Pular para o conteúdo principal

Padres e bispos se negam a abençoar casamento coletivo com casal gay


Mesmo assim, 73 casais oficializaram a união neste sábado (13) em Itajaí.
"Isso é só amor que a gente sente", disse o noivo do casal homoafetivo.


Itajaí, na região do Vale, realiza há oito anos cerimônias anuais de casamento coletivo. Neste sábado (13), pela primeira vez o evento não contou com a benção de um padre e um bispo. Segundo a organização, nenhum dos religiosos convidados aceitou participar pois, entre os 73 noivos que oficializaram a união, há um casal homoafetivo. 
"A gente não tá aqui para querer escandalizar ninguém. A gente respeita e só quer ser respeitado", disse o auxiliar de Recursos Humanos Fabrício Alexandre. Ele namorava há quatro anos com o cabelereiro Ricardo Gomes Santos, com quem se casou na tarde deste sábado. 
"Só vamos oficializar o que a gente sente um pelo outro, sem desrespeitar quem está ao nosso redor, tendo a nossa família cada vez mais perto e presente, sempre. Isso é só o amor que a gente sente um pelo outro", reforça Ricardo. 
Emoção
 "Com o meu marido tão romântico, daí eu acho que eu entrei no romantismo também e fiquei muito nervosa", desabafou a auxiliar de cozinha Ana Cleide Romão antes do início da cerimônia, que foi efetuada por dois juízes de paz. 
A maioria não abriu mão do terno e do vestido de noiva branco. "Como manda o figurino", disse a dona de casa Jaqueline Teodora Santana. 
Um sentimento era compartilhados por todos, a felicidade pela união. "É aquilo que um ser humano espera. Para a vida toda. Que seja feliz para sempre, como nas histórias", disse o pedreiro Ialisson da Silva Flores.

Comentários

Zazzle Korpan disse…
Olá;

Tenho uma maneira nada convencional de pensar é verdade e não me enquadro no que é politicamente correto. Não me prostituo ( apesar de sofrer muitas criticas e muitas pessoas acharem que o que eu faço é prostituição ), não mato e não vendo drogas. Então o que há de errado em pensar grande e escolher sempre o melhor? Ter uma mente milionária não é pecado e gostar das coisas boas pode ser considerado apenas bom gosto. Quero ser rica, quero ser grande, quero ter sucesso, para isso preciso aprender e lutar e este blog de uma forma ou de outra está me auxiliando. Meu blog é um pouco diferente dos normais, mas vou provar a todos que chegarei lá. Se quiser visitar e acompanhar http://comoencontrarumbompartido.blogspot.com.br/

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade