Subscribe:

14 de fevereiro de 2015

AS FOICES ERGUIDAS EM HONRA DE GENÉZIO BOFF.


por Bruno Braga. Artigo publicado em 
No dia 24 de Janeiro, Leonardo - quer dizer - Genézio Boff recebeu o prêmio "Luta pela Terra". Ele foi "agraciado" durante as comemorações dos 30 anos do MST e dos 10 anos da Escola Nacional Florestan Fernandes, o centro de "formação" e de treinamento de militantes do movimento sem-terra, onde foi realizada a cerimônia.
É o reconhecimento do trabalho de Genézio. Não por conta da questão agrária propriamente, mas pelos serviços prestados ao próprio MST. Principalmente pelo esforço de tentar maquiar as ações criminosas dos sem-terra com os embustes da Teologia da Libertação - um simulacro de teologia forjado para tomar de assalto a Igreja Católica, para distorcer a fé, instrumentaliza-la e promover o projeto de poder totalitário socialista-comunista. Projeto hoje dirigido pelo Foro de São Paulo - organização fundada por Lula e por Fidel Castro em 1990 -, sendo o MST um de seus mais ativos integrantes e Genézio Boff parte de sua milícia de "intelectuais" - nas eleições fraudadas do ano passado, ele atuou como um dos principais cabos eleitorais da Presidente petista Dilma Rousseff.
Enfim, a "escola" do MST - que recentemente serviu de palco para que os sem-terra firmassem um acordo com a Venezuela, comprometendo-se o aliado bolivariano, que também é membro do Foro de São Paulo, a doutrinar e treinar os seus militantes em táticas de guerrilha - celebrou com foices erguidas o "apostolado" de Genézio Boff em favor da revolução socialista-comunista.
PS. Entre outros, o MST também premiou com o "Luta pela Terra" a Irmã Anne, Irmã Alberta Girardi, Frei Henri dês Roziers, Dom Erwin Krautler, Dom Pedro Casaldáliga - e fez uma homenagem póstuma a Dom Tomás Balduino.
 



Rô Moreira: Eis aí um discípulo que apoia  invasores de terras, à propriedade privada, se esqucendo do mandamento de Deus: "Não roubarás e Não cobiçaras as coisas alheias". Toda esta turma que apóia a Teologia da libertação tais como: Pedro Casaldáglia, Frei Beto, Boff, são exemplos de que uma teologia marxista travestida de boas obras consegue dar a massa de manobra popular que ela manipula, em beneficio da guerrilha e do caos social.

2 comentários:

Tom Alvim disse...

E no meio evangélico existe uma cópia desta ideologia da Teologia da Libertação chamada Missão Integral...é tudo farinha do mesmo saco.
Abração Rô!

Pb Fernando disse...

PTralhas asquerosos e virulentos que vivem a propagar suas ideologias comunistas e para isso utiliza de todos os meios sórdidos e inescrupulosos para alcançar seus objetivos. Pior que tudo isso mana, é vermos um monte de crentes defender esses calhordas...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...