Pular para o conteúdo principal

Delegado que registrou a morte de Celso Daniel é morto a tiros na grande S. Paulo.



O delegado Josimar Ferreira de Oliveira, 52 anos, foi morto a tiros durante um assalto á sua casa, em Itapecerica da Serra, na Grande S. Paulo, na noite desta quinta-feira,15. A Mulher dele também foi agredida pelos criminosos e dois suspeitos estão foragidos.

O crime aconteceu na Rua Lapa, no parque Yara Cecy, onde o delegado estava com sua  a mulher.
Por volta das 22hs 30, dois suspeitos invadiram a casa em que o casal morava. Segundo informa a secretaria de Segurança Publica (SSP) a dupla estava armada com revólveres.



a mulher de Oliveira foi  a primeira a ser abordada pelos bandidos, ainda no quintal da casa. De acordo coma SSP, ela foi agredida pelos assaltantes com uma coronhada na cabeça. O delegado, então, teria percebido uma movimentação estranha e foi até a área externa da residência para verificar.

Os criminoso dispararam contra o delegado, que foi atingido com dois tiros no rosto. A vítima ainda teria lutado com um dos assaltantes, antes de ser baleada.

Os criminosos fugiram logo após efetuarem os disparos. O delegado chegou a ser levado para o hospital Geral de Itapecerica da Serra, mas não resistiu aos ferimentos.

O caso será investigado em inquérito policial pela delegacia da cidade. Oliveira era delegado assistente do 1º Distrito Policial do Município.


O delegado Romeu Tuma Jr lembrou que Josimar Ferreira de oliveira registrou  o assassinato de Celso Daniel:

"Mataram o delegado Josimar Ferreira de Oliveira, que trabalhava comigo à época da morte do Ex prefeito Celso Daniel em Juquitiba, tendo sido o responsável pelo registro do BO do caso, além de participar das investigações na minha equipe. lamento profundamente pela pessoa que era, e me causa estranheza que ocorra ás vésperas de recomeçar a investigação do caso!  Espero urgente e cabal esclarecimento por parte da Polícia, sobre o triste e intrigante episódio"


Folha Politica

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade