Subscribe:

22 de abril de 2016

O Bolsonaro ainda não sabe o que fez comigo...






Seguir · 16 h próximo a São Paulo, SP
 










Steh Papaiano


Estou desde segunda buscando incessantemente provas e registros das torturas de inocentes no DOPS e no DOI-Codi, por se tratar de um Estado Totalitário de exceção, eu sei que figuras que lideravam guerrilhas foram torturadas, uma foto clássica é a do jornalista e professor Vladmir Herzog, fato é que os militares nunca foram dotados de grande inteligência, mas esse título de fascinoras atribuido a eles pelos adoradores de Stalin, nunca me convenceu.
Pois bem, de acordo comissão da verdade e seus depoimentos a tortura era uma prática massificada e em vários setores da sociedade, bastava discordar do regime e pronto... Coloca no pau de arara.
Minha pesquisa acerca dessa suposta tortura de inocentes se iniciou quando Jair Bolsonaro citou o Coronel Ustras e a rede social então, pegou fogo. Nada de registros documentais de fotos destas práticas, achei registros de Pinochet, da Argentina, das covas rasas de outros países da América do Sul, no Brasil tudo se resume a depoimentos... Nem mesmo o cemitério de perus tem prova científica que sejam inocentes mortos e enterrados em covas rasas pelos esquadrões da morte, não houve conclusão da exumação, DNA, somente a acusação sem provas cientificas que são mortos do regime, a pesquisa inclui um amigo que vasculhou a deep web. Hoje eu fui no tal museu da resistência que propõe simulações e registros históricos da época do famigerado Regime Militar, a coisa é tão tendenciosa que eu denomino como lesa pátria, todos sabemos que não foi um golpe e que o povo pediu para os militares assumirem e na linha do tempo montada no museu sequer existe a citação da marcha pela família com Deus. Visitei o local de banho de sol, a simulação da cela (a propósito, a cela é melhor do que as celas do cadeião de pinheiros ou de qualquer presídio regular do Brasil da atualidade - foto). Seguimos para outra sala que era cela, mas transformaram em um acervo de fotos ideologicamente tendenciosas de reuniões de resgate histórico e debates partidários sobre as "vítimas" do regime para a montagem do museu. Segui para a cela seguinte onde, bem no meio da cela existia uma coluna, um caixote e em cima uma flor... Um cravo vermelho e uma luz estratégica para destacar romantizando o crime de terrorismo, dois bancos coletivos encostados na parede e vários fones de ouvido com os relatos dos "torturados" em formato de áudio, pensei "vou me irritar, mas vou ouvir", segue relato.

"eu era do colina quando fui presa aos 19 anos, me levaram para o DOI- CODI na situação de sequestrada, pois não havia mandato de prisão, as prisões só eram legitimadas quando chegavamos no DOPS e então éramos em 15 pessoas na mesma cela, em uma das torturas eu tomei um soco nas costas que quebraram minhas costelas, tomavamos banho a cada 30 dias, mas davamos um jeito de nos banhar com canequinha... nós limpavamos o chão das celas e as paredes todos os dias com pastilha Valda, por uma questão de higiene, a limpeza oficial ocorria a cada 15 dias... o banho de sol era um prêmio, comiamos lavagem e todos os dias eu lia um escrito na parede - "meu amor eu aguentei até onde eu pude e não resisti, nos encontramos na eternidade" estava escrito com sangue - nessa hora eu mandei tudo pra pqp e sai enfurecida, se a filha da puta terrorista limpava a parede todo dia e havia uma limpeza oficial a cada 15 como ela poderia ler um escrito de sangue todos os dias? Entrei na sala ao lado e haviam fotos originais do DOPS onde constava inclusive uma sala de ginástica, confesso que havia também a foto de uma sala com uma cadeira elétrica, como eu disse acima acredito na prática de torturas, em especial quando se tratava dos lideres mais perigosos das guerrilhas... Cresci escutando professores me dizendo que os militares eram sanguinários, estupradores e fascinoras, meu pai já me dizia o contrário, meus avós me diziam o contrário e a rede social ergueu este debate histórico graças ao discurso de Jair Bolsonaro, o que eu tomava por verdade absoluta, pois eu acreditava que excessos haviam ocorrido e este conceito está caindo por terra e passou da hora de acontecer um revisionismo histórico afim de ajustar esse período e inclusive os coitadinhos da comissão da verdade recebem uma gorda verba estatal, informo que costelas quebradas deixam marcas para a eternidade e um simples raio x pode provar os fatos apresentados, mas não há um exame anexo aos processos que paga verba de reparação histórica aos "torturados", a única conclusão que cheguei até agora é, grande parte dos relatos horrendos que detalham torturas com ratos na vagina inclusive, não passam de mais uma enorme e prejudicial Funfic de esquerda, talvez seja aquela que mais nos prejudicou ao longo das últimas décadas. As pesquisas continuam e quem tiver material peço a gentileza que me mande, pois tive a ideia de montar minha tese de faculdade em cima disso... a forma como nos contam a história também é responsável por nortear nossa inclinação ideológica e talvez o Brasil deva um imenso pedido de desculpas aos militares de 64, por toda a nossa preguiça e falta de vontade de questionar a veracidade dos fatos apresentados em sala de aula.

Outra coisa que aprendi, torturadores ao longo do tempo se tornam psicopatas e a prática recorrente os faz guardar registros dos feitos, não é difícil achar tais registros sobre qualquer ditadura ao redor do mundo, segundo a guia do museu os documentos foram transferidos para o governo federal nos anos 90 e destruídos em um incêndio, ninguém sabe definir as causas.

"Homens se diferenciam de meninos pois fazem o que é preciso a qualquer custo."

Facebook

49 comentários:

Diego viergas disse...

parabéns pela pesquisa, de fato não existe provas concretas de todas estas atrocidades.

Blog do Rafa disse...

Excelente, parabéns pelo post, também acredito que essa parte da historia do nosso país deve ser reescrita, agora com honra e dignidade, e o mais importante, com a VERDADE.

Rejane disse...

Nossa! Gostei demais do artigo. Desejo que muitos e muitos outros façam como você, de não simplesmente engolir o que lhes é dito, mas conferir para ver se é verdade. 😊

Unknown disse...

Assim como você se questionou à respeito das diferentes histórias contadas por seus pais, avós e professores, eu também fiz esses mesmos questionamentos! Resultado? Também não acredito em uma vírgula sequer do que é dito pela esquerda pilantra! Parabéns pela iniciativa e pelas pesquisas! Sucesso na empreitada!

Harry - Curitiba disse...

Excelente artigo. Tomara que consiga aprofundar ainda mais as suas pesquisas.

Djalma disse...

Boa iniciativa. Questionar é o primeiro ponto necessário para fazer ciência. Acredito que assim como vc, muitos estudantes iram fazer trabalhos nessa área estimulando o crescimento do conhecimento. Parabéns

Tia Bili disse...

http://blogdemirianmacedo.blogspot.com.br/

Achei muita coisa com esta ex guerrilheira

Unknown disse...

Excelente texto, bem esclarecedor e empolgante,vem bem de encontro do que penso a respeito desse período de nossa história, que sempre achei repetitiva e parecida demais quando ouvia de meus professores, sempre tinha algo comum entre os relatos, o que parecia convincente, me despertou foi o interesse de saber se essa moeda tinha outro lado, e cada vez mais me convencer que sim!!!

Alexandre Liria Benelli disse...

Parabéns , vc refletiu o que costumo a comentar em meus círculos, quem tem curiosidade (mínima) em conhecer a história do seu país não acredita em tudo que lhe contam.

Paula disse...

Aconteceu o mesmo comigo. Tenho pesquisado bastante e estou pensando seriamente em fazer uma visita a esposa do Ustra, se ela aceitar me receber...

Cristina Naufal disse...

Parabéns pela sua pesquisa, eu vivi e muito na era militar, hoje estou com quase 60 anos e me lembro com muito gosto, que naquela epoca, tinhamos mais condiçoes de andar nas ruas, existiam sim os ladrões, mas, havia mais respeito pelo policiais ,coisa que hoje os bandidos zombam dos policiais, SE, existiam as torturas, mas eram para aqueles que queriam as badernas, pois nunca ouvi, vi ou conheci alguem que tenha sido sequestrado pelo militares de torturados, as familias andavam nas ruas e eram respeitadas, existiam sim as dificuldades para se ter um carro ou um simples telefone, mas era só trabalhar e conquistar com muito gosto aquele bem, existiam sim a sensura, mas assistiamos filme de qualidade e no teatro eram peças maravilhosas, Desculpe-me, mas hoje para assistir um filme brasileiro, pelo amor de Deus, é só pornografia, palavrões, favelas, trafico....vai me dizer que isso é cultura???? Desculpe-me, mas o que vejo hoje é a maior tortura que um governo que se diz DEMOCRÁTICO pode fazer, que são as pessoas morrendo jogadas nos corredores dos hospitais, e estão nos roubando na cara dura, e ninguém sabe de nada.?. O que escrevo e vejo é o que sinto, e choro de ver tanta gente sofrendo. HOJE SIM, UMA NAÇÃO INTEIRA ESTÁ SENDO TORTURADA.

Edvaldo Marcelo Alves disse...

Nasci em 1966, sou filho de um saudoso pai que trabalhou no Fórum João Mendes e no fim da sua carreira no Fórum do Tucuruvi-São Paulo-Capital. Meu pai nunca comentou nada sobre essas perseguições. Acredito que houve muitos que se dizem torturados e pouco ou quase nada aconteceu, pois na época do militarismo era "da pesada" dizer que era um revolucionário, que combatia os melicos, de que era perseguido. Mas o que me intriga, que em em 1982/83 e 84, época de fim de militarismo, estudava em escola do governo e quase nada se comentou pós-64 e já tinha idade suficiente para saber se houve torturas, ou então sobre o verdadeiro combate que os militares tiveram contra a infiltração do comunismo no Brasil. Por quê o Governo brasileiro não divulgou isso nas salas de aula dos anos 70 e 80? Sou de uma geração que não teve internet, que hoje é uma importante ferramenta para mostrar a verdade desse período e a esquerda sedimenta a sua doutrinação há pelo menos 80 anosem nosso país, mas a direita pouco fez para dizer a verdade para a minha geração e agora colhe amargos frutos: um monte de alienados que acreditam que o comunismo é bom, idolatram Che Guevara, Mao e Fidel e quanto a heróis que deram a sua vida para o nosso país, quase nada se sabe. O Governo dos militares deveria ter divulgado mais os benefícios que por eles foram mantidos e criados para todos nós.

Jony Ogawa disse...

Se Hitler tivesse ganho a guerra, hoje o mundo estaria estaria falando mau dos judeus... No Brasil os comunistas estão no poder por isso falam o que querem de 64 e dos militares.

paulo roberto caetano ursulino Ursulino disse...

Muito bom...

Unknown disse...

Será uma grande atitude de coragem fazer seu trabalho de conclusão de curso sobre esse tema, e bastante arriscado face aos meio acadêmico estar totalmente ocupado pela ideologia marxista. Te desejo boa sorte e que Deus te abençoe. O Filme Deus não está morto, embora seja evangélico, trata sobre um aluno que decide discordar das idéias dominantes da área acadêmica, e talvez seja interessante e encorajador.

MRLEAO disse...

Discordo apenas quando diz que os militares não são dotados de grande inteligência, mas respeito a sua opinião. Veja os resultados dos colégios militares no IDEB/ENEM e do IME e ITA no ENADE. Sem falar que o ingresso nas escolas militares é mais concorrido que a quase totalidade dos vestibulares,

Xapanime Clipmusic disse...

Pesquise os antigos moradores da região do Brás,Pari,Bela Vista e Vila Mariana. Os antigos trabalhadores das fabricas de São Caetano, São Bernado, Santo Andre e Mauá.Uma coisa eu digo " A verdade está lá fora e não é escrita em livro de histórias comunistas."

Unknown disse...

E sobre uma quantidade significativa provas testemunhais, inclusive, de quem EXECUTOU (e não, sofreu) tortura? Não está considerando que o Coronel Malhães, major Walter da Costa Jacarandá e o sargento Marival Chaves Dias do Canto, admitiram a tortura p/ Comissão da Verdade? Há outros, e tudo está documentado no Arquivo Nacional que poder acessado pela internet (foi assim, inclusive, que eu os li). Procure tbm os arquivos pessoais do Presidente Geisel.

Rodrigo Noronha disse...

"fato é que os militares nunca foram dotados de grande inteligência..."
Olha... Não vou nem comentar essa idiotice.....
Palhaçada.....
Parece que que não é dotado de inteligência é a sra, pois acreditou na mídia vendida e no PT todos esses anos.
Agora com Bolsonaro, que resolver estudar e correr atrás da verdade e vem dizer que nós militares não somos dotados de inteligência?!!!
Affffff.... Vá a....

Rodrigo Noronha disse...

"fato é que os militares nunca foram dotados de grande inteligência..."
Olha... Não vou nem comentar essa idiotice.....
Palhaçada.....
Parece que que não é dotado de inteligência é a sra, pois acreditou na mídia vendida e no PT todos esses anos.
Agora com Bolsonaro, que resolver estudar e correr atrás da verdade e vem dizer que nós militares não somos dotados de inteligência?!!!
Affffff.... Vá a....

Rodrigo Noronha disse...

"fato é que os militares nunca foram dotados de grande inteligência..."
Olha... Não vou nem comentar essa idiotice.....
Palhaçada.....
Parece que que não é dotado de inteligência é a sra, pois acreditou na mídia vendida e no PT todos esses anos.
Agora com Bolsonaro, que resolver estudar e correr atrás da verdade e vem dizer que nós militares não somos dotados de inteligência?!!!
Affffff.... Vá a....

Sim... Ela questiona, depois de chamar os militares de burros...
Sim, ela questiona, depois de várias décadas ter sido enganada pela mídia podre e por professores ptistas.
Sim, ela questiona, depois de estudar correr atrás da verdade pq o Bolsonaro falou isso ou aquilo.
Sim, ela questiona, pois uma única fala do Bolsonaro a tirou a ignorância que ela viveu a vida toda!
E vem falar que nos militares que somos desprovidos de inteligência????
Ahhhh... Pelo amor de Deus.....
Na minha falta de inteligência, sou menos ignorante cultural que essa mula de carroça aí.

Maurício Wojciekowski disse...

Espero que esse vídeo lhe ajude: https://www.youtube.com/watch?v=iuKYRQk2mUg

Alessandro Caraca disse...

No livro Marighella fala dessas tais torturas, mas fala tb da cadeia em Fernando de Noronha, para onde eram transferidos esses tais presos, que lá podiam pescar, tomar banho de mar, plantar, preparar a própria comida... quanta maldade? ?? Quantas divergências? ? Difícil entender.

Alessandro Caraca disse...

No livro Marighella fala dessas tais torturas , mas fala tb da cadeia em Fernando de Noronha, para onde eram transferidos esses tais presos, que lá podiam pescar, tomar banho de mar, plantar e preparar a própria comida, estranho tantas vantagens dada aos torturados.

Riquelme disse...

A história de tortura do Cel Ustra começou com uma acusação da deputada e atriz Bete Mendes, em 1985. Todo mundo acreditou, sem dar direito de resposta ao coronel.
Inconformado com o que sempre considerou uma calúnia sem precedentes, Brilhante Ustra escreveu um livro (Rompendo o Silêncio, Editerra Editorial, 345 pag) em que defende sua inocência e em que levanta perguntas que não foram respondidas por Bete Mendes, as quais são fundamentais para qualquer investigação que se faça sobre o assunto.

Algumas delas:

1) Por que a denúncia de tortura tanto tempo depois e após tantas oportunidades para fazer isso antes?

2) Bete Mendes disse que viu corpos de amigos torturados enquanto esteve no DOI e que faziam parte da lista de desaparecidos. Quantos corpos ela viu? Em que dia e local? Quais os nomes dos desaparecidos?

3) A ex-deputada disse também que o corpo de um amigo, morto a pancadas, foi-lhe mostrado com o objetivo de desequilibrá-la emocionalmente: Que amigo era esse? Qual seu nome, codinome e a que Organização pertencia?

4) Por que Bete Mendes não divulgou seu arrependimento, documentado em depoimento prestado ao lado de seus dois advogados ao Conselho Permanente de Justiça no dia 30 de março de 1971? Nele, a ex-atriz afirmou que "não acredita em nenhuma organização subversiva e acha inviável seus propósitos porque chegou à conclusão de que eles querem apenas destruir.

O grande problema com o Cel Ustra não são as supostas torturas, que ele morreu negando. O grande problema é que ele escreveu dois excelentes livros, desmascarando ponto a ponto as falácias dos comunistas hoje travestidos de anjinhos que fazem a cabeça de muita gente que se acha inteligente por defender um sistema genocida.

Unknown disse...

Vc só precisa aprender que TESE é o trabalho de um doutorado... vc no máximo vai fazer uma monografia ou teabalho de conclusão de curso!!!

Unknown disse...

Miltar não é inteligente é ótimo. Eu fiz Colégio Naval e a relação candidato vaga era bem maior que medicina na USP! Anos depois fiz vestibular sem nem saber o que constava no edital da UFRJ e passei para Direito. Um detalhe, eu era um dos últimos da minha turma.

Adorei o que escreveu, bem interessante.

Até

Unknown disse...

Simplesmente parabéns! Belo texto! E #BOLSONAROPRESIDENTE

Alice Poyart disse...

http://memorialdh.sites.ufsc.br/ditador-medici-guardou-em-casa-provas-de-tortura-2/

Compartilhei no Facebook o seu texto e uma amiga comentou com este link.

Alice Poyart disse...

http://memorialdh.sites.ufsc.br/ditador-medici-guardou-em-casa-provas-de-tortura-2/

Compartilhei no Facebook o seu texto e uma amiga comentou com este link.

Vinicius Silva disse...

Parabéns! Pois é preciso acordar desse sonho esquerdista,que está perpetuado em nossa sociedade,não ao socialismo! Bolsonaro 2018.

Lilian Karine disse...

Dá uma lida nesse artigo...
http://memorialdh.sites.ufsc.br/ditador-medici-guardou-em-casa-provas-de-tortura-2/
Não sou militar, não tenho familiares militares, mas posso compreender que a mal famada época cause transtornos a quem o é hoje... Agora por em xeque o sofrimento de milhares de pessoas como se não tivesse havido tortura na época já é um pouco demais.
Existem muitos trabalhos sérios de resgate real. Se é para ser científico nem para muito nem para tão pouco. Entrar num assunto desses com uma opinião formada não vai te trazer bons resultados.

Alessandra Mota Mathieu disse...

Parabéns pela iniciativa, eu acredito q muitos brasileiros tiveram a iniciativa de buscar mais informações em vários seguimentos depois da lava jato, eu mesma nunca tinha lido tanto sobre história, economia e política, enfim desejo sorte e obrigada por me ensinar um pouco mais!

Eduardo Neto disse...

Isso mesmo... relatos históricos demonstram que a verdade não acompanha a história, tudo é manipulável... não quero um passado de volta, tão pouco vestijos do que foi inventado, quero ctrl+c na Europa que dá certo e ctrl+v aqui...

Nilson Yamane disse...

Excelente trabalho e bela frase no final!

Isaías J. disse...

Sugiro procurar o posicionamento do Tribunal Penal Internacional de Haia sobre a 'ditadura militar' no Brasil. Eles nem cogitaram abrir um processo. Vai dar um bom reforço moral no seu trabalho.

Unknown disse...

Vão tudo se foder! Depois que inventaram tá ruim, mais nada está bom! Pra por Brasil nos eixos tem que ser alguém deste gênero mesmo ! Alguém severo! Chega do povo brasileiro sustenta vagabundo!!!

Unknown disse...

Vão tudo se foder! Depois que inventaram tá ruim, mais nada está bom! Pra por Brasil nos eixos tem que ser alguém deste gênero mesmo ! Alguém severo! Chega do povo brasileiro sustenta vagabundo!!!

Luiz Rodrigo Côrtes Lopes disse...

De acordo!!!

Luiz Rodrigo Côrtes Lopes disse...

De acordo!!!

Blog de um DDA disse...

Limpavam com pastilhas valda...
Quantas pastilhas seriam necessárias em uma semana
Como as pastilhas chegavam nas celas???

BEDENE, William Jr. disse...

Parabéns. Como no Arquivo X a verdade está lá fora e não nos relatórios dessa falaciosa, tendenciosa e vergonhosa Comissão das Inverdades instaurada por esse governo comunista.

Paulo Rivera disse...

uma coisa et uma coisa, outra coisa et outra coisa. estamos discutindo sobre o que? pt, comunistas, golpe, etc ou sobre torturadores? as justicativas aqui sao para afirmar q nao houve torturas? ???!!!! eu tb acredito q nao houve torturas, tb acredito que aquela bomba q tentaram colocar naquele pulma foi implantada pelos comunistas, existe uma tese d q aquele militar se ofereceu em sacrificio para ajudar os militares, acredito q todos aqui vao concordar com a minha tese, alias pouco me importa isso pois nao foi com um filho meu, irmao ou parente, se fosse eu mudaria de opiniao pois vi de perto o sofrimento da minha mae quando perdi meu irmao, importante et q nao foi com nenhum de nossos amados pois doi, doi, doi muito e continua doendo, ainda mais quando se le coisas assim. eu ja tive uma media queimadura, fui pro hospital e la lavaram com agua fria e escovinha, doeu? em vcs nem um pouquinho, em mim? ahhhh, grrrrr, ate hj nao esqueço. lembrem_se: eu sou vc amanha. um grande abraços a todo.

Paulo Rivera disse...

uma coisa et uma coisa, outra coisa et outra coisa. estamos discutindo sobre o que? pt, comunistas, golpe, etc ou sobre torturadores? as justicativas aqui sao para afirmar q nao houve torturas? ???!!!! eu tb acredito q nao houve torturas, tb acredito que aquela bomba q tentaram colocar naquele pulma foi implantada pelos comunistas, existe uma tese d q aquele militar se ofereceu em sacrificio para ajudar os militares, acredito q todos aqui vao concordar com a minha tese, alias pouco me importa isso pois nao foi com um filho meu, irmao ou parente, se fosse eu mudaria de opiniao pois vi de perto o sofrimento da minha mae quando perdi meu irmao, importante et q nao foi com nenhum de nossos amados pois doi, doi, doi muito e continua doendo, ainda mais quando se le coisas assim. eu ja tive uma media queimadura, fui pro hospital e la lavaram com agua fria e escovinha, doeu? em vcs nem um pouquinho, em mim? ahhhh, grrrrr, ate hj nao esqueço. lembrem_se: eu sou vc amanha. um grande abraços a todo.

Diego Nunes disse...

Parabéns pelo texto! Vou copiar antes que os bandidos que lideram esse país tire do ar.

Lara Fátima disse...

Parabéns. Espero que você tenha encontrado os livros do Coronel Ustra, fora isso há bastante material (livros) em pdf (ou em livrarias, caso queira comprar) em grupos de facebook de direita. O povo da direita lÊ bastante, ao menos a maioria.

disse...

Paulo Riviera o que sua mãe estava fazendo no meio de gente que queria dar um golpe no governo?? Sua mãe foi uma criminosa. Se fosse hoje, talvez com a policia, ela nem estaria viva.

José Antonio Neto Jotaene disse...

Não sei muita coisa dos anos 60/70. Só sei que nunca ví os militares prenderem homens e mulheres de bem. Ah, me lembro que se adolescentes e jovens tivessem pela rua sem fazer nada eles abordavam e mandavam para casa. Bem diferente de hoje que as ruas estão cheias de MALAS!!!

José Antonio Neto Jotaene disse...

Não sei muita coisa dos anos 60/70. Só sei que nunca ví os militares prenderem homens e mulheres de bem. Ah, me lembro que se adolescentes e jovens tivessem pela rua sem fazer nada eles abordavam e mandavam para casa. Bem diferente de hoje que as ruas estão cheias de MALAS!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...