Pular para o conteúdo principal

Aline Barros, a diva do gospel mais cara do Brasil,fez um show em São Luis e causou polêmica no Facebook


A popstar do evangelho normalmente cobra um cachê de R$ 150 mil, mas, devido a unção extra que levaria a cidade, a cantora cobrou 200 mil reais, afinal, como é sabido as musiquinhas dela agora contam com uma versão remix.
Aproveitando a grande oportunidade de provocar os católicos em plena quarta-feira de cinzas, a diva gospel soltou no seu Facebook:
alibne-barros
Por dedução lógica, os internautas compreenderam que os católicos não são filhos de Deus. Após a polêmica estourar na rede, a cantora apagou o post, mas não conseguiu inibir os protestos na sua página do Facebook.


“Ta vendo essa cruz na minha testa? Não é amuleto, mas sim sinal de salvação.
Quarta-Feira de Cinzas início da Quaresma, tempo de conversão, oração e jejum…”, disse o jovem Hugo Matos na página da cantora.
Ariane,  recordou a cantora o sentido da quarta-feira de cinzas: ” “lembra-te que és pó, e ao pó há de retornar” Gn 3,19
Vai ter Quarta Feira de cinzas sim, vai ter quaresma sim, e se não gostar, vai correndo para as colinas”

Comentários

Anônimo disse…
Rô, boa noite!

Quanto tempo não nos falamos!! (apesar de virtual)

Infelizmente somos julgados e até execrados pelos nossos atos ou palavras atualmente, não falo de desvios de caráter ou criminalidade, mas o fato de algumas pessoas julgarem por aquilo que dissermos, acham que se tivermos opiniões divergentes da "massa" ou da mídia, valemos menos que bandidos conhecidos.
Não julgo os valores da Aline Barros, digo isso financeiramente, mas sim o fato dela expor sua opinião, e ser perseguida, difamada, caluniada e diga-se até ameaçada. Que sociedade queremos criar assim, onde alguns deslizes geram tremendo desconforto e dissabores incontáveis?
Fica minha reflexão, sem uma conclusão, mas sabedor que há muito ainda para se discutir qual é o limite de minha e da opinião alheia.

Abraços,

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade