Pular para o conteúdo principal

Propaganda da C&A tenta influenciar com ideologia de gênero.



Quem se lembra da propaganda da Lore'al que colocou um transexual representando a mulher, no dia da Mulher? Então, cada dia mais que passa essa ideologia de gênero tenta enfiar goela abaixo dos héteros que devemos aceitar  caladinhos toda essa distorção. Não bastasse a Lore'al se prestar a este serviço tentando colocar um transexual como se representasse toda mulher, agora temos a C&A que vem com o slogan "misture, ouse e divirta-se". São casais de namorados saindo e quando eles se beijam a roupa do homem passa pra mulher e a da mulher pro homem. Os homens saem de salto e tudo. E aí fala. Ouse, misture. Em outra propaganda da mesma campanha eles fizeram todos nus como se fossemos criados iguais e temos o poder de escolha. Então chegam em um campo cheio de roupas e as mulheres começam a vestir as roupas dos homens e os homens as das mulheres.

O comercial induz a todos que o melhor de tudo está na mistura. Por isso, a proposta da C&A é combinar. Os iguais, os diferentes, os distantes, as experiências, as atitudes.E diz mais. Nada de palidez, nada de solidão, nada de mau-humor. Queremos incluir você num mundo colorido e ousado através da moda. Uma moda que só fica linda quando misturada ao seu jeito de ser e viver a moda. C&A. Tudo lindo & misturado.
Essa é a doutrinação esquerdopatas que influencia com a ideologia de gênero através de propagandas.Nós não podemos nos calar quanto a isso. Convido a todos a boicotar a C&A.
 Agora é assim. Não gostamos?? Não compramos, não assistimos filmes como  vamos  boicotar o Filme "Aquarius" porque os artistas reclamaram da extinção do Ministério da cultura por contensão de despesas, como vamos assistir um filme que fala do Brasil, quando os próprios artistas não se preocupam com o Brasil, mas em si próprio? Pois fazem protesto lá na frança "mas jamais se importam  com os efeitos reais da crise no Brasil e só sabem repetir a frase de marqueteiro do PT . de que o Brasil esta vivendo um "golpe". Não se importam de divulgar uma mentira, desde que em solo glamourizador",.Os artistas se levantam contra um governo que tenta concertar os rombos de um desgoverno petista que quebrou o país,e eles estão revoltados porque a mamata acabou, é vergonhoso esses artistas brasileiros. E assim vamos seguindo, boicotando tudo que não nos agrada, tudo que fere princípios, tudo que tenta nos ideologizar e nos doutrinar. Portanto a partir de hoje, boicotamos a C&A. E tudo que vier tentando nos idiotizar!.  Estamos cansados de tanta mazela e mentiras nesse país.Estamos cansados de pessoas superficiais,  que não querem enxergar que essa ideologia de esquerda esta sendo repudiada por muitos outros países.  Isso é uma desgraça!
#DigaNãoaDoutrinação
#MaisimportagardaraDeus
#SouFemininaVistoComoMulher
#DigaNãoaIdeologiadeGênero
Assista ao vídeo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dilma e Gleisi vão a Cuba 'denunciar' situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, viajam na semana que vem para Cuba para participar do encontro anual do Foro de São Paulo, que congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Ali, as duas pretendem "fazer uma denúncia" sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os petistas classificam como "prisão política".


"Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO. "Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional." O encontro ocorre em Havana entre o domingo, 15 de julho, e a terça, 17. No site da entidade, já há destaques para a prisão do ex-presidente, como um "Mapa de Mobilização Mundial Lula Livre" e manifestações de políticos e entidades…

Pré-candidato, Collor diz que não se arrepende de confisco da poupança

Ex-presidente falou sobre a prisão de Lula: "uma injustiça"

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTC), em entrevista à Folha de S.Paulo publicada nesta sexta-feira (13), afirmou que o confisco das cadernetas de poupança implementado por seu governo "era uma necessidade absoluta" e que "faria do mesmo jeito" se tivesse que voltar àquele momento.


"Era uma necessidade absoluta. Se voltando àquele momento, faria do mesmo jeito. Tem a questão do próprio impeachment, que é uma coisa interessante", disse, ao ser questionado se o gesto foi um equívoco.


"O que houve foi um bloqueio do dinheiro que circulava na economia. A inflação estava em 82% ao mês. Havia instrumentos de especulação financeiros danosos, tínhamos que criar um ambiente em que pudéssemos fazer um congelamento de preços, que é algo terrível, uma medida que a gente deve evitar o quanto possível", disse ele na entrevista.


O senador disse ainda que continuará com a pré-can…

Descontrolada, Gleisi diz que o juiz Sérgio Moro é 'safado e sem-vergonha'; assista

A senadora Gleisi Hoffmann subiu à tribuna do Senado para defender a tentativa de tirar o ex-presidente Lula da cadeia com um habeas corpus ilegal concedido por um desembargador militante no plantão, contrariando o próprio Tribunal, as cortes superiores, e o CNJ. Descontrolada, Gleisi concentrou seus ataques no juiz Sérgio Moro, que ela chamou de "safado e sem-vergonha". Gleisi ainda garantiu que "O Brasil vai pagar muito caro, a democracia brasileira vai pagar muito caro. E eu tenho certeza de que vamos criar situações muito graves no Brasil ainda de instabilidade, a que nós não vamos conseguir dar direção e saída".



Assista: 

Leia também: