Pular para o conteúdo principal

Moro dá ultimato de cinco dias a Lula e intima ex presidente para que se explique sobre cofre encontrado pela PF




As Ações do Juiz Sergio Moro são temidas por seus alvos por uma razão bem simples: Moro não costuma questionar operações lícitas , documentadas e transparentes. Daí o pânico quando alguém é citado em algum de seus despachos ou quando alguém é convidado a depor. O Juiz Moro é meticuloso e conta com uma equipe de inteligencia  extremamente dedicada e competente. tanto é que, entre os acusados que tiveram a infelicidade de cair nas garras da Lava jato, estão executivos bilionários, com dinheiro para contratar os advogados mais caros do planeta. Nem assim, conseguiram escapar.

O ex-presidente Lula está em vários pontos do radar da Força-tarefa de Curitiba, que tem adotado a técnica infalível de comer o mingau pelas beiradas, para não queimar a língua. após perder o selo de intocável e o lacre de inviolável, Lula agora é um mingau morno.

Nesta sexta-feira, 11 , Moro fez uma nova intimação ao ex-presidente Lula, através de um despacho. A intimação é relacionada a uma operação de busca em um cofre no Branco do Brasil. O Juiz autorizou essa busca, a pedido do Ministério Público, após ter encontrado um documento que apreendido na casa do ex-presidente. O documento se refere à 23 " caixas lacradas" que estariam guardadas no cofre de uma agência no Banco do Brasil, localizada no centro de São Paulo.

 Segundo  a policia Federal foram encontrados 132 objetos , como jóias, moedas, obras de arte. esses objetos foram analisados na quinta feira (1) pela Polícia  Federal. A maioria desses presentes  foram recebidos pelo ex presidente Lula durante o mandado no palácio do Planalto e adquiridos com as viagens dele (lula) no exterior. Os bens estão guardados sem custo algum.


 Recolhimento do material

 A mulher de Lula, Marisa letícia e o filho do casal Fábio Luiz Lula da Silva seriam os responsáveis pela guarda do material de acordo com os autos. O Juiz federal pede para que sejam coletadas informações a respeito de  quem pagou pelo armazenamento  e como tudo aconteceu. Respeitando a solicitação do Ministério Público Federal, Moro deu cinco dias para que o ex-presidente Lula atenda ao pedido do Ministério. Porém, o Juiz não revela o teor dessa solicitação: " Não cabe, nessa fase, qualquer conclusão deste juízo acerca do resultado da busca.

Lula esta enrolado. os Objetos estão armazenados desde 2011 num cofre do Banco do Brasil, que alegou ter um documento que atesta tratar-se de um acervo da Presidência, o que não é verdade. Conforme o próprio Instituto Lula admitiu em nota, cabe ao ex-presidente arcar com todos os custos do acervo.

Imprensa Viva

Comentários

Pb Fernando disse…
A cada dia o cerco se fecha contra esse corruPTo. O Dr. Sérgio Moro é extremamente inteligente e estrategista e para o desespero dos PTralhas está chegando no chefão da gangue.

Postagens mais visitadas deste blog

Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné Equatorial e Congo não investirão mais no Brasil se Bolsonaro for eleito.

Bolsonaro já disse, não tem acordo com a esquerda, países como, Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné equatorial, Congo e entre outros, não levarão nenhum centavo do povo brasileiro.

O Paí já colocou R$ 42 Bilhões na Ilha que ficou mais conhecida como Ilha de Fidel. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.
Uma risonha presidente Dilma Rousseff inaugurou, ao do ditador cubano Raúl Castro, a primeira fase do Porto de Mariel, em Havana.

 Na época a presença de Dilma se devai a uma razão principal : a conta foi paga por ela- na verddae, por todos os brasieliros. O Mariel custou US$ 957 milhões de dólares, dos quais US4 802 milhões vieram de financiamento concedido pelo banco nacional de Desenvolvimento Econômico e Social(BNDES).

 O montante equivale a 2 bilhões. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.

Istoé notícia-Jornal 21 Brasil

TSE suspende propaganda do PT que associa Bolsonaro à tortura

Luis Felipe Salomão, do TSE, suspendeu a propaganda eleitoral em que a coligação petista associa Jair Bolsonaro à ditadura e à tortura.

O ministro atendeu o pedido da defesa de Bolsonaro, que alegou que o programa veiculado viola a lei eleitoral, “uma vez que incute medo na população ao sugerir que se o candidato Jair Bolsonaro for eleito vai perseguir e torturar eventuais opositores políticos”.

“O tribunal tem feito um esforço no sentido de elevar o nível do debate para se evitar a disseminação desse clima de pânico que estão criando”, disse o advogado de Bolsonaro, Tiago Ayres, a O Antagonista.

Dilma e Gleisi vão a Cuba 'denunciar' situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, viajam na semana que vem para Cuba para participar do encontro anual do Foro de São Paulo, que congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Ali, as duas pretendem "fazer uma denúncia" sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os petistas classificam como "prisão política".


"Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO. "Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional." O encontro ocorre em Havana entre o domingo, 15 de julho, e a terça, 17. No site da entidade, já há destaques para a prisão do ex-presidente, como um "Mapa de Mobilização Mundial Lula Livre" e manifestações de políticos e entidades…