Pular para o conteúdo principal

Lula ensina como fazer o impeachment de Dilma - Revivendo o passado



A legitimidade do Impeachment dada pelo ex. Presidente Lula


Rô Moreira

A forma mais fácil da Presidente Dilma Rousseff sofrer o processo de impeachment é repetir o processo realizado por ocasião do impeachment do então Presidente da República
Fernando Collor. Basta o Presidente da Câmara Eduardo Cunha rejeitar os pedidos de impedimento que estão em suas mãos para que a oposição possa recorrer por maioria simples, 258 votos. Eles tem cerca de 280 votos garantidos, o bastante para desenterrar os pedidos, não precisariam mais dos 342 votos que precisam atualmente. Depois disso é só incitar os movimentos de rua para fazerem passeatas diárias em todo o Brasil em busca do procedimento.Como bem entendi aqui

Depois da pressão popular nos deputados, até quem é simpático a este governo mudará de opinião, pelo simples fato do voto ser aberto, ninguém quer se queimar com o povo para defender o indefensável, pois o que não falta é acusação consistente que não vai adiante por conta do aparelhamento do Estado.

Basta ver no TSE as irregularidades da campanha, as pedaladas no TCU, a Lava Jato na PF, além das ações, de empréstimos, tomadas no BNDES em favor de países bolivarianos e de algumas ditaduras africanas e os rombos nos fundos de pensão do correio, da Petrobras e da Varig, entre outros fundos que ainda não temos conhecimento. A legitimidade do impeachment existe, não é golpe, basta ver as declarações consistentes do ex. Presidente Luis Inácio Lula da Silva na época do impeachment do ex. Presidente Fernando Collor, quando o mesmo afirmava a legitimidade do povo em fiscalizar e cobrar seriedade do governo ao invés de esperar passar os quatro anos, para aí sim, corrigir o erro da escolha. Na opinião do ex. Presidente Lula temos sempre que lutar por um país melhor, doa a quem doer. Nisto ele está coberto de razão, portanto vamos seguir o conselho do nosso ex. Presidente e seguir avante para juntos derrubarmos esse governo corrupto.



Comentários

Mais um excelente artigo.
Sinceramente, até hoje não entendi porque as oposições( Aécio, Marina, Pr. Everaldo, Eymael, Levi Fidelix- que os considero como candidatos do bem)não se esforçaram para derrotarem DEMOCRATICAMENTE através do instituo legal do Impeachment este DESgoverno que só esta destruindo o Brasil.
Se realmente eles não sabem como livrar o Brasil desta equipe malévola que se apoderou do Palácio do Planalto, eles também não teriam capacidade de livrar o Brasil dos grandes problemas que estamos enfrentando atualmente.
Sinceramente, estou decepcionado com as "oposições" que não está lutando o suficiente para devolver o Brasil aos brasileiros de bem.
Mas também penso outra coisa: A oposição sabe como derrotar este DESgoverno, porém tem medo de pegar este ABACAXIZÃO e não poder descascá-lo até 2018 e se queimar novamente perante à opinião pública.
Sejam quais forem as atitudes da oposição, ela não está ajudando o Brasil.
Por que mesmo Collor sofreu o impeachment? Se comparado a este dois governos, foi mais por desvios mínimos.
Se esperarmos até 2018, ainda vai ter um país chamado Brasil?

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Toffoli manda recado a Zanin

Zanin conseguiu angariar a antipatia generalizada e hoje é um estorvo na defesa do meliante Lula.O ministro Dias Toffoli está disposto a apagar a pecha que lhe foi impregnada de ‘petista’.

De antemão, usou o jornal Folha de S.Paulo para mandar um recado com endereço certo. O advogado Cristiano Zanin.

Caso ele assuma o plantão do Supremo Tribunal Federal (STF), não adianta entrar com habeas corpus em favor do ex-presidente Lula. Ele não concederá liminar, em hipótese alguma.

A preocupação atual do ministro é assumir sem problemas a presidência do STF.

Outro fator preponderante para o posicionamento de Toffoli, segundo fonte segura, é a aversão entre todos os ministros do STF ao próprio advogado.

Zanin conseguiu angariar a antipatia generalizada e hoje certamente é um estorvo na defesa do meliante petista.

Por outro lado, há quem diga que Toffoli não é petista. É ‘Dirceusista”.

Faz sentido. Zé Dirceu está solto.

Jornal da Cidade

Discurso de Janaína Paschoal causou pânico no establishment

O discurso de Janaína Paschoal na convenção do PSL, que lançou Jair Bolsonaro na disputa pela presidência da República, causou pânico na grande mídia e na esquerda, ou seja, no establishment. 
Foi notável que logo após a fala da jurista no evento, a grande mídia tratou de tentar joga-la contra o partido. Teve grande mídia dizendo que ela irritou aliados. Teve outra dizendo que ela criticou os eleitores de Bolsonaro.  No entanto, como já estamos cansados de saber, quando a grande mídia critica algo, é porque esse é o caminho certo.  Filipe Martins, no Twitter, explicou o porquê deste discurso ter incomodando tanto a velha imprensa. 
Confira em 7 tuítes:




Filipe G. Martins@filgmartin  · 
1. O discurso da Janaína está cumprindo um papel importante na transição da campanha do Deputado Jair Bolsonaro.