Pular para o conteúdo principal

Sóstenes Cavalcante processa organizadores da Parada Gay

Deputado evangélico afirma que encenação de transexual crucificado teve o intuito de escarnecer a fé cristã
Sóstenes Cavalcante processa organizadores da Parada GaySóstenes processa organizadores da Parada Gay
O deputado federal Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ) apresentou, nesta terça-feira (16), denúncia junto ao Ministério Público de São Paulo contra os organizadores da 19ª Parada do Orgulho LGBT, realizada no dia 07 de junho de 2015, em São Paulo.
De acordo o parlamentar, os organizadores do evento devem ser responsabilizados pelo crime de profanação. No documento protocolado junto ao MP, Sóstenes cita que um dos principais trios elétricos presentes na Marcha levou a representação da crucificação de Jesus Cristo que foi encenada com um corpo feminino postado em uma cruz de madeira, tendo como protagonista de tal escárnio a transexual conhecida como Viviany Beleboni e que os organizadores foram coniventes.
“De maneira nenhuma a organização do evento, bem como seus idealizadores, podem se valer da desculpa que desconheciam previamente a realização da encenação do ato da crucificação, a qual é sagrada para qualquer cristão, uma vez que a provocação foi protagonizada em cima de um dos trios elétricos da organização da Marcha, que tinha acesso restrito de pessoas e neles só podiam fazer parte com a devida autorização”, argumentou o parlamentar.
“O que vimos durante a 19ª Marcha do Orgulho LGBT e o que vemos em diversas outras manifestações protagonizadas por ativistas homossexuais é o intuito claro de escarnecer, ridicularizar, achincalhar, zombar, troçar, desprezar, vilipendiar, aviltar, menoscabar, desdenhar, injuriar e tratar de modo ultrajante os dogmas e objetos da consciência religiosa cristã extrapolando assim a esfera imposta pelo Direito Penal e se inserindo na prática do delito tipificado no artigo 208, do Código Penal”, justificou Sóstenes.

Gospel Prime

Comentários

Filho de Jacó disse…
Eu acredito que se o Messias fosse uma mulher, o Evangelho nunca seria pregado ou ouvido; e a Enviada de Deus seria crucificada antes mesmo de começar a pregar. Pois, o Machismo Primitivo de Milênios atrás, ainda é bem forte entre os Religiosos. Se Deus tivesse se apresentado como sendo Feminino, não existiria o Cristianismo e nem mesmo a crença em Deus. A praga do Machismo nas Sociedades tornam os Religiosos em Cegos e Ateus. Pois, se fosse provado que Deus é do sexo Feminino, a Fé em Deus e o Cristianismo seriam extintos em questão de horas pelos Atuais Fariseus e Machistas que crê que o Sexo Masculino é a Verdade e o Sexo Feminino é a Perdição e a Mentira da Religião.

Postagens mais visitadas deste blog

Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné Equatorial e Congo não investirão mais no Brasil se Bolsonaro for eleito.

Bolsonaro já disse, não tem acordo com a esquerda, países como, Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné equatorial, Congo e entre outros, não levarão nenhum centavo do povo brasileiro.

O Paí já colocou R$ 42 Bilhões na Ilha que ficou mais conhecida como Ilha de Fidel. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.
Uma risonha presidente Dilma Rousseff inaugurou, ao do ditador cubano Raúl Castro, a primeira fase do Porto de Mariel, em Havana.

 Na época a presença de Dilma se devai a uma razão principal : a conta foi paga por ela- na verddae, por todos os brasieliros. O Mariel custou US$ 957 milhões de dólares, dos quais US4 802 milhões vieram de financiamento concedido pelo banco nacional de Desenvolvimento Econômico e Social(BNDES).

 O montante equivale a 2 bilhões. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.

Istoé notícia-Jornal 21 Brasil

TSE suspende propaganda do PT que associa Bolsonaro à tortura

Luis Felipe Salomão, do TSE, suspendeu a propaganda eleitoral em que a coligação petista associa Jair Bolsonaro à ditadura e à tortura.

O ministro atendeu o pedido da defesa de Bolsonaro, que alegou que o programa veiculado viola a lei eleitoral, “uma vez que incute medo na população ao sugerir que se o candidato Jair Bolsonaro for eleito vai perseguir e torturar eventuais opositores políticos”.

“O tribunal tem feito um esforço no sentido de elevar o nível do debate para se evitar a disseminação desse clima de pânico que estão criando”, disse o advogado de Bolsonaro, Tiago Ayres, a O Antagonista.

Dilma e Gleisi vão a Cuba 'denunciar' situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, viajam na semana que vem para Cuba para participar do encontro anual do Foro de São Paulo, que congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Ali, as duas pretendem "fazer uma denúncia" sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os petistas classificam como "prisão política".


"Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO. "Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional." O encontro ocorre em Havana entre o domingo, 15 de julho, e a terça, 17. No site da entidade, já há destaques para a prisão do ex-presidente, como um "Mapa de Mobilização Mundial Lula Livre" e manifestações de políticos e entidades…