Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

BOLSA FAMÍLIA: REAJUSTE DO NOVO GOVERNO SUPERA O ANUNCIADO POR DILMA

Antes de ser afastada, Dilma Rousseff projetou aumento de 9% no programa.Compartilhe e ganhe dinheiro. Clique e saiba como! Dilma planejou aumento de 9% no programa Já em vias de ser afastada pelo Senado Federal no processo de impeachment, Dilma Rousseff fez um importante discurso durante o Dia do Trabalho, 1° de maio, onde garantiu que o seu governo possibilitaria um aumento médio de 9% nos pagamentos do Bolsa Família, principal programa social do Brasil. O anúncio foi feito durante um ato que teve bastante adesão dos militantes e favoráveis à presidente afastada. O evento ocorreu no Vale do Anhangabaú, em São Paulo. Ao lado de aliados, Dilma garantiu: “Falam que o nosso governo parou, mas enquanto tentam fazer isso nós estamos aqui anunciando um reajuste de 9% no Bolsa Família”. Ao contrário, no entanto, do que projetou Dilma Rousseff e simpatizantes do governo anterior, Michel Temer não apenas manteve o programa como, nesta quarta-feira, 29, anunciou um reajuste no pagamento até ma…

Dilma decide não depor na comissão do impeachment no Senado

Alan Marques/FolhapressA presidente afastada, Dilma Rousseff, e o ex-ministro José Eduardo Cardozo, em evento em marçoMARINA DIAS
DE BRASÍLIA 30/06/2016  18h44
BLICIDADE

A presidente afastada, Dilma Rousseff, decidiu não depor pessoalmente à comissão do impeachment no Senado na próxima quarta-feira (6). Seu advogado, o ex-ministro José Eduardo Cardozo, deve falar no lugar da petista.

Dilma não era obrigada a comparecer no depoimento agendado para a próxima semana, e aliados avaliam que, caso seja para ir pessoalmente ao Senado, que o faça no plenário, não na comissão especial.

No colegiado, a presidente afastada poderia ser diretamente questionada por senadores e por uma das autoras do pedido de impeachment, a advogada Janaína Paschoal. A petista ainda pode mudar de ideia, mas a tendência é que não fale à comissão.

Pelo calendário inicialmente previsto, Dilma deveria ter ido ao Congresso na semana passada, na segunda-feira (20). O atraso ocorreu devido ao grande número de testemunhas apresen…

PGR quer Paulo Bernardo preso

A Procuradoria Geral da República vai recorrer da decisão de Dias Toffoli que revogou a prisão de Paulo Bernardo, informa O Globo. Os procuradores afirmaram que “farão esforços” para derrubar a decisão. O recurso será julgado pela segunda turma do STF. Esperemos o pior.
O Antagonista

Janaina Paschoal, autora do impeachment, é hostilizada em aeroporto; veja vídeo

Um vídeo que circula nas redes sociais desde a noite desta quarta-feira (29) mostra advogada Janaína Paschoal, autora do pedido de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, sendo hostilizada por um grupo contrário ao afastamento da petista. 
A descrição diz que a advogada estava no aeroporto de Brasília e que o grupo seria formado por "trabalhadores da educação de Mato Grosso do Sul e do Ceará".
Sob gritos de "golpista, golpista" e "golpistas, fascistas, não passarão", os manifestantes cercaram Janaína. Protegida por algumas pessoas, ela foi retirada do local.

Procurada, a advogada não atendeu às ligações da reportagem.

Na boquinha da impunidade

Brasil - 30/06/2016 às 15h00 Não poderíamos deixar de dar a foto famosa de Sérgio Cabral e Fernando Cavendish dançando "na boquinha da garrafa", em 2009, na frente do Hotel Ritz, em Paris, acompanhado do entourage que incluía Joaquim Levy.
..
O Antagonista

GLEISI HOFFMANN TIRA SARRO DA CARA DOS BRASILEIROS - DIAS TOFFOLI MANDOU SOLTAR SEU MARIDO

A  senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) comemorou a decisão do colega petista, o Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), dias Toffoli, de soltar seu marido, o ex- ministro do Planejamento Paulo Bernardo, nesta quinta-feira, 29.
" quando eu retornei na segunda-feira, eu disse que retornava de cabeça erguida. Muitos me perguntaram se eu retornaria porque o meu marido  tinha sido preso e eu disse que a prisão tinha sido injusta, inconsequente, ilegal e que aquilo fazia parte de mais uma ação midiática para constrangê-lo do que qualquer outra coisa", declarou a senadora, que deu a entender que ja sabia da decisão do Ministro Dias Toffoli e que teria condicionado sua volta a comissão do impeachment no senado após a soltura de seu marido.

Gleisi seguiu para a comissão especial do Impeachment no senado nesta quarta-feira, 29.
Durante a sessão , recebeu" a notícia da soltura de Paulo Bernardo e leu a parte da decisão do ministro Dias Toffoli no plenário. " por reputar con…

Toffoli manda soltar Paulo Bernardo apontando 'constrangimento ilegal' Na decisão, ministro do STF manteve inquérito na primeira instância de SP. Petista foi preso na semana passada pela Operação Custo Brasil, da PF.

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu nesta quarta-feira (29) pedido do ex-ministro Paulo Bernardo e revogou a prisão dele, mas recusou outra solicitação da defesa do petista para que o caso fosse encaminhado da Justiça Federal de São Paulo para a Suprema Corte. Ex-ministro dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, Paulo Bernardo foi preso na última quinta (23) pela Operação Custo Brasil, da Polícia Federal (PF), um desdobramento da Lava Jato. Na decisão que revogou a prisão de Bernardo, Toffoli entendeu que cabe ao juiz do caso, Paulo Bueno, da 6ª Vara Criminal de São Paulo, avaliar a necessidade de aplicação de medidas cautelares alternativas. Essas medidas estão previstas no Código de Processo Penal e incluem prisão domiciliar, uso de tornozeleira eletrônica e comparecimento periódico à Justiça. (veja ao final desta reportagem quais são as medidas cautelares possíveis) O ex-titular dos ministérios do Planejamento e das Comunicações é…

Casamento investigado foi em balada de luxo com show de até R$ 70 mil

Uma festa luxuosa para 120 convidados, na badalada praia de Jurerê Internacional (SC), com show de sertanejo famoso foi paga com recursos públicos da Lei Rouanet, segundo aponta investigação da Polícia Federal. 

O casamento de Felipe Amorim e Caroline Monteiro, apurado na operação Boca Livre, deflagrada nesta terça (28), aconteceu à beira-mar em 22 de abril no 300 Cosmo Beach Club, que, na internet, é descrito como uma "balada chique em ambiente contemporâneo com cozinha fina". O local cobra em média R$ 300 por convidado no aluguel para festas. 

A atração musical foi o sertanejo Leo Rodriguez, que interpreta hits como "Bara Bará Bere Berê", "Vai No Cavalinho" e "Gordinho da Saveiro". Ele cobra entre R$ 50 mil e R$ 70 mil para cantar nesse tipo de evento. O empresário do músico afirmou que não tinha conhecimento sobre a forma como a festa foi financiada, e que o contrato foi firmado como em qualquer outro evento. 



APÓS SER ACUSADO DE PETISTA, JANOT PEDE PERDÃO À PENA DE DIRCEU, MAS SE DÁ MAL Procurador-Geral da República fez pedido ao Supremo Tribunal Federal e provocou polêmica

De acordo com informações da rádio CBN em reportagem publicada nesta terça-feira, 28, o procurador-geral da República,Rodrigo Janot, entregou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um parecer que favorece um dos líderes do Partido dos Trabalhadores (PT). Ele pede perdão à pena dada a José Dirceu, ex-braço direito do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O perdão seria por conta do processo do Mensalão, que assolou o governo Lula. Janot destaca que o condenado cometeu uma falta disciplinar muito grave, o que pode provocar uma diminuição da pena.  O Procurador-Geral diz ainda que a concessão do induto, no entanto, não impede a prática do benefício de redução de pena. Até porque, segundo Rodrigo Janot, a falta não teria sido cometida no primeiro ano de cumprimento da pena. José Dirceu foi condenado a sete anos e onze meses no regime semiaberto, mas que depois acabou sendo revertido para uma prisão domiciliar. Esse tipo de induto foi concedido ainda em 2014. Rodrigo Janot diz que o perdão …