Pular para o conteúdo principal

Com o Juiz Moro não tem conversa, Santana tem bens bloqueados e o próximo deve ser o chefão





Após decretação da prisão de João Santana, marqueiro do PT, amigo e
comparsa de Lula e Dilma, a corruptalha está de cabelo em pé em Brasília.
E tudo leva a crer que Lula é o próximo alvo nas próximas fases da
Lava Jato. Santana era peça chave para se chegar ao chefão dos trambiques.
A lista dos 'malacabados' alvos da Lava Jato nesse 23ª Fase.

1) João Cerqueira de Santana Filho;


2) Mônia Regina Cunha Moura;


3) Polis Propaganda e Marketing Ltda.;


4) Santana & Associados Marketing e Propaganda Ltda.;


5) Zwi Skornicki;


6) Eloisa Skornicki;


7) Bruno Skornicki;


8) Armando Ramos Tripodi;


9) Olivio Rodrigues Júnior;


10) Marcelo Rodrigues, CPF nº 266.263.838-92;


11) Graco Corretora de Câmbio S/A;


12) Luiz Eduardo da Rocha Soares;


13) Fernando Migliaccio da Silva; e


13) Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho.


É tudo uma questão de tempo e se o povo for pra rua em peso nenhum
corruptopata escapará. Dia 13/03 está aí.

BLOQUEIO DE BENS DE R$ 3 MILHÕES
O juiz federal Sérgio Moro, que conduz os processos da Lava Jato, decretou o
sequestro do imóvel a pedido da força-tarefa do Ministério Público Federal e da

Polícia Federal.
"Identificamos, com auxílio da Receita Federal que João Santana
adquiriu um apartamento em São Paulo de R$ 3 milhões, que parecia
incompatível. O valor saiu da empresa Polis", afirmou o delegado da

PF Filipe Hille Pace.
Segundo ele, apesar da compra ter sido declarada em nome da Polis, foi identificado
por acordo de cooperação com o Citibank em Nova Iorque, um pagamento de
US$ 1 milhão para o dono do apartamento.
A 23ª fase da Lava Jato tem como foco central os pagamentos da Odebrecht e
do operador de propinas Zwi Skornicki para contas secretas do marqueteiro João
Santana e de sua mulher e sócia, Mônica Moura. O casal seria controlador da
offshore Shellbill Finance SA, aberta no Panamá. A conta recebeu pelo menos
US$ 3 milhões entre 2012 e 2013 que teria relação direta com o PT.
"Nossa suspeita é que ele (Santana) usou parte do dinheiro que ganhou da
Odebrecht para adquirir imóvel no Brasil. Há indícios de que ele tenha adquirido
com recursos espúrios, traduzindo atos de lavagem", afirmou o delegado, em
entrevista coletiva concedida na manhã desta segunda-feira, em Curitiba.
 (Com informações de UOL)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Toffoli manda recado a Zanin

Zanin conseguiu angariar a antipatia generalizada e hoje é um estorvo na defesa do meliante Lula.O ministro Dias Toffoli está disposto a apagar a pecha que lhe foi impregnada de ‘petista’.

De antemão, usou o jornal Folha de S.Paulo para mandar um recado com endereço certo. O advogado Cristiano Zanin.

Caso ele assuma o plantão do Supremo Tribunal Federal (STF), não adianta entrar com habeas corpus em favor do ex-presidente Lula. Ele não concederá liminar, em hipótese alguma.

A preocupação atual do ministro é assumir sem problemas a presidência do STF.

Outro fator preponderante para o posicionamento de Toffoli, segundo fonte segura, é a aversão entre todos os ministros do STF ao próprio advogado.

Zanin conseguiu angariar a antipatia generalizada e hoje certamente é um estorvo na defesa do meliante petista.

Por outro lado, há quem diga que Toffoli não é petista. É ‘Dirceusista”.

Faz sentido. Zé Dirceu está solto.

Jornal da Cidade

Discurso de Janaína Paschoal causou pânico no establishment

O discurso de Janaína Paschoal na convenção do PSL, que lançou Jair Bolsonaro na disputa pela presidência da República, causou pânico na grande mídia e na esquerda, ou seja, no establishment. 
Foi notável que logo após a fala da jurista no evento, a grande mídia tratou de tentar joga-la contra o partido. Teve grande mídia dizendo que ela irritou aliados. Teve outra dizendo que ela criticou os eleitores de Bolsonaro.  No entanto, como já estamos cansados de saber, quando a grande mídia critica algo, é porque esse é o caminho certo.  Filipe Martins, no Twitter, explicou o porquê deste discurso ter incomodando tanto a velha imprensa. 
Confira em 7 tuítes:




Filipe G. Martins@filgmartin  · 
1. O discurso da Janaína está cumprindo um papel importante na transição da campanha do Deputado Jair Bolsonaro.