Subscribe:

22 de abril de 2016

Mãe de Isabella Nardoni revela a revista que está grávida de um menino

Extra
Tamanho do texto 
Ana Carolina Oliveira, de 32 anos, mãe da menina Isabella Nardoni, assassinada aos 5 anos em São Paulo, está grávida de um menino. Em entrevista à revista "Veja SP" ela contou que recorreu à fé e à terapia para superar a tragédia ocorrida em 2008, e que nunca imaginou que teria outros filhos. “No auge dos problemas, eu achava que jamais iria me casar vestida de noiva e ter filho. A vida dá muitas voltas”, contou Ana Carolina para a publicação.
Na época do assassinato, ela estava namorando, mas o relacionamento acabou meses depois. A administradora ficou solteira por 2 anos e, segundo contou à “Veja”, conheceu o marido Vinicius Francomano, de 29 anos, num bar. “Tem gente que fala que fui corajoso”, contou o jovem que ficou assustado com o assedio nas ruas.
Ainda segundo a entrevista, a gestação foi programada, e desejada pelo casal que se conheceu em 2010 e se casou em abril de 2014, na Catedral Anglicana. “Não tinha esperança em relação a isso (ter filhos), mas tudo mudou. Estou vivendo o meu primeiro casamento. Com o outro (Alexandre Nardoni), eu nem sequer morei junto. Fiquei grávida de Isabella aos 17 anos, hoje tenho 32”, avalia.
Ana Carolina Oliveira e a filha Isabella Nardoni
Ana Carolina Oliveira e a filha Isabella Nardoni Foto: Arquivo
Passados oito anos do crime, Ana Carolina lembrou que viveu momentos muito difíceis, e contou com o apoio de toda a população que acompanhou o desenrolar do crime até que ficasse provado que o pai e a madrasta jogaram a filha da janela. “Lutei para voltar a ser feliz, pois essa é a imagem que a minha filha tinha de mim”, disse.
Se estivesse viva, a menina teria completado 14 anos na semana passada. “A Isa sempre me viu feliz — e é assim que estou hoje. Tenho certeza: Isabella estaria feliz”, desabafou a mãe que batizará o filho de Miguel. Quando questionada se perdoaria o pai da menina, Alexandre Nardoni, e a madrasta, Anna Carolina Jatobá, a administradora foi sintética: “Isso não é comigo, é com Deus”.
Segundo as investigações, a menina Isabella foi asfixiada em 29 de março de 2008 pela madrasta e, depois, jogada pela janela do apartamento onde a família vivia, na Zona Norte de São Paulo. Dois anos depois, Anna Jatobá foi condenada a 26 anos de cadeia e Alexandre, a 31 anos de prisão. Os dois estão em presídios de Tremembé, no interior de São Paulo.
Ana Carolina Oliveira e o marido Vinicius Francomano
Ana Carolina Oliveira e o marido Vinicius Francomano Foto: Reprodução do Facebook


Extra Globo

1 comentários:

Cida Kuntze disse...

Oi Rô!
O meu desejo é que ela seja muito feliz, pois uma mãe passar por uma tragédia dessas é muito triste.
Que Deus esteja com eles!
Mesmo não comentando, sempre dou uma passada por aqui.
Beijos e fica na paz que só Jesus pode nos dar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...