Pular para o conteúdo principal

OS ESCUDOS/BRASÕES DOS MÁRTIRES E APÓSTOLOS DO SENHOR JESUS CRISTO



Estevão

O escudo de Estevão mostra uma palmeira que é um símbolo daressurreição. Na simbologia cristã a palmeira também representa o martírio, assim como a vitóriaalegria prosperidade. “Folhas de palmeira” significamrecompensa vitoriosa de Cristo, também vida longa e força.



Pedro

Acredita-se que Pedro morreu como um mártir em Roma por crucificação em uma cruz invertida, porque ele sentiu que não era digno de morrer na cruz na mesma posição que o seu Senhor. Seu escudo mostra uma cruz invertida e duas chaves, as "chaves do Reino” - o poder de "ligar" e "desligar" na terra e no céu. (Mateus 16: 15-20).




André

O símbolo mais comum de André é a forma de um X, em que se acredita que ele tenha sido mártir. Diz-se que, enquanto André estava morrendo, ele continuou a pregar para aqueles que o rodeavam. Sobre o escudo, dois peixes em cruz sobre uma âncora invertida, significando o seu trabalho e sustento, e que ele se tornou um "pescador de homens".




Tiago, Maior

Tiago, o filho de Zebedeu e irmão de João, foi o primeiro a ser martirizado. O rei Herodes mandou decapitá-lo em torno de 44 AD. No passado, conchasforam usadas por peregrinos religiosos. O símbolo visto no escudo são conchas, um sinal de peregrinação pela costa marítima ou por viagens em embarcações.



João

Um pescador, irmão de Tiago, era conhecido como "o discípulo a quem Jesus amava." Ele era um seguidor próximo de Jesus, desde o início de seu ministério. Houve muitas tentativas contra a vida de João, mas sem sucesso; ele foi o único apóstolo a morrer de morte natural. Seu escudo mostra uma serpente e uma espada, recordando a realidade do pecado do homem e o poder da Espada do Espírito sobre o pecado.



Felipe

A cruz no escudo de Felipe pode se referir ao poder da cruz sobre ídolos, ou a forma que Filipe morreu, tradicionalmente se conta que foi crucificado. As extremidades da cruz são em forma de trevo simbolizando a Trindade. Ospães significam a sua presença com Jesus na alimentação dos cinco mil.



Bartolomeu

Bartolomeu é considerado por alguns como sendo o mesmo que Natanael. Segundo a tradição, Bartolomeu ganhou o Rei Polymus para o cristianismo, mas se desentendeu com o irmão do rei e foi sentenciada a decapitação. Representado por facas.



Mateus

A tradição ensina que Mateus, o cobrador de impostos que se tornou um discípulo, foi para a Etiópia, depois de pregar aos judeus na Palestina. Ele foi martirizado lá, crucificado em uma cruz em forma de um T e decapitado. Seu escudo exibe três sacos de dinheiro, um símbolo de seu trabalho como cobrador de impostos.



Tomé

Tradição diz que Tomé foi comissionado para evangelizar na Índia, onde ele pregou e foi martirizado por apedrejamento, Tomé construiu igrejas com esforços de suas próprias mãos, como um carpinteiro. Este escudo mostra três pedras e um cinto de couro, as pedras simbolizam a maneira de sua morte. Ocinto solto e aberto, pode significar maior liberdade de movimento da vestimenta antiga, proporcionando maior ação para trabalhar.



Tiago, o Menor

A tradição diz que Tiago, o Menor foi jogado de um pináculo aos 96 anos, em um templo em Jerusalém, depois apedrejado. À beira da morte, ele se levantou para pregar e perdoar seus inimigos, acabou por ser serrado. Os símbolos desse Tiago podem apresentar serra ou pedras. Aqui é representado como ummoinho de vento, uma vez que se acredita que ele tenha sido um missionário enviado para os países baixos europeus.



Simão

Também chamado Simão, o Zelote. Seu escudo mostra um machado de batalha, o que indica a maneira pela qual ele foi martirizado - por decapitação ou serrado. Dois lemes que podem indicar navegação.



Judas Tadeu

Judas, referido também como Tadeu e, como Judas, filho de Tiago, viajou com Simão, o Zelote em viagens missionárias. A forma da morte de Judas é desconhecida, mas o martírio é a crença mais aceita. Seu escudo, sugereviagens marítimas.



Matias

Escolhido para substituir Judas Iscariotes (Atos 1: 15-26), foi um dos primeiros discípulos de Jesus, depois de ter estado com Ele desde o batismo por João Batista. Ele serviu como missionário na Judeia. Ele pode ter sido apedrejado ou decapitado por pregar o Evangelho. Seu escudo carrega um machado de batalha em cima de uma Bíblia aberta.


Paulo

É um dos mais conhecidos dos apóstolos. O escudo de Paulo tem sobre ele uma Bíblia aberta, e em cima da Bíblia, uma espada. A espada do Espírito. "Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus." (Efésios 6: 10-18, especialmente v.17).

**
São estes os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e o seu irmão André; Tiago e o seu irmão João, filhos de Zebedeu; Filipe, Bartolomeu, Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago,filho de Alfeu; Tadeu e Simão, o nacionalista; e Judas Iscariotes, que traiu Jesus.
Mateus 10:2-4

**
Esses escudos foram trabalhados por J. Wippell & Co. Ltd. As ideias de design para os escudos foram finalizados por Gerald Miller, o diretor de Wippell. 

Fonte:
http://www.2pc.org


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileiros são acusados de machismo e racismo na Copa da Rússia

Em vídeo viral, um grupo de homens se aproveita do fato de uma jovem russa não saber português para assediar a moça





A Copa da Rússia mal começou e algumas atitudes de torcedores brasileiros provocaram reações inflamadas na internet. Em um vídeo publicado na noite de sábado (16/6), alguns homens se aproximaram de uma jovem estrangeira, aparentemente russa, e fizeram uma gravação com ela. Nas redes sociais, o ato foi apontado como uma demonstração de machismo e racismo. Entre outros impropérios, o grupo cantou “essa buceta é bem rosinha”, referindo-se à cor da mulher. A moça, que obviamente não entende uma única palavra em português, cantou junto a eles, sem ter noção do desrespeito. A objetificação pela qual a estrangeira passa – uma pessoa é reduzida aos órgãos genitais – foi considerada ofensiva pelos internautas. Além do machismo alarmante, tendo em vista que um grupo de adultos achou por bem fazer comentários grotescos sobre o corpo de uma desconhecida na rua, há indícios de racismo…

Veja a lista dos deputados que querem uma CPI para acabar com a Lava Jato

O PT está no centro da articulação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com o objetivo de investigar a suposta venda de “proteção” em delações premiadas por parte de advogados e delatores. Trata-se da "CPI das delações", com potencial para afetar os trabalhos da operação Lava Jato e até extingui-la. 

Segundo o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (PT-RS), trata-se de uma investigação sobre a "indústria da delação". Os pontos de partida serão as delações dos doleiros Vinícius Claret, o Juca Bala, e Cláudio de Souza, integrantes do esquema comandado por Dario Messer, chamado de “doleiro de todos os doleiros”, que acusam o advogado Antonio Figueiredo Basto, um dos maiores especialistas do País em colaborações premiadas, de cobrar uma “taxa de proteção” de US$ 50 mil mensais (cerca de R$ 185 mil) de outros integrantes do esquema entre 2005 e 2013.
Veja quem são os deputados que assinaram o pedido: 


Cármen Lúcia arquiva processo sobre menção de Joesley a ministros do STF Presidente do STF determinou extinção da investigação aberta, a pedido dela, para apurar citação a ministros na delação de executivos da empresa JBS Por Agência Brasil

Cármen Lúcia: "Não poderia pender qualquer tipo de mais leve dúvida sobre a conduta daqueles que compõe, que integram este Supremo Tribunal Federal" (Rosinei Coutinho/SCO/STF/Agência Brasil) A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, informou, na abertura da sessão plenária desta quinta-feira (21), ter determinado a extinção e o arquivamento definitivo da investigação aberta, a pedido dela, pela Polícia Federal, para apurar citação a ministros da Corte na delação de executivos da empresa JBS, do grupo J&F. A decisão foi tomada após o diretor-geral da PF, Rogério Galloro, entregar o relatório final das investigações à Cármen Lúcia. De acordo com o documento, “não foram encontradas gravações que indicassem qualquer participação de ministros do Supremo Tribunal Federal envolvidos e ou citados em qualquer ato ilícito”. Com base no relatório da PF, Cármen Lúcia afirmou que “não houve, não há qualquer dúvida, que tenha sido extraída de qualquer doc…