Subscribe:

8 de novembro de 2014

Passadas as eleições, Silas Malafaia quer interlocutor do PT com evangélicos?



Antes das eleições Silas Malafaia disse que estava sendo perseguido “como nunca por esse governo corrupto”
É um ensaio para uma possível aproximação?
Nem mesmo iniciou-se o novo governo e o pastor Silas Malafaia já se antecipou? Ele teria mandado o recém eleito deputado federal Sóstenes Cavalcante fazer uma visita a Gilberto Carvalho, Secretário Geral da Presidência da República, segundo o Radar On Line da Veja.
O encontro entre Sóstenes e o petista Gilberto Carvalho teria ocorrido na quarte-feira (08/out). Na reunião o emissário de Malafaia teria sugerido que Benedita da Silva (PT) seja a interlocutora entre o governo do PT e os evangélicos.
COMENTÁRIO: Por tudo que aconteceu, não há muito o que comentar. Todos já sabem a relação entre o pastor Malafaia e o PT (pelo menos na retórica). Abaixo alguns escritos de Silas Malafaia em seu Twitter antes e depois das eleições:malafaia malafaia twitter   malafaia twitterPossivelmente, já precavendo-se das enxurradas de críticas, Malafaia escreveu hoje em seu Twitter:Malafaia TwitterBem, antes mesmo de ser reeleita Dilma Roussef continuava sendo Presidente do Brasil. Então deve-se orar por ela agora por estar revestida de autoridade? Mas somente agora?  E antes?
Direito Previdenciário a Homossexuais
Oremos pelo pastor Silas Malafaia!
Quem é Benedita da Silva?
Aquela que exatamente um ano atrás, ao referir-se a José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino, tratou-os como “heróis” e “guerreiros,” injustiçados e vítimas da direita e da grande imprensa. Vejamos o que escreveu em seu Blog o ativista pró-família Julio Severo sobre Bendita da Silva e o aborto:
“Em 1992, numa comissão da Câmara dos Deputados sobre aborto, acompanhei o então presidente da CNBB. Ele foi tratado de forma muito desrespeitosa. Ele estava defendendo a vida e os outros, inclusive a comunista Jandira Feghali, defendiam o aborto aos gritos, palavrões e vulgaridades.
A então deputada evangélica Benedita da Silva estava lá, do lado dos abortistas. E eu, um evangélico, estava com o presidente da CNBB e um líder pró-vida católico. Estávamos em total minoria. Depois da reunião, cobrei da Benedita. Eu disse a ela pessoalmente: “Como você tem coragem de se aliar a indivíduos sem o Espírito Santo que apoiam o aborto?”
Ela me respondeu: “Não diga uma coisa dessas. Todos têm o Espírito Santo.”
Benedita da Silva na cerimônia de  assinatura do Decreto que sanciona a lei da  Parceria Civil que concede o Direito Previdenciário a Homossexuais
Benedita da Silva (à direita) na cerimônia de assinatura do Decreto que sanciona a lei da parceria civil que concede o Direito Previdenciário a Homossexuais



0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...