Pular para o conteúdo principal

Paul Gowdy - Diz que o movimento Cair no espírito não vem de Deus.



Cada vez mais me espanto com o misticismo dentro dos Templos Evangélicos, aquele que não conhece a verdade, a "palavra de Deus", é presa fácil nas mãos de lobos. Aí eu pergunto no que isso edifica? Quando jovem, era costume ouvir as pessoas cristãs pregar de fato o arrependimento para salvação da alma, as igrejas eram vazias, mas os evangélicos eram bastante respeitados no seu convívio social, tinham o selo de qualidade. A diferença estava no seu caminhar sem enganos e tramóias. Mostravam-se santos diante de uma sociedade corrupta, não se misturavam a nada que pudesse ferir a sua moral religiosa e manchar a comunidade cristã. Até porque a veracidade de toda doutrina deve ser averiguada de Conformidade com a Palavra de Deus (ver Ef 2.20 nota). Leiam, exortam e ensinem, até que eu vá. I Timóteo 4.13
Persistir em ler a Palavra de Deus, é indispensável para um crescimento espiritual, bem estruturado e saudável.Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam. E não quereis vir a mim para terdes vida. João 5.39 e 40
É um grande erro não conhecer a Bíblia.

Sabemos que o maior desejo dos cristãos do primeiro século era totalmente diferente dos dias de hoje, eles queriam sofrer o martírio .Toda a Igreja tinha graça para sofrer pelo nome de Jesus

O amor entre eles era notório. Eram reconhecidos pelo amor, não pelo falar, pelo vestir e pelos bens que possuíam e muito menos por manifestações que mais parece, demoníacas. As pessoas pagãs tinham contato com a Igreja e ficavam convictas do seu pecado. “Paulo, entrava na sinagoga, falava ousadamente discutia e persuadia a todos a cerca do reino de Deus”.
O homem tinha comunhão perfeita com Deus · Relacionamento, alegria, sem preocupações.Hoje as coisas estão bem diferentes, a igreja saiu de um extremo a outro, deixaram essa santidade de lado, coisificaram a realidade santa, misturando-a com movimentos estranhos que mexe no emocional e psicológico das pessoas,usando do misticismo e o "sobrenatural" uma arma muito poderosa para quem deseja exercer o domínio sobre o outro, se passando pelo super crente dotado de poderes espirituais em nome de Deus mas podemos vê que tudo não passa de um engano porque quando Deus quer acabar com a farsa, ele sempre levanta um do meio dos tais para envergonhar e mostrar a verdade.

Foi o que aconteceu com o pastor americano Paul Gowdy um dos mais antigos líderes de Toronto, depois de treze anos abandonou a igreja e o movimento. Ele classificou a unção do cai-cai, unção do riso e outros movimentos como uma maldição, engano satânico. Segundo Paul, depois que esses modismo invadiram sua igreja, ela se alto-destruiu, com fofocas, mentiras, trapaças e outras. O resultado de tudo isso foram heresias e apostasias, por não amar o Senhor o suficiente para guardar os seus mandamentos. Quando Gowdy começou a suspeitar que demônios estavam se manifestando, o líder disse que importava se eles estavam saindo e não chegando. A gota d'água foi quando o pastor Paul percebeu um demônio agindo na sua própria vida, enquanto ele caia e rolava pelo chão no "poder ". Paul se arrependeu, confessou pediu perdão a Deus e à sua igreja, e hoje é um apologista da verdade.


Paul relatou que em todos esses anos só ouviu uma palavra de arrependimento que passou longe do coração das pessoas. Como ele mesmo diz: "Não estávamos ali para nos arrepender, mas para fazer festa ao Senhor". Ninguém melhor que Paul, para nos advertir. Ele foi um dos precursores e defensores desses modismo em especial a unção do cai-cai. As Igreja Pentecostais no Brasil, maior representante do pentecostalismo clássico no país, tem posicionado contra esses movimentos. E sempre tem ensinado seus líderes, através de suas convenções e por meio de seus veículos de comunicação. O mensageiro da paz na edição de Setembro de 2007, elaborou uma reportagem especial sobre a vida do pastor Paul Gowdy.
Precisamos ensinar a verdade em nossas igrejas. Precisamos influenciar os obreiros para que estudem, e se posicionem a favor da verdade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Discurso de Janaína Paschoal causou pânico no establishment

O discurso de Janaína Paschoal na convenção do PSL, que lançou Jair Bolsonaro na disputa pela presidência da República, causou pânico na grande mídia e na esquerda, ou seja, no establishment. 
Foi notável que logo após a fala da jurista no evento, a grande mídia tratou de tentar joga-la contra o partido. Teve grande mídia dizendo que ela irritou aliados. Teve outra dizendo que ela criticou os eleitores de Bolsonaro.  No entanto, como já estamos cansados de saber, quando a grande mídia critica algo, é porque esse é o caminho certo.  Filipe Martins, no Twitter, explicou o porquê deste discurso ter incomodando tanto a velha imprensa. 
Confira em 7 tuítes:




Filipe G. Martins@filgmartin  · 
1. O discurso da Janaína está cumprindo um papel importante na transição da campanha do Deputado Jair Bolsonaro.

Toffoli manda recado a Zanin

Zanin conseguiu angariar a antipatia generalizada e hoje é um estorvo na defesa do meliante Lula.O ministro Dias Toffoli está disposto a apagar a pecha que lhe foi impregnada de ‘petista’.

De antemão, usou o jornal Folha de S.Paulo para mandar um recado com endereço certo. O advogado Cristiano Zanin.

Caso ele assuma o plantão do Supremo Tribunal Federal (STF), não adianta entrar com habeas corpus em favor do ex-presidente Lula. Ele não concederá liminar, em hipótese alguma.

A preocupação atual do ministro é assumir sem problemas a presidência do STF.

Outro fator preponderante para o posicionamento de Toffoli, segundo fonte segura, é a aversão entre todos os ministros do STF ao próprio advogado.

Zanin conseguiu angariar a antipatia generalizada e hoje certamente é um estorvo na defesa do meliante petista.

Por outro lado, há quem diga que Toffoli não é petista. É ‘Dirceusista”.

Faz sentido. Zé Dirceu está solto.

Jornal da Cidade