliz ao se dirigir com tanta rigorosidade a um candidato evangélico, foi assim com Marina Silva e agora, se mostrando como sempre arrogante, com o candidato Marcelo Crivela. E por incrível que parça é sempre complacente com candidatos considerados "ímpios", como foi com o ex. governador Sergio Cabral, o atual prefeito Eduardo Paes e o candidato derrotado ao governo do estado Lindiberg Farias, e até, com o presidenciável Aécio Neves. As atitudes do pastor Silas Malafaia demonstram que o mesmo se sente como a voz do povo evangélico no Brasil, uma espécie da "Papa", algo muito longe de ser uma realidade. E quanto a perda do seu horário semanal para a igreja Universal parece lhe incomodar até a presente data, mas isso não pode ser motivo para apequenar um debate tão importante para o povo carioca como é o debate dos candidatos ao governo do Estado. Já a resposta do candidato Crivela foi a altura ou profundidade da pergunta, logo de início mostrou a que veio o Pastor, o mesmo é quase um cabo eleitoral do candidato Pezão e ao mesmo tempo disse que sua trajetória política anda em paralelo a igreja, ou seja: continua bispo atuante, pois prega e visita igrejas como autoridade da Universal. Oras, bolas... Um vive a defender os seus interesses particulares dizendo que são da igreja, o outro vai na contramão da igreja, mas não larga osso para se favorecer dela.

2 comentários:

Ana Emilia Barbosa disse...

Muito lamentável a postura desse senhor, não tenho muita admiração por a IURD, porém acho que qualquer um pode se candidatar, e provar que é capas de fazer um bom governo, pelo o pouco que entendo posso perceber que ao senhor Malafaia o que interessa é as coisas serem favoráveis a ele, como se sabe até a IURD já foi algo bom para ele.

Muito sensata as suas considerações.

Que Deus abençoe, irmão Evaldo-Catalão-Go.

pastor cesar martins santos disse...

ola pessoal quando este que ficam se gradiando, satanás bate palmas, seu silas acho melhor vc. cuidar dos membros e deixar a vida de politicos prá lá, vc. e macedo é farinha do mesmo saco.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...