Na noite deste sábado, um homem chegou até a um hotel luxuoso de Belo Horizonte, Minas Gerais, dizendo que era irmão do atirador que teria tentado matar a apresentadora Ana Hickmann, da TV Record. Em entrevista ao 'Brasil Urgente', da TV Bandeirantes, o parente do atirador dizia que ele trocava mensagens de amor com a loira. A polícia trabalha com a hipótese do homem ter problemas mentais. O atirador foi identificado como Rodrigo de Pádua. De acordo com seu irmão, ele era uma pessoa muito boa, porém reservada, pouco saia de casa. O homem afirmou ainda que o atirador que tentou atacar a apresentadora nunca teve arma. 
O atirador morada, na verdade, na cidade de Juiz de Fora. Segundo seu irmão, ao ficar sabendo da chegada de Ana em Belo Horizonte, ele se deslocou e comprou hospedagem para o hotel de luxo, ficando próximo à comunicadora. Atualmente, Ana Hickmann apresenta o 'Hoje em Dia', matinal do canal de Edir Macedo. "Eles mataram o meu irmão", desabafou o homem a um batalhão de jornalistas, que faziam inúmeros questionamentos, como se o atirador tomava remédios, se teria problemas mentais, entre outros.

O atentado aconteceu por volta das 15h. Rodrigo de Pádua abordou o cunhado de Ana, dizendo que era amante de Hickmann. Com uma arma em punho, ele fez o cunhado levá-lo até o quarto da loira. Chegando lá, o atirador começou a xingar a comunicadora por ela não estar mais correspondendo a seu amor. A famosa e seu assessor foram obrigados a deitar de costas na cama, enquanto Rodrigo fazia ameaças. 
No quarto também estava Andrea, outra assessora da apresentadora. O cunhado de Ana começou uma luta corporal com o bandido. Disparos foram feitos. Dois tiros pegaram na mulher do assessor. Um na barriga e outro no braço dela. Ela foi levada para um hospital da região, onde passou por uma cirurgia de emergências. As primeiras informações dão conta de que a cirurgia já teria acabado e Andrea passa bem.
Após a luta corporal, o assessor da comunicadora tomou a arma de Rodrigo de Pádua. Ele deu três tiros na cabeça do bandido. 
Blastingnews