Pular para o conteúdo principal

Imagens de Jotta A. com despacho causam polêmica

Um blog gospel divulgou fotos do cantor Jotta A. diante de um trabalho de macumba. O cantor afirmou que está sendo vítima de calúnia e que as fotos são montagens.
“Vocês sabem da responsabilidade que eu tenho com Yaveh, com Jesus Cristo, Yeshuah. É só a Ele que eu adoro e vocês sabem disso”, afirmou o jovem cantor que está gravando um novo CD evangélico depois de ficar sumido do meio gospel.
“Eu não preciso de nada disso para alcançar o sucesso, porque eu tenho uma profecia sobre a minha vida, desde criança. Foi Deus quem me deu esse dom”, afirmou ele desmentindo que os trabalhos de macumbaria seriam para que ele volte a fazer sucesso, como foi noticiado.
Foto macumba Jotta A
Suposta montagem em outro angulo.
Como todo boato, a notícia de que Jotta A. estaria se envolvendo com outra religião se espalhou rapidamente, até porque o site que divulgou as imagens tem grande alcance nas redes sociais.
Consultado pelo Gospel Prime, um designer profissional que achou melhor não se identificar afirma que “dificilmente alguém conseguiria fazer montagem de três ângulos diferentes”. Também chama atenção para “as luzes da vela refletindo na roupa branca (cor que mais reflete). A possível luz nas costas do personagem fazendo sombra e esses mesmos reflexos na estátua da imagem”.
Mas Jotta A. garante que foi vítima e que usaram editores de imagens para denegri-lo diante do público evangélico.
Jotta A e o despacho
Terceiro ângulo da suposta montagem.
O site que noticiou já fez uma tréplica dizendo que não plantou falsas fotografias e ainda divulgou um vídeo do cantor em um aplicativo de dublagem imitando um travesti. A troca de acusações gerou muita polêmica no Facebook durante esta semana.
Essa não é a primeira vez que Jotta A. fica no “olho do furacão”, há alguns anos um vídeo onde ele a cantora Beca Costa estão brincando e falando besteiras também caiu na rede mundial de computadores e gerou muita polêmica.
Assista o desmentido do cantor:




Gospel Prime.

Comentários

Antonio Costa disse…
Quem acredita em profecia como as atuais no meio pentecostal, não está muito longe da macumba, as profetas (geralmente mulheres), se comportam como verdadeiras mães de santo, no modo de falar, no modo como se torcem e requebram recebendo o que dizem ser o Espírito Santo, no modo de atender em suas casas longe dos templos e da vista do Pastor local.

OBS: Nasci e cresci em igreja pentecostal e sei do que estou falando.

Postagens mais visitadas deste blog

Dilma e Gleisi vão a Cuba 'denunciar' situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, viajam na semana que vem para Cuba para participar do encontro anual do Foro de São Paulo, que congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Ali, as duas pretendem "fazer uma denúncia" sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os petistas classificam como "prisão política".


"Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO. "Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional." O encontro ocorre em Havana entre o domingo, 15 de julho, e a terça, 17. No site da entidade, já há destaques para a prisão do ex-presidente, como um "Mapa de Mobilização Mundial Lula Livre" e manifestações de políticos e entidades…

Descontrolada, Gleisi diz que o juiz Sérgio Moro é 'safado e sem-vergonha'; assista

A senadora Gleisi Hoffmann subiu à tribuna do Senado para defender a tentativa de tirar o ex-presidente Lula da cadeia com um habeas corpus ilegal concedido por um desembargador militante no plantão, contrariando o próprio Tribunal, as cortes superiores, e o CNJ. Descontrolada, Gleisi concentrou seus ataques no juiz Sérgio Moro, que ela chamou de "safado e sem-vergonha". Gleisi ainda garantiu que "O Brasil vai pagar muito caro, a democracia brasileira vai pagar muito caro. E eu tenho certeza de que vamos criar situações muito graves no Brasil ainda de instabilidade, a que nós não vamos conseguir dar direção e saída".



Assista: 

Leia também:

Pré-candidato, Collor diz que não se arrepende de confisco da poupança

Ex-presidente falou sobre a prisão de Lula: "uma injustiça"

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTC), em entrevista à Folha de S.Paulo publicada nesta sexta-feira (13), afirmou que o confisco das cadernetas de poupança implementado por seu governo "era uma necessidade absoluta" e que "faria do mesmo jeito" se tivesse que voltar àquele momento.


"Era uma necessidade absoluta. Se voltando àquele momento, faria do mesmo jeito. Tem a questão do próprio impeachment, que é uma coisa interessante", disse, ao ser questionado se o gesto foi um equívoco.


"O que houve foi um bloqueio do dinheiro que circulava na economia. A inflação estava em 82% ao mês. Havia instrumentos de especulação financeiros danosos, tínhamos que criar um ambiente em que pudéssemos fazer um congelamento de preços, que é algo terrível, uma medida que a gente deve evitar o quanto possível", disse ele na entrevista.


O senador disse ainda que continuará com a pré-can…