Pular para o conteúdo principal

JÔ SOARES DEFENDE ZÉ DE ABREU E CRITICA BOLSONARO. programa exibido ontem a noite








Em seu programa desta quarta (27), Jô Soares fez questão de se mostrar emocionado ao falar "do ambiente impaciente que o Brasil está vivendo" e defendeu o ator José de Abreu, que na última semana cuspiu em um casal durante uma discussão num restaurante de São Paulo.


O apresentador classificou como "constrangedor" o episódio envolvendo Abreu. "Um cidadão não pode sair com sua mulher para jantar que é obrigado a ouvir insultos terríveis. A reação dele foi levantar e dar uma cusparada no casal, é uma reação movida por um 'não aguentar mais'", afirmou.


Na ocasião, segundo relato do ator, o casal da mesa ao lado o teria xingado de ladrão e dito que sua mulher, Priscila Petit, é "vagabunda".


Para Jô, o comportamento das pessoas está ficando "igual ao de alguns deputados no Congresso. Ele, que na última semana reprovou a conduta de um rapaz que gritou da plateia "Fora Dilma", disse que as pessoas não podem mais assumir uma opinião ou tendência política sem serem condenadas." Ou seja, só José de Abreu e os que defendem o PT que podem assumir sua opinião ou tendência política sem poder ser agredidos, mas gente simples como o casal do restaurante, não.

    
Para Jô o casal ao lado estava errado, ou seja ele defende o ato de José de Abreu ter cuspido no casal que não tem apoio da mídia para se defender. Será que é justo as pessoas saírem por aí cuspindo nos outros por não concordar com a opinião diferente que a sua? Será que a moça que defecou publicamente na foto de Jair Bolsonaro estaria agindo com uma forma de dizer: chega,movido por não aguentar mais?? Ou seria mais uma doutrinada e massa de manobra usada para destruir reputações? Na verdade os petistas estão doentes, eles não conseguem assumir que o governo petista acabou, e estão cegos ideologicamente a ponto de se comportar de uma maneira vergonhosa como esta jovem abaixo no vídeo. O comportamento de José de Abreu e dessa jovem, é caso de internação.



Durante o suposto "desabafo", como ele mesmo chamou, Jô ainda falou que o cantor Chico Buarque tem sido agredido de "forma mesquinha": "Chico não pode sair de casa sem ser agredido ou ofendido. O Chico é um patrimônio deste país. Fico comovido e com vergonha. Feliz o país que tem um Chico Buarque."


Patrimônio deste país? Para Jô, feliz é um país que tem um compositor e poeta com musicas e poesias feito a quatro mãos. Pois Chico compra musicas dos outros.

Depois que esta noticia correu na web Chico e sua equipe tentou desmentir dizendo que estava participando de uma brincadeira de seu DVD “Desconstrução”. O documentário registrou os bastidores da gravação do CD “Carioca”.


Pelo visto cuspir nos outros por falta de argumentos em defesa do indefensável é normal. Pelo visto a esquerda e todos os seus defensores como Jô e toda a sua turma artística continuam agindo como se tivessem representando, pensando estar eternamente em um palco fantasiando uma realidade de um desgoverno e se mostram intolerantes com os que não suportam mais viver em uma propaganda mentirosa de um governo que faliu com o nosso país.

Pelo visto o Bolsonaro esta incomodando muito a Globo por estar bem nas pesquisas. Por citar o Coronel Brilhante Ustra no dia da votação do impeachment da Câmara, e por realmente não haver nada julgado contra o Coronel. A não ser uma "verdade" construída por uma Comissão com nome de Comissão da verdade criada no governo petista que ja foi usado mais de 6 bilhões em nome de  reparações a pessoas ditas torturadas no Regime militar.

Comentários

Tenorio Souza disse…
como a midia esquerda comunista fez tanto a nossa cabeça para gostar dessa gente asquerosa jo, ze de abreu... enfim, nunca e´ tarde para ver a luz diante da verdade... nunca e´ tarde para crescer...

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade