Pular para o conteúdo principal

Sóstenes Cavalcante processa organizadores da Parada Gay

Deputado evangélico afirma que encenação de transexual crucificado teve o intuito de escarnecer a fé cristã
Sóstenes Cavalcante processa organizadores da Parada GaySóstenes processa organizadores da Parada Gay
O deputado federal Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ) apresentou, nesta terça-feira (16), denúncia junto ao Ministério Público de São Paulo contra os organizadores da 19ª Parada do Orgulho LGBT, realizada no dia 07 de junho de 2015, em São Paulo.
De acordo o parlamentar, os organizadores do evento devem ser responsabilizados pelo crime de profanação. No documento protocolado junto ao MP, Sóstenes cita que um dos principais trios elétricos presentes na Marcha levou a representação da crucificação de Jesus Cristo que foi encenada com um corpo feminino postado em uma cruz de madeira, tendo como protagonista de tal escárnio a transexual conhecida como Viviany Beleboni e que os organizadores foram coniventes.
“De maneira nenhuma a organização do evento, bem como seus idealizadores, podem se valer da desculpa que desconheciam previamente a realização da encenação do ato da crucificação, a qual é sagrada para qualquer cristão, uma vez que a provocação foi protagonizada em cima de um dos trios elétricos da organização da Marcha, que tinha acesso restrito de pessoas e neles só podiam fazer parte com a devida autorização”, argumentou o parlamentar.
“O que vimos durante a 19ª Marcha do Orgulho LGBT e o que vemos em diversas outras manifestações protagonizadas por ativistas homossexuais é o intuito claro de escarnecer, ridicularizar, achincalhar, zombar, troçar, desprezar, vilipendiar, aviltar, menoscabar, desdenhar, injuriar e tratar de modo ultrajante os dogmas e objetos da consciência religiosa cristã extrapolando assim a esfera imposta pelo Direito Penal e se inserindo na prática do delito tipificado no artigo 208, do Código Penal”, justificou Sóstenes.

Gospel Prime

Comentários

Filho de Jacó disse…
Eu acredito que se o Messias fosse uma mulher, o Evangelho nunca seria pregado ou ouvido; e a Enviada de Deus seria crucificada antes mesmo de começar a pregar. Pois, o Machismo Primitivo de Milênios atrás, ainda é bem forte entre os Religiosos. Se Deus tivesse se apresentado como sendo Feminino, não existiria o Cristianismo e nem mesmo a crença em Deus. A praga do Machismo nas Sociedades tornam os Religiosos em Cegos e Ateus. Pois, se fosse provado que Deus é do sexo Feminino, a Fé em Deus e o Cristianismo seriam extintos em questão de horas pelos Atuais Fariseus e Machistas que crê que o Sexo Masculino é a Verdade e o Sexo Feminino é a Perdição e a Mentira da Religião.

Postagens mais visitadas deste blog

Mangueira critica líderes cristãos e alfineta Bolsonaro Enredo da escola de samba se propôs a falar sobre a vida de Jesus

Ana Luiza Menezes - 24/02/2020 01h52


Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
1 de 6

Na noite desde domingo (23), a Mangueira apresentou um desfile sobre a vida de Jesus. Além do enredo, intitulado A Verdade Vos Fará Livre, o grupo levou para a avenida várias pessoas, que interpretaram Cristo.


A rainha de bateria da escola, Evelyn Bastos, foi uma das intérpretes de Jesus, bem como o ator Humberto Carrão. O pastor Henrique Vieira esteve na avenida como Cristo em situação de rua.

A Comissão de Frente da Mangueira apresentou uma versão contemporânea de Jesus, na qual ele também foi exibido como morador…

Policial diz estar sendo ameaçado após denunciar coronel da PM do Rio

RENOVA Mídia
Imagem: Reprodução/Twitter
“Acabo de ser informado que não tenho mais porte de armas, estou no processo de expulsão da PM”, disse Monteiro.

Gabriel Monteiro, youtuber e soldado da Polícia Militar do Rio de Janeiro, afirmou, nesta quinta-feira (5), que perdeu o porte de armas e corre sérios riscos de ser expulso da corporação.


Os motivos da retaliação, segundo ele, foram as denúncias em suas redes sociais contra coronéis do alto escalão da PM.


Em vídeo publicado no YouTube, o soldado declarou:“Pode ser meu último vídeo, e decidi fazer enfrentando ainda mais os Coronéis que desonram a sociedade. Se conseguirão me matar, talvez, mas nunca tocarão na minha dignidade.”

Monteiro também divulgou um boletim em que consta uma sindicância aberta contra ele, na Corregedoria da PM do Rio, por transgressão disciplinar de natureza grave.
A justificativa usada contra Gabriel é de que ele teria tratado o coronel reformado da PM, Ibis Pereira, de forma desrespeitosa, em duas ocasiões no final d…

Juninho Pernambucano Chama Moro De “Canalha, Traidor Da Pátria”

“Esse canalha traidor da pátria pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam”, afirmou o ex-jogador Juninho Pernambucano sobre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro O ex-jogador Juninho Pernambucano bateu pesado no ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para quem “a resposta às críticas injustas da imprensa ou das redes sociais não pode jamais ser a censura ou o controle da palavra”. Complementado um tweet do líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (RS), Juninho escreveu: “Paulo, esse canalha traidor da pátria, pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam. E sabemos quem o faz ter tanta confiança pra passar por cima de tudo, quem o segura, protege e torna suas mentiras, parte da lei. O mundo sabe”.
Para Juninho Pernambucano Moro é traidor por prender o maior ladrão da pátria.  Só no Brasil mesmo. Petista e asno são iguais.