Subscribe:

2 de agosto de 2016

'Não planejei nada', diz piloto suspeito de sequestrar sogra de Ecclestone

Piloto Jorge Faria foi preso nesta segunda, em Cotia. Outros dois homens foram detidos pelo crime contra Aparecida Flosi.
Do G1 São Paulo









“Eu não planejei nada. Eu estou morando fora do país”, disse na saída do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Centro de São Paulo, para fazer exames no Instituto Médico-Legal (IML). Ele também negou conhecer os outros dois suspeitos presos pelo sequestro. “Não tem nada. Não tem nenhum contato meu com eles, eu não sei de onde saiu isso.”
Aparecida Schunck Flosi Palmeira, de 67 anos, foi sequestrada no dia 22 de julho e libertada neste domingo (31) após passar nove dias em cativeiro. Dois homens suspeitos de executar o sequestro já haviam sido presos também na Grande São Paulo. "Os dois vigiavam a vítima no cativeiro", afirmou a delegada do DHPP Elisabete Sato.
Faria servia a família de Ecclestone nos eventos de Fórmula 1 em São Paulo. ”Ele fazia esse trabalho já há algum tempo. Ele conhecia um pouco da rotina da família da Dona Aparecida”, disse o secretário da Segurança Pública de São Paulo, Mágino Alves Barbosa. A vítima era amiga do suspeito no Facebook.
O piloto já era monitorado como suspeito de ser o mentor do sequestro. A polícia rastreou o IP do computador utilizado nas negociações do resgate, feitas via e-mail entre os criminosos e a família da vítima, para chegar até ele.
"Ele não demonstrou surpresa pelo fato de estar sendo preso", disse o secretário após encontro nesta segunda com o governador Geraldo Alckmin e policiais envolvidos na investigação, no Palácio dos Bandeirantes. Segundo a polícia, o suspeito foi indiciado anteriormente por furto de um helicóptero em um hangar, crime ocorrido em 2014. Ele respondia ao processo em liberdade.
Faria foi presidente da Associação Brasileira de Pilotos de Helicóptero (Abraphe) de abril de 2014 a março de 2015, quando pediu afastamento por razões pessoais. A Abraphe informou que, desde março do ano passado, não tem nenhuma relação com o suspeito, nem mesmo como piloto associado.
Os dois suspeitos de executar o crime já haviam sido presos no domingo (31). Eles tinham passagem pela polícia por roubo. O envolvimento de outras pessoas no sequestro ainda não foi descartado. 
Comandante Jorge Faria foi preso suspeito de envolvimento no sequestro da sogra de Bernie Ecclestone (Foto: TV Globo/Reprodução)Comandante Jorge Faria foi preso suspeito de envolvimento no sequestro da sogra de Bernie Ecclestone (Foto: TV Globo/Reprodução)
Sequestro
Imagens de câmeras de segurança obtidas pela polícia mostraram o carro de Aparecida seguindo um veículo branco em uma rua perto da Rodovia Raposo Tavares. Ali, o automóvel da vítima teria sido abandonado e ela colocada no carro branco à sua frente, que a polícia descobriu pertencer à Davi Vicente Azevedo. "As investigações partiram dali", disse Sato.
Davi foi preso em casa na tarde deste domingo e levou os policiais ao local do cativeiro, onde Aparecida foi encontrada amarrada sendo vigiada por Vitor Oliveira Amorim.
Imagens mostram carro branco de um dos sequestradores à frente do carro de Aparecida Palmeira (Foto: TV Globo/Reprodução)Imagens mostram carro branco de um dos sequestradores à frente do carro de Aparecida Palmeira (Foto: TV Globo/Reprodução)
Após ser liberada, a vítima chegou à sede do DHPP por volta das 21h40 do domingo. Ela se mostrou muito emocionada ao término do cárcere privado. "Só peço para os bandidos não sequestrar ninguém em São Paulo que eles vão presos", afirmou antes de entrar para prestar depoimento. Ela agradeceu à polícia pelo fim do caso e disse que não foi machucada pelos sequestradores. Na delegacia, abraçou uma das filhas e outros parentes.

O principal suspeito de planejar o sequestro da sogra do chefe da Fórmula 1 negou ter participado do crime, informou o SPTV. O piloto de helicóptero Jorge Eurico da Silva Faria foi preso na manhã desta segunda-feira (1º) na residência em que vivia em um condomínio de alto padrão na Granja Viana, em Cotia, na mesma cidade onde foi encontrado o cativeiro da vítima.

Aparecida é mãe de Fabiana Flosi, que conheceu Ecclestone durante o Grande Prêmio de Fórmula 1 no Brasil, em 2009. A polícia pediu para que o empresário não participasse das negociações e permanecesse na Inglaterra, onde mora com a esposa.
A vítima foi sequestrada quando estava em casa, na região de Interlagos, Zona Sul de São Paulo. Dois homens tocaram a campainha dizendo que tinham uma entrega para a proprietária. Como era esperada a chegada de móveis novos, ninguém desconfiou de nada. Os bandidos entraram, renderam Aparecida e os funcionários e deixaram a casa com a vítima dentro do próprio carro, que depois foi encontrado perto da Raposo Tavares.
Aparecida Schunck chega para depor na sede do DHPP, em São Paulo (Foto: Roney Domingos/G1)Aparecida Schunck chega para depor na sede do DHPP, em São Paulo (Foto: Roney Domingos/G1)
Suspeito de envolvimento no sequestro de Aparecida Schunck chega para depor na sede do DHPP (Foto: Florio E./Sigmapress/Estadão Conteúdo)Suspeito de envolvimento no sequestro de Aparecida Schunck chega para depor na sede do DHPP (Foto: Florio E./Sigmapress/Estadão Conteúdo)
Suspeito de envolvimento no sequestro de Aparecida Schunck chega para depor na sede do DHPP (Foto: Florio E./Sigmapress/Estadão Conteúdo)Suspeito de envolvimento no sequestro de Aparecida Schunck chega para depor na sede do DHPP (Foto: Florio E./Sigmapress/Estadão Conteúdo)
GNews - Bernie Ecclestone (Foto: globonews)Bernie Ecclestone, presidente da empresa que administra a F-1  (Foto: Reprodução/GloboNews)

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...