Pular para o conteúdo principal

Pezão é diagnosticado com câncer e começa quimioterapia amanhã


BRASIL

Pezão é diagnosticado com câncer e começa quimioterapia amanhã

Governador do Rio de Janeiro tira licença para tratar linfoma não Hodgkin. Segundo médico, tipo de câncer diagnosticado no tecido ósseo é incomum e agressivo, mas potencialmente curável

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão
Luiz Fernando Pezão iniciará quimioterapia e ficará ao menos um mês afastado (Wilson Dias/Agência Brasil)
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), foi diagnosticado com um tipo de câncer denominado linfoma não Hodgkin, localizado no tecido ósseo, conforme informou nesta quinta-feira a equipe médica do hospital Pró-Cardíaco. O tratamento quimioterápico vai começar nesta sexta, após um período de hidratação e inserção de um cateter sob a clavícula.
Os médicos receberam o resultado da biópsia de Pezão nesta manhã. O câncer encontrado no governador é do tipo anaplásico de grandes células T (T-ALK positivo). De acordo com o oncologista Daniel Tabak, que conduzirá o tratamento, o tipo de câncer diagnosticado é incomum e agressivo, mas potencialmente curável.

"Mais de 70% dos pacientes ficam curados com o tratamento administrado dessa forma", afirmou o oncologista. Pezão adiantou que deve se licenciar nos primeiros 30 dias e demonstrou otimismo durante entrevista coletiva à imprensa.
"Tenho plena confiança de que vamos vencer essa dificuldade. Vou lidar com esse tratamento da melhor forma e com a maior transparência possível. Vou encarar com muita determinação e firmeza. Sei que tem coisas piores na vida", acrescentou o governador, de 60 anos.
Nesta quinta-feira Pezão será submetido a uma cirurgia simples, com anestesia local, para a instalação de um cateter que facilitará a chegada dos medicamentos a veias profundas. Durante sua licença, assumirá o cargo o vice-governador, Francisco Dornelles (PP).
Há alguns anos, a presidente Dilma Rousseff e o ator Reynaldo Gianecchinitambém foram diagnosticados com linfoma não Hodgkin e se curaram após realização de quimioterapia.
(com Estadão Conteúdo

Comentários

Domingos Massa disse…
Quantas pessoas estão com cancer e dependem do sistema de saúde e são atendidas imediatamente assim como o Gov. do Rio de Janeiro! Que bom seria se todos tivessem o mesmo tratamento independente de suas posições.
Pb Fernando disse…
Será que esse bulha corrupto vai procurar o SUS para ser tratado? Claro que não! Esses canalhas além de ladrões... desfrutam do bom e do melhor as nossas custas, até mesmo quando estão morrendo.

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade