Pular para o conteúdo principal

A marmitex de Dilma é a nova versão da vaquinha do Dirceu


Vidilma-e-lula

Após o anúncio de que o governo interino cortou algumas mordomias da presidente afastada Dilma Rousseff, a militância suja passou a se mobilizar da mesma forma com que fazem as

quando o bueiro é destampado. Lula chegou a falar que Dilma vai comer marmitex, enquanto a atriz Tássia Camargo chegou até a falar em “exílio da presidente”, sugerindo uma vaquinha para comprar comida para Dilma Rousseff.

No caso de Tássia Camargo é mais simples desconstruir sua farsa. Se ela consultar um dicionário, verá que exílio é a expatriação forçada ou por livre escolha. Expatriação é a Ação de mudar de pátria, por vontade ou coerção. Dilma está em Brasília, com direito a se deslocar pelo país em sua campanha em defesa do golpe petista. Em segundo, ela não está passando fome. Segundo o governo, ela gastou mais de R$ 54 mil em menos de 18 dias após o afastamento. Qualquer brasileiro médio sabe o quanto de comida é possível comprar com tamanha fortuna.

Essa proposta de ajuda para comprar comida para Dilma é tão ridícula quanto a vaquinha realizada pela militância petista para pagar as multas de José Dirceu após sua condenação no processo do Mensalão. Em resumo, uma fraude. Fizeram um teatro, desembolsaram pequenas fortunas para salvar o companheiro que pelo que a justiça apurou depois, estava abastecendo suas contas particulares com dinheiro sujo por meio de falsas consultorias. Os idiotas que contribuíram com o “herói do povo brasileiro” só tornaram pública sua natureza equina para servir como cavalgadura a criminosos.

Quanto a Lula, ele fala em comer marmitex como se fosse uma provação, um ato de resistência. Lula deveria saber que é sim uma refeição digna, consumida largamente pela classe trabalhadora de que um dia ele fez parte. Aliás, quem conhece a realidade dos mais pobres sabe que nos últimos anos muitos deles não tem condições sequer de fazer esse tipo de refeição. Das multidões que foram às ruas, muitos sabem que uma marmitex paga com o próprio salário é melhor do que as refeições nababescas de Lula e Dilma custeadas com o suor do povo brasileiro.

Dizer que Dilma merece ser tratada como uma monarca é simplesmente um insulto ao povo brasileiro, ainda mais no momento de aguda crise vivida por nosso país – crise forjada pela presidente afastada, que quebrou nossa economia de propósito para vencer uma eleição. Nós sabemos que Dilma não está comendo marmitex, que isso é só mais uma fraude. Ela recebe o salário de presidente, e possui bens pessoais. Além há ainda a propriedade de estar de posse de dinheiro roubado. Se ela comer marmitex com Lula, será apenas para fazer cena. Aliás, é melhor mesmo que Dilma e Lula apreciem uma boa marmitex enquanto é tempo. As refeições de Marcelo Odebrecht na cadeia não eram tão saborosas.

O Reacionário. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pré-candidato, Collor diz que não se arrepende de confisco da poupança

Ex-presidente falou sobre a prisão de Lula: "uma injustiça"

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTC), em entrevista à Folha de S.Paulo publicada nesta sexta-feira (13), afirmou que o confisco das cadernetas de poupança implementado por seu governo "era uma necessidade absoluta" e que "faria do mesmo jeito" se tivesse que voltar àquele momento.


"Era uma necessidade absoluta. Se voltando àquele momento, faria do mesmo jeito. Tem a questão do próprio impeachment, que é uma coisa interessante", disse, ao ser questionado se o gesto foi um equívoco.


"O que houve foi um bloqueio do dinheiro que circulava na economia. A inflação estava em 82% ao mês. Havia instrumentos de especulação financeiros danosos, tínhamos que criar um ambiente em que pudéssemos fazer um congelamento de preços, que é algo terrível, uma medida que a gente deve evitar o quanto possível", disse ele na entrevista.


O senador disse ainda que continuará com a pré-can…

Briga entre advogados de Lula se torna explícita e agora envolve familiares

12911
A humilhação a que o abobalhado Cristiano Zanin submeteu o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Sepúlveda Pertence, extrapolou os limites do bom senso e da discrição e já envolve parentes dos envolvidos. A indignação do filho de Sepúlveda, Evandro Pertence, segundo conta o jornal Estadão, foi estampada no seguinte torpedo disparado contra Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Martins, num grupo de WhatsApp: “Não precisamos de vocês para ter qualquer tipo de protagonismo! Meu pai é e sempre será maior que vocês”. Lamentável que, certamente por dinheiro – não há outra explicação - Sepúlveda se nivele por tão baixo.
Perdemos um grande jurista para o PT. É mais um estrago provocado por esta infame organização criminosa. É também a demonstração da notória inteligência da seguinte expressão popular: "Quem com porcos anda, farelo come."
Informação do Jornal da Cidade 

Filho de Lula mergulha na depressão: "Meu mundo caiu"

O jovem Luís Claudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, está vivendo em estado de profunda depressão. A informação extremamente abalizada e fidedigna é da respeitabilíssima coluna Radar, da Revista Veja. O quadro depressivo teria se agravado após a prisão do ex-presidente. Luleco, como é conhecido o rapaz, é réu na Operação Zelotes, juntamente com o pai. Os seus advogados já conseguiram adiar o seu interrogatório por quatro vezes. Fortes rumores indicam que Lula, de dentro da cadeia, tenta conseguir através do deputado petista e atual presidente do Corinthians, Andrés Sanches, um time na Europa para o garoto trabalhar. Há quem diga que o seu estado tem se agravado bastante em função do temor de ser preso. Lula quer afastá-lo do Brasil.

Jornal da Cidade