Subscribe:

7 de novembro de 2014

Partido da Guatemala, parabenizou Dilma pela vitória , três dias antes das eleições.



Circula pelas redes sociais um documento publcado no site do Foro de S.Paulo (veja o documento) em que um partido da Guatemala dá os parabéns a Dilma pela eleição, mencionando a diferença de votos, com a data de 22 de Outibro de 2014- antes da eleição, portanto, e em um momento em que ninguém apostaria no resultado final da eleição.

A Alternativa Nueva Nación (ANN) é um partido de extrema esquerda e “inimigo do imperialismo” da Guatemala que abriga ex-filiados a várias organizações de esquerda, principalmente militantes e ex-guerrilheiros das chamadas Forças Armadas Revolucionárias (FAR), que se dissolveram, em meados dos anos 90, após 30 anos de guerrilha contra diferentes governos do país — ditaduras militares ou eleitos.
No documento abaixo, dirigentes da ANN saúdam a vitória de Dilma Rousseff nas eleições, atacam “as manobras da direita mais conservadora” brasileira e saúdam, “como partido integrante do Foro de São Paulo e de seu Grupo de Trabalho”, partidos como o PT e o PCdeB.
Até aí nada demais, mas o curioso e estranhíssimo é que, em link que aparece no Google do próprio Foro de São Paulo quando se clica o nome da organização — confiram aqui –, o documento é datado de 22 de outubro de 2014 — três dias portanto, ANTES do segundo turno da eleição presidencial. E o documento menciona até a diferença de votos que separou Dilma de Aécio Neves.
O linguajar tijolal e monótono, recheado de velhos lugares-comuns , igualzinho ao dos partidos de esquerda de quando eu era estudante e tinha 18 anos de idade, muito antes da queda do Muro de Berlim, mostra entre várias coisas o desconhecimento dos “camaradas” guatemaltecos em relação às alianças do PT, porque o tempo todo co-atribuem o triunfo ao microscópico PCdoB — e não a aliados poderosos, e conservadores, do lulopetismo, como o PMDB e o PP.
Diz o documento:
Saudamos jubilosamente o triunfo da Companheira Dilma e do PT no Brasil
Da Guatemala, as e os companheiros integrantes dos organismos de Direção e Militância da Alternativa Nova Nação, Partido integrante do Movimento Revolucionário guatemalteco, com enorme alegria e satisfação constatamos que o povo brasileiro teve a capacidade de valorizar e respaldar os grandes avanços sociais, políticos e econômicos que se produziram no Brasil desde o triunfo dos Companheiros Lula e Dilma, na aliança construída pelo Partido dos Trabalhadores, PT, o Partido Comunista Brasileiro (sic), PCdoB, e outras forças, outorgando o triunfo eleitoral à Companheira Presidente Dilma Rousseff, com uma diferença de mais de três milhões de votos, nos quais se pode identificar claramente o respaldo dos setores populares do país irmão.
Esta aliança de partidos conseguiu também obter a maioria das cadeiras no Congresso e no Senado (sic) brasileiro, apesar das manobras da direita mais conservadora, com a cumplicidade do Partido da Social Democracia Brasileira, PSDB, que decidiu identificar-se com os setores mais ricos, e que com o apoio de forças da direita do Continente e das multinacionais da informação, tentaram construir um cenário de medo na população, o que inclusive produziu manipulações no mercado de valores do Brasil; mas o povo decidiu e o fez sabiamente.
Como Partido integrante do Foro de São Paulo e de seu Grupo de Trabalho, sentimo-nos orgulhosos por este triunfo das forças democráticas brasileiras, o que permitirá aprofundar as transformações sociais e econômicas, o combate à pobreza e desigualdade que o capitalismo predador construiu no Brasil no passado.
Também porque este triunfo do PT, do PCdoB e seus aliados possibilitará continuar na rota de integração latino-americana e caribenha.
Longa vida ao projeto político do PT e do PCdoB em favor do desenvolvimento e da democracia!
O triunfo de Dilma é do povo brasileiro e de todos os povos da América Latina e do Caribe!
Por uma Guatemala justa, digna e solidária.
Guatemala, 22 de outubro de 2014.


Folha Politica

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...