Pular para o conteúdo principal

Bispo Edir Macedo é entrevistado por Roberto Cabrini no "Conexão Repórter Especial"

Silvio Santos interferiu pessoalmente para a realização da entrevista

O bispo Edir Macedo relata sua trajetória de vida numa longa entrevista ao jornalista Roberto Cabrini no programa "Conexão Repórter", do SBT, neste domingo (26), a partir das 22h30.

A realização da entrevista contou com o empenho pessoal do próprio dono da emissora, Silvio Santos, em uma negociação que durou 8 meses.

O apresentador abriu mão de 1 hora e meia de seu programa dominical para a exibição do "Conexão Repórter" com o bispo Macedo, que raramente aparece em conversas com a imprensa brasileira. Também é raro o dono do SBT ceder espaço de seu próprio programa de auditório para outras atrações.

A reportagem reconta a história de sucesso do surgimento da Igreja Universal em uma praça pública do Rio de Janeiro à abertura do Templo de Salomão, em São Paulo, mostra a origem humilde e os laços familiares do bispo Macedo e toca em questões polêmicas como a prisão e sua relação com o mundo político.
Entrevista marcante

Em mais de 1 hora e meia de entrevistas, gravadas no espaço de 15 dias, o programa do SBT revela os pensamentos que fundamentam a fé e os princípios do bispo Macedo à frente de uma das maiores igrejas evangélicas do mundo.

Roberto Cabrini conta que foi umas das entrevistas mais marcantes de sua carreira. "A autenticidade e transparência de Edir Macedo, o tempo inteiro disposto a responder sobre tudo abertamente, me chamou atenção", afirma o jornalista, que visitou as cidades onde o bispo Macedo nasceu e viveu e os locais símbolos do início de sua pregação, hoje espalhada para mais de 100 países.
As entrevistas de Cabrini com o bispo Edir Macedo aconteceram nos escritórios do Templo de Salomão.

Parte 1
Parte 2

Comentários

Primeira vez aqui, e gostei muito das informações encontradas.

http://mulheresqueoramm.blogspot.com.br/

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade