Subscribe:

27 de maio de 2016

AOS EVANGÉLICOS QUE QUEREM FOGO


Há muitos "evangélicos" que querem fogo. Oram pedindo fogo, cantam músicas esdrúxulas clamando por fogo, suplicam a Deus que envie fogo sobre a igreja! Na verdade, ao pedir fogo, demonstram, tristemente, uma profunda ignorância bíblica.

Quantas músicas pedindo fogo! Incendeia, Senhor, a tua igreja! Derrama teu fogo sobre mim! Manda fogo, Senhor! Não queremos Bíblia, não queremos caráter cristão, não queremos santidade de vida, queremos fogo! Queremos fogo! Muito fogo! Manda fogo!

Bem, aos evangélicos que querem fogo, a Bíblia não traz boas notícias...

Gênesis 19.24 - Chuva de fogo! Quem não quer chuva de fogo? Bem, eu não quero. O Senhor fez chover fogo e enxofre sobre Sodoma e Gomorra, destruindo totalmente essas cidades e seus habitantes. Ainda querem fogo?

Êxodo 9.23,24 - Mais chuva de fogo! Bênção? Não, maldição! Fogo (raios, NVI) e granizo enviados por Deus devastaram a terra do Egito. Ainda querem fogo?

Levítico 10.1,2 - Fogo no altar! Aleluias!!! Quem não quer fogo no altar??? Bem, não quero ser chato, mas hoje em dia não existem mais altares - a cruz de Cristo foi o altar do sacrifício definitivo. Além disso, quem recebeu fogo no altar acabou virando churrasco, não é mesmo, Nadab e Abiú? Ainda querem fogo?

Números 11.1-3 - Fogo do Senhor! Glórias!!! Mas, espere um pouco... é o fogo da ira do Senhor, que "queimou entre eles e consumiu algumas extremidades do acampamento" (v. 1). Fogo da ira de Deus, devido às reclamações e murmurações do povo. Ainda querem fogo?

Números 16.35 - Muito fogo! Ohhh, glóriasssss!!! Epa, epa... esse fogo "da parte do Senhor" acabou exterminando duzentos e cinquenta homens!!! Ainda querem fogo?

Deuteronômio 4.24 - "Deus é zeloso, é fogo consumidor". Aleluias, aleluias, aleluias... manda esse fogo pra nóis, Deus!!! Calma, queridos, calma... observem o contexto... Deus está proibindo a idolatria e afirmando que Ele é fogo consumidor... sabem o que significa a palavra consumidor? Querem ser consumidos pelo fogo de Deus, como Nadab e Abiú? Ainda querem fogo?

Deuteronômio 5.25 - Parece que os antigos israelitas tinham muito mais bom senso do que grande parte dos atuais "evangélicos". Afinal de contas, eles mesmos admitiram: "Este grande fogo por certo nos consumirá". Ainda querem fogo?

Deuteronômio 9.3 - Deus iria adiante dos israelitas "como fogo consumidor" exterminando e destruindo os enaquins e outros habitantes de Canaã. Ainda querem fogo?

Deuteronômio 32.22 - O fogo da ira do Senhor! Ainda querem fogo?

1Reis 19.12 - O Senhor não estava no terremoto e não estava no fogo. Ainda querem fogo?

2Reis 1.12-14 - Fogo do céu! Ohhh, aleluias!!! Grória!!! Mas cuidado, amados, esse fogo do céu mata! Matou os oficiais e soldados do rei de Samaria. Ainda querem fogo?

Jó 1.16 - Fogo de Deus caiu do céu! Maravilhas!!! Não, queridos, não... esse fogo de Deus que caiu do céu matou os rebanhos e os servos de Jó. Ainda querem fogo?

Salmo 11.6 - Mais chuva de fogo! Sim, sobre os ímpios! Ainda querem fogo?

Salmo 21.9 - Mais fogo para os ímpios, fogo da ira de Deus. Ainda querem fogo?

Salmo 106.18 - Fogo e chamas para consumir os ímpios! Ainda querem fogo?

Isaías 9.19 - "Pela ira do SENHOR dos Exércitos a terra será ressecada, e o povo será como lenha no fogo; ninguém poupará seu irmão". É preciso dizer mais? Ainda querem fogo?

Isaías 30.27 - O Senhor virá com sua ira em chamas. Ainda querem fogo?

Isaías 66.15,16,24 - O Senhor vem com muito fogo!!! Aleluias, aleluias, glória glória!!! Calma, calma, queridos... diz aí também que Ele "transformará em fúria a sua ira e em labaredas de fogo, a sua repreensão", e que Ele, "com fogo e com a espada" castigará os homens, e "muitos serão os mortos pela mão do SENHOR". Quanto aos ímpios, por toda a eternidade, "o seu fogo não se apagará". Ainda querem fogo???

Jeremias 15.14 - A ira do Senhor se acenderá como fogo! Ainda querem fogo?

Joel 2.3 - Por onde passa o fogo (do exército destruidor enviado por Deus), a terra vira "um deserto arrasado". Ainda querem fogo?

Amós 5.6 - "Busquem o SENHOR e terão vida, do contrário, ele irromperá como um fogo..." Entendeu ou quer que eu desenhe? Ainda querem fogo?

Miqueias 1.4-6 - Ele vem! Ele vem pelos montes! E Ele vem! E com fogo! Ohhh, aleluias!!! Só que esse fogo é para destruir, assolar, devastar, enfim, para punir e castigar os ímpios. Ainda querem fogo?

Sofonias 1.18 - Mais fogo, fogo do juízo e da ira do Senhor, fogo que consumirá "o mundo inteiro", do qual ninguém poderá escapar! Ainda querem fogo?

Ahhh, irmão, você está usando o Antigo Testamento! No Novo Testamento, as coisas mudam! Nós queremos é o fogo do Espírito Santo! Ohhh, glória!!!

Bem, vamos, então, ao Novo Testamento.

Mateus 3.11,12 - "Ele os batizará com o Espírito Santo e com fogo". Tá vendo, irmão? Tá vendo??? É o fogo do Espírito Santo!!! Ohhh, aleluias!!! Tsc, tsc, tsc... queridos, leiam o versículo seguinte (v. 12). Não é tão difícil, não é mesmo? "Ele traz a pá em sua mão e limpará a sua eira, juntando seu trigo no celeiro, mas queimará a palha com fogo que nunca se apaga" (ênfase acrescentada). O batismo com o Espírito Santo é para os crentes (o trigo). O batismo com fogo é para os ímpios (a palha). Entenderam? Simples, não? Ainda querem fogo???

Mateus 5.22 - Aqui Jesus fala sobre fogo, o fogo do inferno! Ainda querem fogo?

Mateus 7.19 - Quem não produz "bons frutos", é "cortado" e "lançado ao fogo". Ainda querem fogo?

Mateus 13.40-43 - Mais uma vez Jesus afirma que "fogo" é para os ímpios, para os descrentes, para o "joio". Ainda querem fogo???

Mateus 25.41 -  "Malditos, apartem-se de mim para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos". Ainda querem fogo, queridos?

Lucas 9.54 - Os discípulos perguntam a Jesus se poderiam fazer cair "fogo do céu" para destruir os samaritanos. Fogo é para destruir! Ainda querem fogo?

João 15.6 - São os que não permanecem em Cristo que são lançados ao fogo e queimados! Ainda querem fogo?

Ahhh, irmão, ocê tá esquecendo de Atos 2!!! Ali diz que os discípulo receberam línguas de fogo!!! Isso é o batismo no Espírito, irmão!!! Com línguas de fogo!!! Aleluias!!!

Será mesmo? O que o texto de Atos 2 realmente diz? Vamos conferir?

Atos 2.1-4 - "Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar. De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados. E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava" (ênfase acrescentada). Gente, não eram "línguas de fogo"! Era o que parecia línguas de fogo (NVI), eram línguas como de fogo (ARA), eram línguas como que de fogo (ARC). Ou seja: não eram línguas de fogo, mas alguma coisa semelhante ao fogo! (Ora, se fosse mesmo fogo, penso que os discípulos teriam sido queimados vivos, não?).

Comentando essa passagem, George Ladd afirma: "A unicidade ou singularidade da ekklesia é ilustrada por dois fenômenos no dia de Pentecostes. O aparecimento de algo semelhante a línguas de fogo divididas e pousando sobre cada um (2.3) sugere unidade e diversidade. Essas línguas flamejantes não eram para serem entendidas como o cumprimento da promessa de João, de que o Messias batizaria com o Espírito Santo e com fogo, pois o batismo com fogo é o batismo escatológico do juízo, como comprova o contexto nos Evangelhos. A palha é para ser queimada com fogo inextinguível (Mt 3.12). Além disso, o fenômeno do Pentecostes não foi de línguas de fogo, mas línguas como que de fogo, e não há dúvida, no propósito de sugerir uma maravilhosa teofania, foi algo análogo à experiência de Moisés na sarça ardente" (LADD, George E. Teologia do Novo Testamento. São Paulo: Hagnos, 2001, p. 328).

Assim, nunca houve "línguas de fogo" no Pentecoste, mas sim línguas semelhantes a fogo (talvez brilhantes, talvez resplandescentes, com a luz da glória de Deus). Se tivesse acontecido hoje em dia, talvez diríamos algo do tipo: "línguas parecidas com raios laser..." imaginem alguns "evangélicos" cantando: Manda raio laser, Senhor!!!

Ainda querem fogo?

2Tessalonicenses 1.6-10 - Quando o Senhor vier em chamas flamejantes, será para punir os ímpios. Ainda querem fogo?

Hebreus 10.27 - O que resta aos impenitentes? Apenas "uma terrível expectativa de juízo e de fogo intenso que consumirá os inimigos de Deus". Ainda querem fogo?

Hebreus 12.29 - O nosso Deus é fogo consumidor!!! Alel... espere, espere, verifique o contexto. Tema a Deus, porque Ele consumirá todos os ímpios! Ainda querem fogo?

2Pedro 3.7 - Aqui Pedro afirma categoricamente que o "fogo" de Deus será "juízo e destruição" para os ímpios. Alguém ainda quer fogo, pelo amor de Deus???

Judas 23 - Ao serem salvas, as pessoas são arrebatadas do fogo. Ainda querem fogo?

Apocalipse 8.7 - Mais chuva de fogo! Desta vez é "granizo e fogo misturado com sangue". Alguém vai querer? Alguém ainda quer fogo?

Apocalipse 9.18 - Três pragas matam um terço da humanidade: fogo, fumaça e enxofre. Alguém quer fogo?

Apocalipse 14.10 - Ira e furor de Deus, enxofre pegando fogo. Alguém aí quer fogo???

Apocalipse 18.8 - Mais pragas, mais fogo, mais juízo divino. Quem quer fogo?

Apocalipse 19.20 - Para quem quer fogo, que tal o lago de fogo? Ainda querem fogo?

Apocalipse 20.9 - Mais fogo do céu! Sim, é para destruir as nações rebeldes da Terra. Ainda querem fogo?

Apocalipse 20.10 - Novamente, o lago de fogo! Alguém quer fogo?

Apocalipse 20.14,15 - Mais lago de fogo... o destino final dos ímpios é o fogo eterno. Ainda querem fogo???

Apocalipse 21.8 - O destino eterno dos ímpios é o lago de fogo. Alguém ainda quer fogo???

Alguns (especialmente a turma do "deixa-disso" e os "politicamente corretos") dirão que fui demasiadamente sarcástico e insensível em meus comentários. Devo admitir que o fiz de propósito. Argumentamos biblicamente, racionalmente e respeitosamente com nossos irmãos em Cristo. Mas algumas vezes é preciso empunhar a espada com mais firmeza e utilizar a única linguagem que muitos "evangélicos" são capazes de entender.

Uma coisa é ser ignorante por não ter condições de aprender. Outra coisa é viver na ignorância por preguiça de aprender, má vontade e má índole.

Hoje qualquer pessoa, neste país, pode adquirir uma Bíblia. Podemos até escolher a capa e a tradução que mais nos agradam. Podemos escolher o tamanho e o formato da Bíblia. Então - pergunto - por quê há tanta ignorância bíblica no meio evangélico? Por quê há tantas heresias sendo pregadas, cantadas e ensinadas nas igrejas? Por quê há tantos "evangélicos" (e por isso estou usando esse termo entre aspas neste artigo) que nem mesmo sabem localizar um livro qualquer em suas Bíblias??? Por quê há tantos "evangélicos" e tão poucos cristãos que examinam diariamente a Palavra de Deus???

Alguém dirá: "É a cultura brasileira, o povo não está acostumado a ler". E eu respondo: Isso não é cultura, é falta de.

Jesus Cristo disse aos judeus: "Conhecerão a verdade, e a verdade os libertará" (Jo 8.32). Mas receio que muitos "evangélicos" jamais serão livres. Serão sempre fantoches de mercenários religiosos, seguindo cegamente seus gurus e enriquecendo muitos canalhas donos de verdadeiros impérios do Circo Gospel. Continuarão crendo num Gezuizque nunca existiu e determinando, exigindo e ordenando a um deus que só existe em suas imaginações fúteis. Bem disse o Senhor por intermédio do profeta Oseias: "Meu povo foi destruído por falta de conhecimento" (Os 4.6). Mas ele prossegue, no mesmo versículo: "Uma vez que vocês rejeitaram o conhecimento, eu também os rejeito como meus sacerdotes; uma vez que vocês ignoraram a lei do seu Deus, eu também ignorarei seus filhos". Ah, povo que se diz "evangélico", abandone a ignorância e volte-se para Deus! (cf. Os 6.1-3). Conheça a Bíblia, leia a Bíblia, conheça o Senhor!!!

Não há desculpas, não há justificativas, para tamanha ignorância, fanatismo e analfabetismo bíblico que permeiam a maioria da igreja evangélica deste país. Não, quando a Bíblia está à disposição de todo brasileiro como "nunca antes na história deste país", para utilizar uma expressão de outro ignorante.

Povo "evangélico", queira menos "fogo" e busque o conhecimento de Deus, enquanto ainda é possível achá-lo.

Busquem o SENHOR enquanto é possível achá-lo; clamem por ele enquanto está perto (Is 55.6).

Que Deus tenha misericórdia de Sua verdadeira Igreja e dos verdadeiros evangélicos, e tire do fogo aqueles que O buscarem com sinceridade!

Fabio Vaz

14 comentários:

Thiago ! disse...

S

Thiago ! disse...

S

Thiago ! disse...

Com todo respeito, vc conhece algumas coisas a respeito da biblia, mas eu penso que quanto mais se lê a bíblia e se ora, mais parecido com Jesus se fica e quanto mais parecido com Cristo, mais humilde e simples. Incappaz de compreender que o fogo que os indoutos pedem, é apenas a presença de Deus. e não um fogo que consuma. incompreensível de mais para entender a ignorância dos outro. evangelho é poder (eficácia) e não palavras, a eficacia que nesse ponto, está faltando na sua vida.

Thiago ! disse...

Comenta o meu comentário por favor.

disse...

A presença de Deus e o poder do evangelho não pode ser visto como fogo e principalmente com o fogo do juízo porque aprenderam erradamente em Mateus 3.10 em diante. O poder do Evangelho esta na capacidade que ele tem de converter o pecador, de traze-los ao arrependimento, esse é o poder do Espirito Santo agindo através do evangelho. Se não houver confronto com o poder do evangelho tu jamais será regenerado. Esse é o poder do evangelho e não fogo, O FOGO é o simbolismo do Pentecostes é sobre a forma de como línguas de fogo que o Espírito Santo pousa sobre os discípulos, na manhã de Pentecostes e os encheu de Si. Isso foi em idiomas por isso todos entendiam em sua próprias línguas.
A tradição espiritual manterá o simbolismo do fogo como um dos que mais expressa a ação do Espírito.
Repetindo: O fogo, este Espírito nos purifica retirando a nossa imundícia. O Espírito tanto ilumina como purifica e regenera.
Contudo, Mateus 3:11 não se refere a esta obra purificadora nos crentes, mas ao juízo final preparado para os ímpios.

Thiago ! disse...

S

Thiago ! disse...

esse poder é justamente para a conversão, e se não somos capazes de compreender a ignorância ou até mesmo a tolice do outro(oque não é) isso mostra que pelo menos nesse ponto ainda não fomos convertidos. Mas pelo contrário, demonstra superioridade, oque não cabe no evangelho.n unca tive dúvidas de que Mt. 3.11 em diante se refere ao juizo, mas oque dizer das línguas estranhas dos pentecostais, como se explica? Meninice?
Ninguém faz curso para falar em línguas, apenas se fala é não se sabe explicar. Se alguém puder explicar, vai ser muito interessante ouvir.
Quando um indouto pentecostal pede fogo, se refere ao agir da presença de Deus dentro de si, compungindo e quebrantando seu coração, ou será que alguém consegue dar algo a Deus, sem que primeiro ele tenha dado a essa pessoa?
Eu sou indouto de mais para falar da bíblia, mas oque representava o fogo que não consumia a sarça, perante Moisés?

Thiago ! disse...

Comente meu comentário.

disse...

Recebendo o fogo que limpa e purifica e ilumina na conversão, ele nos regenera.
Bom, compreender que o outro esta errado e tentar corrigi-lo ensinando-o corretamente e não aceita por preferir permanecer no engano por teimosia , não passa de fata de humildade, pode até ser convertido, mas lhe falta a humildade e coragem para desconstruir o engano em que vive. E se ensinar o correto lhe parece ser errado e mostra que esta pessoa quer ser superior então lhe falta compreensão de quem na verdade não quer aceitar a verdade exposta a ela, e mais uma vez torno a repetir, lhe falta humildade pra reconhecer erros doutrinários,muitos não querem aprender porque preferem ficar no erro denominacional.
Bom vamos lá, quanto as linguas de fogo, te digo uma coisa, eu amo meus irmãos pentecostais, mas eles cometem um erro gravíssimo.
O êxtase vivido por eles que faz com que pensem está falando línguas um dom extraordinário dado por Deus na época da infância da igreja é um engano, na verdade é fruto era na maioria dos casos em corinto de ligações (dos novos convertidos que ja eram de outras crenças e religiões) eram de ligações religiosas e culturais de religiões de mistérios e a glossolalia foi misturada com uma expectativa de que era mistérios de Deus. O que aconteceu é que pessoas destas religiões foram alcançadas pela pregação, dai ao vê Deus usar pessoas falando em idiomas e outros entendendo em seus idiomas( sua própria língua) estes se maravilharam com o poder de Deus e introduziram o êxtase e línguas ininteligíveis, o que Paulo deixa claro que era um erro, aí fico admirada e me pergunto diariamente, como que os pentecostais não entendem isso ? Meu Deus!
Por isso Paulo manda interpretar, irmãos, essa pratica é grave demais, isso jamais poderia ficar sem interpretação para que todos fossem edificados e quando falava para si mesmo, este estava falando em seu idioma, por isso outros não entendiam e apenas quem falava acabava sendo edificado em seu momento de oração, então Paulo diz que somente ele (quem fala) e Deus o entende. A introdução do êxtase à glossolalia autêntica na comunidade de Corinto, causou uma confusão sem precedentes, tanto que o mesmo não aconteceu em nenhuma outra comunidade cristã primitiva ou seja, a prática atual e moderna dos pentecostais não passa de uma herança das religiões de mistério que se introduziram na igreja de Corinto e causaram muita confusão. Nunca existiu uma fala ininteligível tipo chramanaisas sudecantas isso era puro êxtase do misticismo religiosos e cultural de outras religiões, não do Cristianismo primitivo e missional implantado pelos apóstolos.
A maioria dos estudiosos, escrevendo sobre glossolalia nos contextos comparativos do Livro de Atos e 1 Coríntios, afirmam que há uma diferença de prática nos termos usados para glossolalia em cada contexto. Sua posição declarada é que o êxtase é o elemento que distingue 1 Coríntios das passagens em Atos. Comumente Atos é considerado apresentar uma linguagem inteligível, enquanto que 1 Coríntios é realizada para mostrar um fenômeno de expressão extática. Uma vez que esta é a posição assumida, é necessário olhar para a questão de êxtase para descobrir sua própria natureza e da variedade de manifestações seculares contemporâneos, a fim de delinear a sua relevância para o fenômeno de 1 Coríntios. Este objetivo será alcançado, em parte, por uma olhada em um estudo de caso específico que irá mostrar paralelos, não só no fator de êxtase, mas em fenômenos associados que são comuns a religiões de mistério de coríntios, bem como a prática religiosa entusiástica (incluindo Pentecostal e prática carismática em diferentes graus), bem como manifestações seculares.
Boa tarde.

Thiago ! disse...

Essa explicação é um tanto quanto surreal, dizer que as línguas estranhas que são faladas hoje, vieram de pagãos que ao aceitar o evangelho introduziram uma linguagem ininteligível por ficarem maravilhados de como Deus trabalhava por meio dos outros cristãos. Em outras palavras vc está dizendo que os pentecostais ficam tão entusiasmados que até inventam uma linguagem própria? Continuo na posição de que o falar em línguas é algo divino dado a igreja para edificação da mesma. Agora se vc falar que existem exageros por parte de crentes levianos, nisso concordamos, mas esses não representam o movimento autêntico pentecostal, pq o movimento pentecostal não se limita ao falar em línguas estranhas. Mas prefiro encerrar o assunto sobre línguas estranhas, mas a minha pergunta vc ainda não respondeu, e o fogo que não consumia a sarça perante Moisés no monte Horebe, oque representava??????

disse...

As linguas que pentecostais falam não são dom biblico, mas apenas de religiões pagãs. O dom biblico era idiomas, por isso que Paulo diz que tem que haver intérprete, porque os que foram salvos pela pregação viam o dom biblico e queriam tbm, só que eles introduziram a religião pagã de misterios deles no ceio da igreja, por isso Paulo foi lá doutrinar a igreja por causa do uso dos dons, estava havendo confusão. Ai ele diz, ore a Deus para que interpretem, pois o dom verdeiro era idiomas POR ISSO NO PENTECOSTES os que estavam reunidos entendiam em sua propria lingua, e em Corinto Paulo disse que tinha que ser interpretado,não havendo interprete ore consigo mesmo e a Deus que entende. Assim os que falavam as linguas pagãs eram desmacarados. O DOM DE LINGUA, NUNCA FOI LABAXURIAS, SURICANTAS NEBIAS, rsrss O dom DE LINGUA eram lingua inteligiveis.

disse...

Sobre Moises é outro contexto irmão.

Thiago ! disse...

Peço desculpas pq realmente Moisés é outro assunto, eu entendi errado.
Mas se as linguas corretas é realmente oque vc está falando, se no caso eu for um poliglota consigo interpretar as línguas idiomáticas?

Thiago ! disse...

Responde!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...