Pular para o conteúdo principal

Pastor é escalado para fazer meio de campo entre Dilma e Eduardo Cunha


12270835

O pastor Samuel Ferreira, da Assembleia de Deus do Brás, em SP, foi um dos escalados para fazer o meio de campo entre o governo Dilma Rousseff e o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele é íntimo do peemedebista e apoiou a presidente na eleição de 2014 –até a levou para um culto no Brás.
MÃOS VAZIAS
De acordo com integrante da equipe de Dilma Rousseff, o governo não tem como prometer a Cunha o que não pode entregar –ou seja, algum tipo de blindagem nas investigações da Operação Lava Jato.
MÃOS CHEIAS
Caso Cunha deixasse a presidência da Câmara, no entanto, seria possível para o governo botar o pé no freio e não engrossar as fileiras do que propõe que ele seja cassado, ainda que 32 parlamentares do PT já tenham apoiado ações contra ele no Conselho de Ética do parlamento.
SÉRIO RISCO
Na análise de advogado próximo do PT, a proposta poderia interessar, já que, uma vez cassado, Cunha corre o sério risco de ser preso. E não apenas pelas acusações de ter contas no exterior –mas também por suspeitas de que tentou coagir testemunhas das investigações. O parlamentar já negou tanto que tenha recursos fora do país quanto que tenha pressionado depoentes da Lava Jato.
TÔ FRACO
As liminares concedidas ontem pelo STF (Supremo Tribunal Federal) acabaram transformando Cunha no elo mais fraco, por enquanto, de qualquer tentativa de negociação. Ele perdeu o poder de acionar a bomba do impeachment contra Dilma a qualquer momento.

Jornal o Dia Noticias.

Obs :Não podemos esquecer do Envolvimento da Igreja com a lava-jato. Pois receberam  parece que foi 500 mil de "oferta"? Ganharam dois cheques parece via Eduardo Cunha. 
Por isso esta incumbência de apaziguar Cunha e Dilma, e a impunidade continua.

Mas, fazer acordo com Dilma,  seria péssimo para os Brasileiros, Se cunha fizer acordo com Dilma, já era. Dilma disse que ninguém tem moral pra retirar ela do poder. vejam a que ponto ela chegou, de acusar os que são como ela, imorais e corruptos.

Espero que Cunha não caia nessa, pois com o PT, não tem acordo. 

Comentários

JULIO GUIMARÃES disse…
Vejo uma distância enorme entre essas armações políticas, e o evangelho de Jesus, a igreja precisa de homens que preguem a Palavra, sem medo, sem conchavo com os perversos. Esse Eduardo Cunha, tem dado um horrível testemunho de cristão, e todos os que não tem coragem de denunciar o pecado, fazem parte da mesma raça, a raça de víboras da qual Jesus mencionava ao falar com religiosos,... essa raça que está na Assembléia que dizem ser de Deus tem provado que de Deus não tem nada! São covardes, cruéis, cínicos, amantes dos prazeres mais do que amigos de Deus! Eu sinto ânsia de vômito, nojo dessa corja instalada nas igrejas evangélicas!!!

Mas Deus ha´de saciar nossa sede fome de justiça!!!
Chamem o Silas Malafaia para fazer o meio de campo....Isso é mesmo piada. Se já não bastasse esse tal Samuel Ferreira ter levado a Dilma em sua Igreja agora vai dar uma de conciliador? É como diz a música: Cada um no seu quadrado...
Antonio Costa disse…
Quem conhece sabe bem quem é a peça, pastorzinho politiqueiro barato, fomentador de heresias, amigo dos endinheirados, detesta pobre inclusive não os batiza e nem realiza seus casamentos, é por isso que é unha e carne de Cunha, são todos da mesma laia e se não se arrependerem vão parar no mesmo lugar na eternidade.

Postagens mais visitadas deste blog

TSE suspende propaganda do PT que associa Bolsonaro à tortura

Luis Felipe Salomão, do TSE, suspendeu a propaganda eleitoral em que a coligação petista associa Jair Bolsonaro à ditadura e à tortura.

O ministro atendeu o pedido da defesa de Bolsonaro, que alegou que o programa veiculado viola a lei eleitoral, “uma vez que incute medo na população ao sugerir que se o candidato Jair Bolsonaro for eleito vai perseguir e torturar eventuais opositores políticos”.

“O tribunal tem feito um esforço no sentido de elevar o nível do debate para se evitar a disseminação desse clima de pânico que estão criando”, disse o advogado de Bolsonaro, Tiago Ayres, a O Antagonista.

Cid Moreira reaparece e comove o Brasil: ”Vivo minha fase final”

Apresentador que marcou a história do ‘Jornal Nacional’ fala sobre os 90 anos. Famoso durante muito tempo por dar o ‘boa noite’’ no ‘’Jornal Nacional’’, Cid Moreira agora é mais conhecido por ser a ‘’’voz de Deus’’ [VIDEO]. Aos 90 anos de idade, o jornalista investe o seu tempo nas narrações de textos bíblicos e comove milhares de cristãos. Cid Moreira recusou-se a fazer propaganda milionária ao lado de Fátima Bernardes Cid é casado com Fátima Moreira há 16 anos e deu uma entrevista ao portal de notícias UOL sobre o fato de estar completando 90 anos com a saúde em dia. “Vivo minha fase final”, afirmou. Entre os muitos fatos pitorescos de sua vida narrados na reportagem, Moreira revela que se recusou a receber R$ 2 milhões para fazer uma propaganda de carne ao lado de Fátima Bernardes. A celebridade, na época, teria recebido R$ 5 milhões para o comercial. O jornalista também chegou a injetar silicone líquido no rosto, o que o fez quase perder a visão de um dos olhos. Filho processa Ci…

Juninho Pernambucano Chama Moro De “Canalha, Traidor Da Pátria”

“Esse canalha traidor da pátria pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam”, afirmou o ex-jogador Juninho Pernambucano sobre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro O ex-jogador Juninho Pernambucano bateu pesado no ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para quem “a resposta às críticas injustas da imprensa ou das redes sociais não pode jamais ser a censura ou o controle da palavra”. Complementado um tweet do líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (RS), Juninho escreveu: “Paulo, esse canalha traidor da pátria, pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam. E sabemos quem o faz ter tanta confiança pra passar por cima de tudo, quem o segura, protege e torna suas mentiras, parte da lei. O mundo sabe”.
Para Juninho Pernambucano Moro é traidor por prender o maior ladrão da pátria.  Só no Brasil mesmo. Petista e asno são iguais.