Pular para o conteúdo principal

Dilma entrega casa mobiliada e depois que deixa o condomínio empresa retira os móveis

Olha o golpe que Dilma dá em famílias só pra mídia ver ..."Não queria essa repercussão toda", diz morador do Campos da Serra após ter eletrodomésticos devolvidos




Dilma fez tudo até ser registrado pela mídia, entregou casa e moveis, depois empresa retirou tudo..  Após ter recebido das mãos da presidente Dilma Rousseff as chaves de seu apartamento no loteamento Campos da Serra, na última segunda-feira, os beneficiados Eliel e Adriane Silveira tiveram uma terça-feira pra lá de inusitada. Começou pela manhã, com um desapontamento para o casal. Quatro eletrodomésticos que estariam entre os objetos oferecidos como presente pela empresa responsável pelo empreendimento foram retirados, sob a explicação de que não seriam parte da doação, mas apenas parte do cenário montado para a visita presidencial.
O argumento ia contra o que Eliel e a esposa teriam ouvido de um representante da empresa na presença de Dilma, de que tudo que estava no apartamento seria ofertado ao casal. Mas durante a tarde, a advogada da Arcari Empreendimentos negou que a promessa tivesse sido feita.
— Ninguém da empresa disse que os móveis e eletrodomésticos seriam doados. Na sexta-feira, nos avisaram que a presidente viria e que precisaríamos ambientar um apartamento para a visita. Só retiramos o que havia sido pego emprestado em uma casa (os eletrodomésticos). Inclusive pagaremos os móveis que estavam consignados — afirmou a advogada.
Diante do impasse e da repercussão negativa do caso, contudo, a própria empresa voltou atrás no fim da tarde, fazendo contato com a família e afirmando que os móveis seriam devolvidos ao apartamento, desta vez como doação em definitivo. A entrega de uma televisão de 32 polegadas, um fogão a gás, uma geladeira e uma máquina de lavar roupas ocorreu às 18h40min, sem a presença de nenhum representante da Arcari.
Para Eliel, a intenção não foi polemizar ou ferir a imagem de Dilma ou da Arcari. Diante do final feliz, agradeceu as doações e ressaltou que só quis que fosse cumprido aquilo que foi prometido diante da presidente.
— A gente não queria essa repercussão toda. Nas redes sociais vimos muita gente falando mal da empresa, outras criticando a gente. Mas não somos aproveitadores e nem tenho nenhuma filiação com partido político nenhum. Só que nos foi prometido uma coisa, talvez até por desconhecimento de quem falou, e depois não foi cumprido. Mas agora está tudo resolvido e eu quero agradecer à empresa.

Comentários

Pb Fernando disse…
Nunca pensei que o PT fosse composto por pessoas tão vagabundas... tão mal caráter... É inadmissível que essa corja de bandidos continue à frente da nação brasileira.

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade