Subscribe:

28 de abril de 2016

Equipe de Dilma propõe que ela viaje o mundo para dizer que sofre um golpe


Viajem pelo mundo seria feita durante o afastamento da presidente pelo Senado



Wilton Junior/EstadãoA equipe da presidente Dilma Rousseff já planeja uma série de viagens pelo mundo para denunciar uma tentativa de “golpe”, como informa a colunista da Folha de S.Paulo, Mônica Bergamo.

Se o processo de impeachment for aprovado pelo Senado, Dilma será afastada do cargo por 180 dias para aguardar o julgamento final da Casa.
De acordo com a coluna, a ideia dos ministros, é que durante esse período, a presidente viaje por países comandados por governos de centro-esquerda, como Chile, Paraguai, além de França, Itália e Espanha, onde se reuniria com representantes de partidos de esquerda.
Caso aconteça o afastamento, o vice-presidente Michel Temer assume temporariamente, durante o período. Se Dilma for condenada no julgamento final, assumirá definitivamente.
Temer já se articula para montar a sua equipe e possui alguns nomes definidos como o do ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles para a Fazenda.
O vice também negocia apoio de partidos como o PSDB para compor a base aliada. Ele se reuniu durante esta quarta (27) com o senador Aécio Neves, onde o psdbista condicionou o apoio do partido a algumas medidas, como o fim da reeleição.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...