Subscribe:

11 de julho de 2016

Choradeira no Planalto. Apadrinhados do PT lamentam perda de cargos e desocupam gabinetes


Imprensa Viva





O colunista Lauro Jardim confirmou o clima de desolação vivido por funcionários do Palácio do Planalto com a aproximação do dia da despedida. Olhos marejados se cruzam nos corredores com frequência cada vez maior, na medida em que se aproxima o dia 11 de maio, quando Dilma será afastada da Presidência pelo Senado.


A tristeza com a certeza do afastamento abateu a todos e já não se ouve mais os gritos de "não vai ter golpe" nem mesmo entre os menos informados. Nesta sexta-feira, 06, após a aprovação do relatório de Antônio Anastasia no Senado, houve casos em que um funcionário tentou consolar outro e ambos acabaram chorando compulsivamente no refeitório, onde poucos tocaram na refeição.


Cerca de 107 mil ocupantes de cargos comissionados no governo, indicados pelo PT ao longo dos últimos treze anos, deverão fazer as malas e recolher seus pertences nas salas que ocupam. Irão se juntar aos cerca de 11 milhões de desempregados no país atualmente. Muitos agora lamentam a crise e preveem dificuldades em se encaixar no mercado de trabalho. Alguns mais revoltados com a situação começam a se voltar contra a presidente Dilma. Houve relatos de pessoas que já devolveram carros e negociam até mesmo a devolução de imóveis adquiridos através de financiamentos.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...