Pular para o conteúdo principal

[Breve análise sobre o terrorismo do Estado Islâmico]



Em todos os novos ataques terroristas muçulmano muitos se perguntam:

Por que tanto ódio?

Seguem alguns motivos:

1. No ano 2000 (há 16 anos) a população mundial de muçulmanos era cerca de 20% de todos habitantes do planeta. Mais de um bilhão.

1.1. Nos primeiros mil anos de história do islã, ele avançou muito em territórios e população. E a cristandade recuou.

1.2. Mas por volta de 1680 fracassaram em expansão por causa dos surgimentos dos impérios coloniais europeus. O Ocidente avançou e então o islã recuou. O domínio colonial do Ocidente é uma grande espinha de peixe entalada na garganta dos muçulmanos, até hoje.

2. Nos últimos séculos, especialmente o 20, muitas nações muçulmanas aderiram certas culturas e tecnologias ocidentais. Ideias econômicas ocidentais, ideias políticas, sociais, moda, costumes etc.

2.1. A ocidentalização incomoda a cultura islâmica. E o grande culpado é a América e seus aliados.

2.2. Muitos muçulmanos veem a América como a encarnação do mal e da corrupção (crimes, violência, drogas, prostituição, pornografia, homossexualismo, ganância, injustiça, consumismo etc). E a TV, filmes, músicas e Internet disseminam esta cultura.

2.3. A cultura islâmica se vê ameaçada. Isto fomenta o ódio.

3. A América é aliada de Israel, e a maioria dos muçulmanos é inimiga mortal de Israel. Eles odeiam o judaísmo e cristianismo. O islã reivindica a Terra Santa.

4. A América tem presença política forte no Oriente Médio. E atua militarmente com uma força de coalização para combater o avanço de grupos islâmicos extremistas, como o Estado Islâmico.

5. O Estado Islâmico surgiu no Iraque e na Síria, países que sofreram influência política e bélica da América.

6. O Estado Islâmico cresceu como um braço da Al-Qaeda no Iraque (organização terrorista). Bin Laden era o mentor e porta-voz do ódio contra o Ocidente.

7. O Estado Islâmico tem combatentes ocidentais, milhares de extremistas por toda Europa. Há grupos jihadistas e simpatizantes por todo Ocidente.

8. O Estado Islâmico ameaça a estabilidade de alguns regimes do Oriente Médio, mesmo que o regime seja muçulmano. Ameaça as minorias islâmicas e cristãs.

9. O Estado Islâmico alega seu ódio por razões históricas, culturais e militares.

10. No caso dos vários ataques terroristas na França há uma explicação objetiva:
A França faz parte da coalização contra o Estado Islâmico.

11. Há mais razões:

a) Atacar a França é atacar os valores do Ocidente. A França é um país simbólico com seu slogan de liberdade, igualdade e fraternidade.

b) É o país da Europa que tem mais jihadistas.

c) A França assinou com o Reino Unido o chamado acordo Sykes-Picot, que em 1916 permitiu desmantelar o Império Otomano desenhando diferentes países com fronteiras artificiais. Por exemplo, Síria e Iraque. Assim, a França seria responsável por ter colocado fim ao sonho do califado perdido.

***

Além desses motivos, em setembro de 2014, o porta-voz oficial do Estado Islâmico, Abu Mohamed Al-Adnani, ordenou a seus partidários que executassem “todos os descrentes” ocidentais. Mas acrescentou um comentário curioso: “Especialmente, os sujos e desprezíveis franceses”.

Leia sua declaração:

“Bata com uma pedra na cabeça, ou mate com uma faca, ou atropele com seu carro, ou empurre de um lugar alto, ou asfixie, ou envenene.”


Frases Protestantes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Filho de Lula mergulha na depressão: "Meu mundo caiu"

O jovem Luís Claudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, está vivendo em estado de profunda depressão. A informação extremamente abalizada e fidedigna é da respeitabilíssima coluna Radar, da Revista Veja. O quadro depressivo teria se agravado após a prisão do ex-presidente. Luleco, como é conhecido o rapaz, é réu na Operação Zelotes, juntamente com o pai. Os seus advogados já conseguiram adiar o seu interrogatório por quatro vezes. Fortes rumores indicam que Lula, de dentro da cadeia, tenta conseguir através do deputado petista e atual presidente do Corinthians, Andrés Sanches, um time na Europa para o garoto trabalhar. Há quem diga que o seu estado tem se agravado bastante em função do temor de ser preso. Lula quer afastá-lo do Brasil.

Jornal da Cidade

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…