Subscribe:

13 de maio de 2016

Estudante da UFC é Agredido e Expulso Por Usar Camisa Em Apoio ao Bolsonaro




Direito de entrar e sair livremente e como quiser. Esse é o desejo do inspetor da Polícia Civil e estudante do curso de Letras da Universidade Federal do Ceará (UFC) Jorge Fontenelle. 

O aluno foi hostilizado por outros estudantes da universidade, do Campus Benfica, por estar vestindo uma blusa com a imagem do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC).

Em entrevista ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, ele cobrou uma posição da reitoria da universidade. “Eu quero que o reitor tome uma atitude em relação a essa situação que ocorreu. Isso não pode ficar assim. Eu tenho o direito de estar naquela universidade, porque sou aluno da instituição e não posso ser expulso por estar usando uma camisa de determinado político. Isso seja tanto pra direita quanto pra esquerda”, relatou o estudante, que cursa Letras Italiano na UFC. 

Quando perguntado se pretende abandonar o curso, Jorge afirmou que não sabe o que vai acontecer. “Eu vou lutar pelo meu direito de entrar e sair da universidade. Vou lutar pelos meus direitos e vou continuar vestindo essa blusa e indo pra instituição”, avisou.

Pedido de respeito

Jorge defende que, por se tratar de um ambiente acadêmico, é necessário respeitar as decisões políticas adversas. “Eu sei como os grupos que não concordam com as pessoas que têm comportamento de esquerda são oprimidos dentro da faculdade. Isso dentro da universidade não pode acontecer. Eu respeito demais a escolha de cada um”, reclama o estudante.

“Eles têm que respeitar a minoria que está lá dentro. Eles não lutam tanto pelos direitos da minoria? Hoje, eles são a maioria lá dentro, nós somos a minoria”, concluiu.

Em nota, a UFC informou que “o fato está sendo devidamente apurado, tendo em vista que o ambiente é um espaço plural e democrático que respeita a diversidade de ideais e opiniões”. Além disso, a instituição afirmou que incentiva a convivência respeitosa entre todos os integrantes de sua comunidade, sejam alunos, docentes ou servidores técnico-administrativos.

2 comentários:

Junior Melo disse...

Sou estudante também do curso de Letras Espanhol da instituição aqui em Fortaleza.Essa universidade virou um ambiente de jovens alienados e marxistas , contaminados com ideais comunistas e ferrenhos defensores do Pt e sua gangue.Há inclusive, dentro mesmo da classe de docentes, muitos deles grande apoiadores do governo petista de "esquerda".Tenho professores abertamente ATEUS e simpatizantes de movimentos LGBT, ou seja,os proprios professoes(alguns) fomentam de certa forma, a intolerância contra quem pensa diferente. A UFC ao longo destes anos,aos poucos, vem em defesa das diferenças e das vozes , apoia a libertinagem juvenil ao invés da liberdade de expressão, credo e orientação sexual. Saio as vezes da sala de aula e o que vejo, uma ambiente propicio a ditatura "gay" onde eles mesmo se classificam como "minorias" e "vanguardistas. Homossexuais nos bosques se beijando abertamente, e em festinhas de boate dentro do centro academico são comuns, as vistas do reitoria e da coordenação do Campus de humanas. De quando em quanto, em sala de aula , ergue-se da cadeiras simpatizante do grupo homossexuais em seus discursos intolerantes,apregoadores de caça aos "direitidas ' e fascistas , ou seja,aos que não coadunam com ideias marxistas.Como não sou bobo nem nada, cheguei na UFC agora, meu papel é de observador e claro, em cima do muro ninguem pode ficar.Universidade é ambiente de debates pluralistas e dentro do estado democratico de direito se pode conviver. Na verdade, o cristão não se acomoda com as coisas deste mundo , nosso foco é outro.Contudo, vendo este quadro decadente , onde jovens esqueceram o diálogo e a tolerância,resta -nos orar e pedir misericórdia a Desu para que se arrependam de seus ilicitos morais.

Pb Fernando disse...

Esse foi o legado deixado por esse desgoverno PTralha... um bando de idiotas úteis a serviço de políticos vagabundos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...